Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Bellemore, o restaurante mais novo do Boka Group, é inaugurado no West Loop de Chicago

Bellemore, o restaurante mais novo do Boka Group, é inaugurado no West Loop de Chicago



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Bellemore, o mais novo restaurante do prolífico Boka Group (Girl and the Goat, Boka, Momotaro), abriu as portas no início desta semana no West Loop de Chicago. O restaurante de 6.000 pés quadrados é sofisticado e opulento, com influências da mansão francesa, colunas de madeira trabalhada, lustres de latão e banquetas de couro escuro. No comando está o chef Jimmy Papadopoulos, cujo cardápio inclui pratos como Oyster Pie (saboroso creme de ostra coberto com caviar de ossetra, crème fraîche e maçã verde temperada com limão e endro); barriga de cordeiro refogada com geleia de caqui grelhada, queijo feta com leite de ovelha, pinhões torrados e abeto; Galinha da Cornualha com grãos de flageolet cozidos, acelga suíça refogada e melaço de romã; leitão com abóbora caramelizada em geleia de leite de mostarda com ameixa salgada e rabe de brócolis grelhado; e pato envelhecido a seco coberto com mel queimado e servido com erva-doce, farro refogado, beterraba assada e coração de pato en crépinette. Um menu de degustação de seis pratos também estará disponível por US $ 85 por pessoa.

Conversamos pela primeira vez com o chef Papadopoulos sobre o Bellemore em maio, quando o restaurante ainda estava funcionando, mas tivemos outra oportunidade de falar com ele na segunda-feira, pouco antes de o restaurante abrir suas portas.

The Daily Meal: O que mais o entusiasma em Bellemore?
Chef Jimmy Papadopoulos:
Para mim, é a oportunidade perpétua de evoluir e contribuir com algo especial e sincero para a nossa cidade. É um conceito que realmente não tem limites - onde podemos nos concentrar em uma hospitalidade brilhante em todos os aspectos. Estar na primeira etapa de uma jornada tão emocionante é, sem dúvida, o aspecto mais emocionante de Bellemore.

O que o diferencia de outros restaurantes da região?
O design da sala é impecável - claro, arrojado e bonito. Quando você entra, o espaço tem um charme tão coletivo, opulento e brilhante. Parece tão único - elegante, descolado e descontraído.


Como foi para você a experiência de assumir o comando e guiar o restaurante até a inauguração?
Todo o processo desde a concepção, construção, desenvolvimento do menu, treinamento - tudo tem sido uma montanha-russa insanamente meticulosa, humilhante e desafiadora, mas, acima de tudo, é muito gratificante. Estar aqui hoje observando nossa equipe preparar a sala de jantar, os cozinheiros e chefs zumbindo pela cozinha preparando-se para o serviço; há uma sensação infantil de empolgação entre toda a nossa equipe para abrir as portas esta noite e compartilhar nosso amor por nosso ofício com a cidade. O restaurante parece tão vivo. É uma coisa linda.

O que você acha que os clientes vão amar mais?
Não posso dizer exatamente porque há tantos aspectos que adoro em Bellemore, mas minha esperança é que nossos hóspedes sintam que é um lugar que inconscientemente estão perdendo; e é apenas satisfatório para seu coração, cabeça e alma.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão todos operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Estamos ansiosos para contratar nossa equipe de volta assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Os restaurantes do Boka são conhecidos por suas salas de jantar elaboradamente projetadas. Poucos, como o restaurante japonês West Loop, Momotaro, têm opções ao ar livre. Boka planeja demitir 33 trabalhadores em Momotaro, de acordo com o relatório WARN.

Com a chegada de setembro, os donos de restaurantes de Chicago sabem que o tempo pode se tornar volátil a qualquer momento, o que encerrará a temporada de refeições no pátio. Isso significa que os restaurantes terão que voltar a se concentrar em kits de refeições e pedidos para viagem.

Boka também tem dois restaurantes e um bar dentro do hotel Hoxton em Fulton Market, onde as 85 dispensas do plano foram divididas entre Cira, Lazy Bird e Izard’s Cabra. A oeste do hotel, há 51 demissões planejadas na Swift & amp Sons Steakhouse. GT Prime lista 25 dispensas, com GT Fish & amp Oyster listando 25. Há 26 listados em Bellemore em West Loop, com 28 na filial de Swift & amp Sons em Wrigleyville. O Boka original lista 25 dispensas. Os escritórios corporativos da Boka listam 25.

Em abril, o cofundador da Boka Kevin Boehm escreveu um artigo em Escudeiro sobre como a pandemia levou a empresa a dispensar 1.800 trabalhadores. A empresa recebeu cinco empréstimos do Programa de Proteção da Folha de Pagamento (PPP) entre US $ 350.000 e US $ 1 milhão, de acordo com registros federais. Bellemore, Momotoro e os escritórios corporativos foram os destinatários. O governo também concedeu a Boka um empréstimo entre US $ 1 milhão e US $ 2 milhões para os dois restaurantes e um bar dentro do Hoxton.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão todos operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Estamos ansiosos para contratar nossa equipe de volta assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Os restaurantes do Boka são conhecidos por suas salas de jantar elaboradamente projetadas. Poucos, como o restaurante japonês West Loop, Momotaro, têm opções ao ar livre. Boka planeja demitir 33 trabalhadores em Momotaro, de acordo com o relatório WARN.

Com a chegada de setembro, os donos de restaurantes de Chicago sabem que o tempo pode se tornar volátil a qualquer momento, o que encerrará a temporada de refeições no pátio. Isso significa que os restaurantes terão que voltar a se concentrar em kits de refeições e pedidos para viagem.

Boka também tem dois restaurantes e um bar dentro do hotel Hoxton em Fulton Market, onde as 85 dispensas do plano foram divididas entre Cira, Lazy Bird e Izard’s Cabra. A oeste do hotel, há 51 demissões planejadas na Swift & amp Sons Steakhouse. GT Prime lista 25 dispensas, com GT Fish & amp Oyster listando 25. Há 26 listados em Bellemore em West Loop, com 28 na filial de Swift & amp Sons em Wrigleyville. O Boka original lista 25 dispensas. Os escritórios corporativos da Boka listam 25.

Em abril, o cofundador da Boka Kevin Boehm escreveu um artigo em Escudeiro sobre como a pandemia levou a empresa a dispensar 1.800 trabalhadores. A empresa recebeu cinco empréstimos do Programa de Proteção da Folha de Pagamento (PPP) entre US $ 350.000 e US $ 1 milhão, de acordo com registros federais. Bellemore, Momotoro e os escritórios corporativos foram os destinatários. O governo também concedeu a Boka um empréstimo entre US $ 1 milhão e US $ 2 milhões para os dois restaurantes e um bar dentro do Hoxton.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão todos operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Estamos ansiosos para contratar nossa equipe de volta assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Os restaurantes do Boka são conhecidos por suas salas de jantar elaboradamente projetadas. Poucos, como o restaurante japonês West Loop, Momotaro, têm opções ao ar livre. Boka planeja demitir 33 trabalhadores em Momotaro, de acordo com o relatório WARN.

Com a chegada de setembro, os donos de restaurantes de Chicago sabem que o tempo pode se tornar volátil a qualquer momento, o que encerrará a temporada de refeições no pátio. Isso significa que os restaurantes terão que voltar a se concentrar em kits de refeições e pedidos para viagem.

Boka também tem dois restaurantes e um bar dentro do hotel Hoxton em Fulton Market, onde as 85 dispensas do plano foram divididas entre Cira, Lazy Bird e Izard’s Cabra. A oeste do hotel, há 51 demissões planejadas na Swift & amp Sons Steakhouse. GT Prime lista 25 dispensas, com GT Fish & amp Oyster listando 25. Existem 26 listados em Bellemore em West Loop, com 28 na filial de Swift & amp Sons em Wrigleyville. O Boka original lista 25 dispensas. Os escritórios corporativos da Boka listam 25.

Em abril, o cofundador da Boka Kevin Boehm escreveu um artigo em Escudeiro sobre como a pandemia levou a empresa a dispensar 1.800 trabalhadores. A empresa recebeu cinco empréstimos do Programa de Proteção da Folha de Pagamento (PPP) entre US $ 350.000 e US $ 1 milhão, de acordo com registros federais. Bellemore, Momotoro e os escritórios corporativos foram os destinatários. O governo também concedeu a Boka um empréstimo entre US $ 1 milhão e US $ 2 milhões para os dois restaurantes e um bar dentro do Hoxton.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Estamos ansiosos para contratar nossa equipe de volta assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Os restaurantes do Boka são conhecidos por suas salas de jantar elaboradamente projetadas. Poucos, como o restaurante japonês West Loop, Momotaro, têm opções ao ar livre. Boka planeja demitir 33 trabalhadores em Momotaro, de acordo com o relatório WARN.

Com a chegada de setembro, os donos de restaurantes de Chicago sabem que o clima pode se tornar volátil a qualquer momento, o que encerrará a temporada de refeições no pátio. Isso significa que os restaurantes terão que voltar a se concentrar em kits de refeições e pedidos para viagem.

Boka também tem dois restaurantes e um bar dentro do hotel Hoxton em Fulton Market, onde as 85 dispensas do plano foram divididas entre Cira, Lazy Bird e Izard’s Cabra. A oeste do hotel, há 51 demissões planejadas na Swift & amp Sons Steakhouse. GT Prime lista 25 dispensas, com GT Fish & amp Oyster listando 25. Há 26 listados em Bellemore em West Loop, com 28 na filial de Swift & amp Sons em Wrigleyville. O Boka original lista 25 dispensas. Os escritórios corporativos da Boka listam 25.

Em abril, o cofundador da Boka Kevin Boehm escreveu um artigo em Escudeiro sobre como a pandemia levou a empresa a dispensar 1.800 trabalhadores. A empresa recebeu cinco empréstimos do Programa de Proteção da Folha de Pagamento (PPP) entre US $ 350.000 e US $ 1 milhão, de acordo com registros federais. Bellemore, Momotoro e os escritórios corporativos foram os destinatários. O governo também concedeu a Boka um empréstimo entre US $ 1 milhão e US $ 2 milhões para os dois restaurantes e um bar dentro do Hoxton.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão todos operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Estamos ansiosos para contratar nossa equipe de volta assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Os restaurantes de Boka são conhecidos por suas salas de jantar elaboradamente projetadas. Poucos, como o restaurante japonês West Loop, Momotaro, têm opções ao ar livre. Boka planeja demitir 33 trabalhadores em Momotaro, de acordo com o relatório WARN.

Com a chegada de setembro, os donos de restaurantes de Chicago sabem que o tempo pode se tornar volátil a qualquer momento, o que encerrará a temporada de refeições no pátio. Isso significa que os restaurantes terão que voltar a se concentrar em kits de refeições e pedidos para viagem.

Boka também tem dois restaurantes e um bar dentro do hotel Hoxton em Fulton Market, onde as 85 dispensas do plano foram divididas entre Cira, Lazy Bird e Izard’s Cabra. A oeste do hotel, há 51 demissões planejadas na Swift & amp Sons Steakhouse. GT Prime lista 25 dispensas, com GT Fish & amp Oyster listando 25. Existem 26 listados em Bellemore em West Loop, com 28 na filial de Swift & amp Sons em Wrigleyville. O Boka original lista 25 dispensas. Os escritórios corporativos da Boka listam 25.

Em abril, o cofundador da Boka Kevin Boehm escreveu um artigo em Escudeiro sobre como a pandemia levou a empresa a dispensar 1.800 trabalhadores. A empresa recebeu cinco empréstimos do Programa de Proteção da Folha de Pagamento (PPP) entre US $ 350.000 e US $ 1 milhão, de acordo com registros federais. Bellemore, Momotoro e os escritórios corporativos foram os destinatários. O governo também concedeu a Boka um empréstimo entre US $ 1 milhão e US $ 2 milhões para os dois restaurantes e um bar dentro do Hoxton.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão todos operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Esperamos voltar a contratar nossa equipe assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Os restaurantes do Boka são conhecidos por suas salas de jantar elaboradamente projetadas. Poucos, como o restaurante japonês West Loop, Momotaro, têm opções ao ar livre. Boka planeja demitir 33 trabalhadores em Momotaro, de acordo com o relatório WARN.

Com a chegada de setembro, os donos de restaurantes de Chicago sabem que o tempo pode se tornar volátil a qualquer momento, o que encerrará a temporada de refeições no pátio. Isso significa que os restaurantes terão que voltar a se concentrar em kits de refeições e pedidos para viagem.

Boka também tem dois restaurantes e um bar dentro do hotel Hoxton em Fulton Market, onde as 85 dispensas do plano foram divididas entre Cira, Lazy Bird e Izard’s Cabra. A oeste do hotel, há 51 demissões planejadas na Swift & amp Sons Steakhouse. GT Prime lista 25 dispensas, com GT Fish & amp Oyster listando 25. Há 26 listados em Bellemore em West Loop, com 28 na filial de Swift & amp Sons em Wrigleyville. O Boka original lista 25 dispensas. Os escritórios corporativos da Boka listam 25.

Em abril, o cofundador da Boka Kevin Boehm escreveu um artigo em Escudeiro sobre como a pandemia levou a empresa a dispensar 1.800 trabalhadores. A empresa recebeu cinco empréstimos do Programa de Proteção da Folha de Pagamento (PPP) entre US $ 350.000 e US $ 1 milhão, de acordo com registros federais. Bellemore, Momotoro e os escritórios corporativos foram os destinatários. O governo também concedeu a Boka um empréstimo entre US $ 1 milhão e US $ 2 milhões para os dois restaurantes e um bar dentro do Hoxton.


Boka Restaurant Group anuncia 500 dispensas relacionadas à crise do COVID-19

Um dos grupos de restaurantes mais reconhecidos de Chicago informou ao estado de Illinois que pretende demitir mais de 500 trabalhadores.

O Boka Restaurant Group entrou com um aviso ao estado que pretendia demitir 516 trabalhadores, dando ao governo o aviso prévio de 60 dias antes que uma empresa planejasse uma demissão em massa. As demissões incluem mais de 200 trabalhadores nos quatro restaurantes da famosa chef Stephanie Izard (Garota e Cabra, Cabrinha, Pato Pato Cabra e Cabra).

Os fundadores da Boka, Rob Katz e Kevin Boehm, ganharam o prêmio da Fundação James Beard de 2018 como restaurateur de destaque. A empresa ganhou uma reputação nacional como um dos grupos de restaurantes mais bem-sucedidos do país desde que seu restaurante principal, Lincoln Park foi inaugurado em 2003. Opera 17 restaurantes, um bar e uma cafeteria, todos em Chicago.

Em parceria com Izard em 2010, a empresa trouxe Girl & amp the Goat para Randolph Street. Izard, a Top Chef e Chef de Ferro vencedor, aproveitou o sucesso do restaurante para abrir mais lojas e lançar uma linha de produtos com o nome “Cabra”. O Izard’s Little Goat Diner, ao longo da Randolph Restaurant Row, será atingido com 96 demissões, o maior número de qualquer restaurante Boka. A sala de jantar do restaurante não foi aberta para serviço, mas a cozinha está oferecendo comida para viagem. Outras 42 dispensas estão planejadas no restaurante de inspiração chinesa de Izard, Duck Duck Goat, enquanto 55 estão planejadas no Girl & amp the Goat, o restaurante popular que permaneceu como uma das reservas mais difíceis na cidade antes da pandemia.

As empresas em Illinois são obrigadas a apresentar uma notificação ao estado se planejarem demissões em massa que envolvam 75 ou mais trabalhadores em tempo integral. Esses avisos são chamados de relatórios WARN, em homenagem à Lei de Notificação de Reajuste e Retreinamento do Trabalhador. A Boka apresentou sua notificação em 24 de julho. Os registros do estado mostram 20 de setembro como a primeira data de dispensa. A Boka emprega cerca de 2.000 pessoas.

As demissões afetam nove propriedades Boka, todas operando em diferentes níveis de serviço. Este é o maior número de demissões anunciado por uma empresa de restaurantes de Chicago desde a pandemia. Em um comunicado conjunto de Katz, Boehm e Izard, o grupo afirma que “os restaurantes estão todos operando com uma ocupação de 40 a 50 por cento e, infelizmente, a receita e o pessoal refletem esse número. Esperamos voltar a contratar nossa equipe assim que pudermos operar a 100 por cento. ”

Chicago fechou ruas ao tráfego de automóveis para permitir refeições de rua em alguns bairros. Isso dá aos restaurantes a chance de recuperar parte da receita perdida devido à pandemia, mas muitos proprietários de restaurantes dizem que terão sorte se conseguirem empatar. Ainda assim, nem todo restaurante tem acesso a espaço ao ar livre. Boka’s restaurants are known for elaborately designed dining rooms. Few, like its West Loop Japanese restaurant, Momotaro, have outdoor options. Boka plans to layoff 33 workers at Momotaro, according to the WARN report.

With September arriving, Chicago restaurant owners know the weather could turn volatile at any time, which would bring the end of patio dining season. That means restaurants will have to return to focusing on meal kits and carryout orders.

Boka also has two restaurants and a bar inside the Hoxton hotel in Fulton Market where the plan 85 layoffs split between Cira, Lazy Bird, and Izard’s Cabra. Just west of the hotel, there are 51 planned layoffs at Swift & Sons Steakhouse. GT Prime lists 25 layoffs, with GT Fish & Oyster listing 25. There are 26 listed at Bellemore in West Loop, with 28 at the Swift & Sons’ spinoff in Wrigleyville. The original Boka lists 25 layoffs. Boka’s corporate offices list 25.

In April, Boka co-founder Kevin Boehm wrote a piece in Escudeiro about how the pandemic led the company to furlough 1,800 workers. The company was a recipient of five Payroll Protection Program (PPP) loans of between $350,000 and $1 million, according to federal records. Bellemore, Momotoro, and the corporate offices were the recipients. The government also gave Boka a loan between $1 million and $2 million for the two restaurants and one bar inside the Hoxton.


Boka Restaurant Group Announces 500 Layoffs Related to the COVID-19 Crisis

One of Chicago’s most recognized restaurant groups has informed the state of Illinois that it intends to lay off more than 500 workers.

Boka Restaurant Group filed notice with the state that it intended to lay off 516 workers, giving the government the required 60-day notice before a company plans a mass layoff. The layoffs include more than 200 workers at celebrity chef Stephanie Izard’s four restaurants (Girl & the Goat, Little Goat, Duck Duck Goat, and Cabra).

Boka founders Rob Katz and Kevin Boehm won the 2018 James Beard Foundation Award for Outstanding Restaurateur. The company has earned a national reputation as one of the country’s most successful restaurant groups since its flagship Lincoln Park restaurant opened in 2003. It operates 17 restaurants, a bar, and a coffeeshop all in Chicago.

Partnering with Izard in 2010, the company brought Girl & the Goat to Randolph Street. Izard, a Top Chef e Iron Chef winner, has used the success at the restaurant to open more locations and to launch a line of products using the “Goat” name. Izard’s Little Goat Diner, along Randolph Restaurant Row, will be hit with 96 layoffs, the most of any Boka restaurant. The restaurant’s dining room hasn’t been open for service, but the kitchen has been doing takeout. Another 42 layoffs are planned at Izard’s Chinese-inspired restaurant, Duck Duck Goat, while 55 are planned at Girl & the Goat, the popular restaurant the remained one of the toughest reservations in town pre-pandemic.

Companies in Illinois are required to file notice with the state if they plan on mass layoffs that involve 75 or more full-time workers. These notices are called WARN reports, named after the Worker Adjustment and Retraining Notification Act. Boka filed its notice on July 24. The state’s records show September 20 as the first layoff date. Boka employs about 2,000 people.

The layoffs affect nine Boka properties, all of which have been operating at different levels of service. This is the biggest number of layoffs announced by a Chicago restaurant company since the pandemic. In a joint statement from Katz, Boehm, and Izard, the group says “the restaurants are all operating at 40- to 50-percent occupancy and, unfortunately, revenue and staffing reflect that number. We look forward to hiring our staff back as soon as we can operate at 100 percent.”

Chicago has closed streets to automobile traffic to allow street dining in some neighborhoods. This gives restaurants a chance to make back some of the revenue lost due to the pandemic, but many restaurants owner say they’re lucky if they break even. Still, not every restaurant has access to outdoor space. Boka’s restaurants are known for elaborately designed dining rooms. Few, like its West Loop Japanese restaurant, Momotaro, have outdoor options. Boka plans to layoff 33 workers at Momotaro, according to the WARN report.

With September arriving, Chicago restaurant owners know the weather could turn volatile at any time, which would bring the end of patio dining season. That means restaurants will have to return to focusing on meal kits and carryout orders.

Boka also has two restaurants and a bar inside the Hoxton hotel in Fulton Market where the plan 85 layoffs split between Cira, Lazy Bird, and Izard’s Cabra. Just west of the hotel, there are 51 planned layoffs at Swift & Sons Steakhouse. GT Prime lists 25 layoffs, with GT Fish & Oyster listing 25. There are 26 listed at Bellemore in West Loop, with 28 at the Swift & Sons’ spinoff in Wrigleyville. The original Boka lists 25 layoffs. Boka’s corporate offices list 25.

In April, Boka co-founder Kevin Boehm wrote a piece in Escudeiro about how the pandemic led the company to furlough 1,800 workers. The company was a recipient of five Payroll Protection Program (PPP) loans of between $350,000 and $1 million, according to federal records. Bellemore, Momotoro, and the corporate offices were the recipients. The government also gave Boka a loan between $1 million and $2 million for the two restaurants and one bar inside the Hoxton.


Boka Restaurant Group Announces 500 Layoffs Related to the COVID-19 Crisis

One of Chicago’s most recognized restaurant groups has informed the state of Illinois that it intends to lay off more than 500 workers.

Boka Restaurant Group filed notice with the state that it intended to lay off 516 workers, giving the government the required 60-day notice before a company plans a mass layoff. The layoffs include more than 200 workers at celebrity chef Stephanie Izard’s four restaurants (Girl & the Goat, Little Goat, Duck Duck Goat, and Cabra).

Boka founders Rob Katz and Kevin Boehm won the 2018 James Beard Foundation Award for Outstanding Restaurateur. The company has earned a national reputation as one of the country’s most successful restaurant groups since its flagship Lincoln Park restaurant opened in 2003. It operates 17 restaurants, a bar, and a coffeeshop all in Chicago.

Partnering with Izard in 2010, the company brought Girl & the Goat to Randolph Street. Izard, a Top Chef e Iron Chef winner, has used the success at the restaurant to open more locations and to launch a line of products using the “Goat” name. Izard’s Little Goat Diner, along Randolph Restaurant Row, will be hit with 96 layoffs, the most of any Boka restaurant. The restaurant’s dining room hasn’t been open for service, but the kitchen has been doing takeout. Another 42 layoffs are planned at Izard’s Chinese-inspired restaurant, Duck Duck Goat, while 55 are planned at Girl & the Goat, the popular restaurant the remained one of the toughest reservations in town pre-pandemic.

Companies in Illinois are required to file notice with the state if they plan on mass layoffs that involve 75 or more full-time workers. These notices are called WARN reports, named after the Worker Adjustment and Retraining Notification Act. Boka filed its notice on July 24. The state’s records show September 20 as the first layoff date. Boka employs about 2,000 people.

The layoffs affect nine Boka properties, all of which have been operating at different levels of service. This is the biggest number of layoffs announced by a Chicago restaurant company since the pandemic. In a joint statement from Katz, Boehm, and Izard, the group says “the restaurants are all operating at 40- to 50-percent occupancy and, unfortunately, revenue and staffing reflect that number. We look forward to hiring our staff back as soon as we can operate at 100 percent.”

Chicago has closed streets to automobile traffic to allow street dining in some neighborhoods. This gives restaurants a chance to make back some of the revenue lost due to the pandemic, but many restaurants owner say they’re lucky if they break even. Still, not every restaurant has access to outdoor space. Boka’s restaurants are known for elaborately designed dining rooms. Few, like its West Loop Japanese restaurant, Momotaro, have outdoor options. Boka plans to layoff 33 workers at Momotaro, according to the WARN report.

With September arriving, Chicago restaurant owners know the weather could turn volatile at any time, which would bring the end of patio dining season. That means restaurants will have to return to focusing on meal kits and carryout orders.

Boka also has two restaurants and a bar inside the Hoxton hotel in Fulton Market where the plan 85 layoffs split between Cira, Lazy Bird, and Izard’s Cabra. Just west of the hotel, there are 51 planned layoffs at Swift & Sons Steakhouse. GT Prime lists 25 layoffs, with GT Fish & Oyster listing 25. There are 26 listed at Bellemore in West Loop, with 28 at the Swift & Sons’ spinoff in Wrigleyville. The original Boka lists 25 layoffs. Boka’s corporate offices list 25.

In April, Boka co-founder Kevin Boehm wrote a piece in Escudeiro about how the pandemic led the company to furlough 1,800 workers. The company was a recipient of five Payroll Protection Program (PPP) loans of between $350,000 and $1 million, according to federal records. Bellemore, Momotoro, and the corporate offices were the recipients. The government also gave Boka a loan between $1 million and $2 million for the two restaurants and one bar inside the Hoxton.


Boka Restaurant Group Announces 500 Layoffs Related to the COVID-19 Crisis

One of Chicago’s most recognized restaurant groups has informed the state of Illinois that it intends to lay off more than 500 workers.

Boka Restaurant Group filed notice with the state that it intended to lay off 516 workers, giving the government the required 60-day notice before a company plans a mass layoff. The layoffs include more than 200 workers at celebrity chef Stephanie Izard’s four restaurants (Girl & the Goat, Little Goat, Duck Duck Goat, and Cabra).

Boka founders Rob Katz and Kevin Boehm won the 2018 James Beard Foundation Award for Outstanding Restaurateur. The company has earned a national reputation as one of the country’s most successful restaurant groups since its flagship Lincoln Park restaurant opened in 2003. It operates 17 restaurants, a bar, and a coffeeshop all in Chicago.

Partnering with Izard in 2010, the company brought Girl & the Goat to Randolph Street. Izard, a Top Chef e Iron Chef winner, has used the success at the restaurant to open more locations and to launch a line of products using the “Goat” name. Izard’s Little Goat Diner, along Randolph Restaurant Row, will be hit with 96 layoffs, the most of any Boka restaurant. The restaurant’s dining room hasn’t been open for service, but the kitchen has been doing takeout. Another 42 layoffs are planned at Izard’s Chinese-inspired restaurant, Duck Duck Goat, while 55 are planned at Girl & the Goat, the popular restaurant the remained one of the toughest reservations in town pre-pandemic.

Companies in Illinois are required to file notice with the state if they plan on mass layoffs that involve 75 or more full-time workers. These notices are called WARN reports, named after the Worker Adjustment and Retraining Notification Act. Boka filed its notice on July 24. The state’s records show September 20 as the first layoff date. Boka employs about 2,000 people.

The layoffs affect nine Boka properties, all of which have been operating at different levels of service. This is the biggest number of layoffs announced by a Chicago restaurant company since the pandemic. In a joint statement from Katz, Boehm, and Izard, the group says “the restaurants are all operating at 40- to 50-percent occupancy and, unfortunately, revenue and staffing reflect that number. We look forward to hiring our staff back as soon as we can operate at 100 percent.”

Chicago has closed streets to automobile traffic to allow street dining in some neighborhoods. This gives restaurants a chance to make back some of the revenue lost due to the pandemic, but many restaurants owner say they’re lucky if they break even. Still, not every restaurant has access to outdoor space. Boka’s restaurants are known for elaborately designed dining rooms. Few, like its West Loop Japanese restaurant, Momotaro, have outdoor options. Boka plans to layoff 33 workers at Momotaro, according to the WARN report.

With September arriving, Chicago restaurant owners know the weather could turn volatile at any time, which would bring the end of patio dining season. That means restaurants will have to return to focusing on meal kits and carryout orders.

Boka also has two restaurants and a bar inside the Hoxton hotel in Fulton Market where the plan 85 layoffs split between Cira, Lazy Bird, and Izard’s Cabra. Just west of the hotel, there are 51 planned layoffs at Swift & Sons Steakhouse. GT Prime lists 25 layoffs, with GT Fish & Oyster listing 25. There are 26 listed at Bellemore in West Loop, with 28 at the Swift & Sons’ spinoff in Wrigleyville. The original Boka lists 25 layoffs. Boka’s corporate offices list 25.

In April, Boka co-founder Kevin Boehm wrote a piece in Escudeiro about how the pandemic led the company to furlough 1,800 workers. The company was a recipient of five Payroll Protection Program (PPP) loans of between $350,000 and $1 million, according to federal records. Bellemore, Momotoro, and the corporate offices were the recipients. The government also gave Boka a loan between $1 million and $2 million for the two restaurants and one bar inside the Hoxton.


Assista o vídeo: Ruxbin Finale (Agosto 2022).