Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Xarope de bordo é muito mais saudável do que você pensava (com 5 receitas incríveis de bordo)

Xarope de bordo é muito mais saudável do que você pensava (com 5 receitas incríveis de bordo)

Achávamos que sabíamos de tudo. Pensamos que o xarope de bordo e as panquecas andavam de mãos dadas e que (embora panquecas são apreciadas em todo o mundo) o xarope de bordo era uma sentença de morte por comer saudável. Oh, como não poderíamos estar mais errados.

Clique aqui para ver o que você não sabia sobre o xarope de bordo.

Xarope de bordo é saudável, e esperamos justificar seu vício em xarope de bordo no decorrer das próximas frases. Como o mel, o xarope de bordo é uma fonte natural de doçura pegajosa e é um opção de adoçante viável e acessível em face dos recentes impostos sobre o açúcar.

É cheio de antioxidantes, tem baixa classificação no índice glicêmico e é rico em zinco, manganês, cálcio e potássio. Adicionalmente, um estudo recente da American Chemical Society mostraram que existem ingredientes-chave no xarope de bordo que podem ajudar a proteger nossos cérebros contra a doença de Alzheimer (ou prolongar a vida daqueles que já sofrem da doença). Sua mente já explodiu?

Claro que estamos falando sobre puro, real xarope de bordo aqui. Fique longe dessa porcaria que contém xarope de milho, sabores artificiais e outros ingredientes sintetizados e não naturais. A coisa real é tão incrivelmente boa que pode até hidratar você. Empresas como a DRINKmaple juram por isso:

“DRINKmaple é a água pura e refrescante coletada dos bordos de Vermont na primavera. É naturalmente hidratante, com apenas um toque de bordo e explodindo com nutrientes. ”

Junto com o DRINKmaple, Omni Hotels & Resorts, classificado como "Mais alto em satisfação do hóspede entre as cadeias de hotéis de alto padrão" pelo estudo de índice de satisfação do hóspede de hotéis na América do Norte de 2015 da J.D. Power, está na vanguarda da inevitável tendência real do bordo.

Omni Hotels & Resorts vai ser tudo sobre bordo neste verão. Está criando um cardápio inteiro dedicado a pratos e coquetéis com xarope de bordo real, que estará disponível em estabelecimentos de todo o país. Temos quatro ótimas receitas dos chefs executivos Daven Wardynski e Andre Natera da Omni Hotels & Resorts, bem como uma receita de coquetel do mixologista da marca Omni, Kim Haasarud. Vamos começar por aí.

Cada vez mais ouvimos como o xarope de milho com alto teor de frutose e o açúcar são ruins. Adoçantes naturais como o bordo são alternativas fantásticas, pois fornecem a mesma doçura quando misturados com outros ingredientes. Tome coquetéis por exemplo, xarope simples é usado em quase todos eles. Por que não substituir o xarope simples por bordo, tornando-o mais natural e saudável no processo? Isso é exatamente o que Kim Haasarud fez com este toque deliciosamente doce no galgo, o Double Grapefruit Greyhound Cocktail.

Clique aqui para ver a receita do coquetel Double Grapefruit Greyhound.

Procurando por uma guloseima doce e picante para levar para o churrasco do quintal do seu vizinho? Experimente preparar uma grande quantidade de deliciosa e nutritiva Molho de Abacaxi.

Clique aqui para ver a receita da Salsa de Abacaxi e Maple.

Não é uma pessoa de abacaxi? Que tal bacon? Todo mundo adora bacon (temos certeza de que os veganos, embora nunca admitam, são até tentados por bacon), e esta receita de compota de Maple-Bacon é uma maneira deliciosa de saboreá-la.

Clique aqui para ver a receita de Maple-Bacon Jam.

Aproximadamente 50 por cento do time de futebol do seu filho está dormindo em seu porão neste fim de semana. Como você vai alimentá-los? Simples: crie um gigante lote de Savory Granola, coloque em uma gamela e deixe os meninos fazerem.

Clique aqui para ver a receita da Savory Granola.

Se você está procurando incorporar xarope de bordo em uma entrada, o peixe é o caminho a percorrer. Uma fatia saudável de salmão selvagem pescado no Alasca pode passar por um tour culinário mundial quando misturada com o cardamomo básico de especiarias indianas e um pouco do autêntico e puro xarope de bordo escuro do Canadá. Veja como fazer:

Clique aqui para ver a receita de Cardamomo Maple Salmon.

A apresentação de slides que acompanha é fornecida pela colaboradora especial do The Daily Meal, Emily Alford.


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre frio do Canadá. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido a uma certa temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, foi mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Desnecessário dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja em cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre frio do Canadá. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido a uma certa temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, era mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Não é preciso dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja em cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e ele quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando eu durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre frio do Canadá. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido até uma determinada temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, era mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Não é preciso dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja a cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que eu adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre frio do Canadá. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido a uma certa temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, era mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Não é preciso dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja em cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando eu durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que eu adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre canadense frio. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido até uma determinada temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, foi mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Não é preciso dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja em cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que eu adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre frio do Canadá. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido até uma determinada temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, era mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Não é preciso dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja em cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando eu durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. Eu pediria gentilmente a alguém que me alimentasse com uma colher de pau grande e eu nem me preocuparia em estragar meu apetite ou rasgar minhas calças. Que maneira gloriosa de chutar o balde.

Eu queria fazer manteiga de bordo desde minha primeira visita a uma fazenda de bordo quando criança. Eles nos mandaram para casa com doces de folha de bordo (o início de uma obsessão para toda a vida) e eu assistia maravilhada com meus colegas de classe enquanto os adultos nos mostravam enormes potes de xarope fervente ao ar livre canadense frio. A melhor parte foi quando eles jogaram xarope na neve e se transformou em grandes pedaços de doce de bordo para nós comermos. Nós, crianças, é claro, pensamos que isso era mágico. Mesmo sendo muito jovem, essa experiência despertou uma grande curiosidade sobre os alimentos da natureza e um interesse em fazer coisas do zero.

Caso alguns de vocês não estejam familiarizados, manteiga de bordo (ou creme de bordo) é puro xarope de bordo que foi fervido a uma certa temperatura, deixado para diminuir a temperatura e, em seguida, batido / mexido como um louco por bons 30-35 minutos . Esta técnica é um trabalho árduo, mas certamente não me arrependo de tê-la feito. Eu estava grato, entretanto, que Eric me ajudou com a agitação. A cada 5 minutos, trocávamos para que uma pessoa pudesse descansar e observar a outra gemer e reclamar do tempo que estava demorando. Ok, ok, era mais como uma divisão de 7 a 3 minutos, mas quem está contando?

Vinte e cinco minutos após o início da maratona de 35 minutos de sessão de agitação, a dúvida surgiu. certo que não foi levado à temperatura certa ou não usamos o tipo certo de xarope de bordo.

Eric, como sempre, me mostra por que eu não deveria desistir tão facilmente. Não só na cozinha, mas em tudo na vida.

"Oh, vai funcionar, mantenha a fé."

Bem diante dos meus olhos, o doce âmbar brilhante se transformou em uma linda manteiga fosca bronzeada. Foi a coisa mais gratificante e mágica.

E então eu tenho que lamber a colher de pau! E então raspe a panela! De repente, esqueci tudo sobre meus braços cansados ​​e cansados. Agora eu poderia escalar montanhas.

Depois, comemos muffins. Não é preciso dizer que está "escondido" na parte de trás da geladeira, onde obviamente vou descobri-lo várias vezes por dia apenas por coincidência. Eu mencionei que é bom em mingau de aveia? E por bom em aveia quero dizer bom em tudo.

De qualquer forma, não preciso reescrever a receita hoje. Não estou reinventando a roda, apenas usando uma técnica que foi explicada maravilhosamente em outro lugar. America’s Test Kitchen tem um vídeo que me ajudou muito.

A única coisa que eu acrescentaria às instruções deles é testar seu termômetro de doces antes de começar. Apenas leve uma panela com água para ferver e certifique-se de que seu termômetro esteja em cerca de 212 F (o ponto de ebulição da água). Depois de saber que está funcionando corretamente, você pode prosseguir com confiança. Ah, e também vale a pena mencionar que você não deve ter filhos ou animais de estimação por perto ao fazer isso. A calda é extremamente quente e perigosa, por isso tome cuidado. Minha última dica é aumentar o calor gradualmente desde o início. Eu, é claro, aumentei o calor do queimador para MAX e quase transbordou, me deixando em um frenesi de pânico (como se eu já não estivesse). Tenho certeza de que a próxima vez será muito mais tranquila, agora que sei o que esperar.

Mais uma coisa. Sketchie diz oi. … .E pare de me incomodar quando durmo.

Você já experimentou manteiga de bordo antes ou fez algum tipo de doce em casa?


Manteiga de bordo pura (também conhecida como creme de bordo ou a melhor propagação da terra!)

Sabe quando alguém pergunta o que você gostaria de comer na sua última refeição? Eu nunca sei o que diabos dizer. Umm, tudo ?! Existem muitos alimentos que eu adoro, como esta manteiga de bordo. Para ser honesto, eu adoraria nada mais do que um enorme barril de manteiga de bordo no meu leito de morte. Ok, e talvez um pouco de leite de amêndoa caseiro para acompanhar. I’d kindly ask someone to feed it to me with a big wooden spoon and I wouldn’t even worry about ruining my appetite or splitting my pants. What a glorious way to kick the bucket.

I’ve wanted to make maple butter since I had my first visit to a maple farm as a little girl. They sent us home with maple leaf candy (the start of a lifelong obsession) and I’d watch in awe with my classmates as the adults showed us huge pots of boiling syrup in the chilly Canadian outdoors. The best part was when they’d throw syrup onto the snow and it turned into big chunks of maple candy for us to eat. Us kids, of course, thought that was magic. Even though I was very young, this experience instilled a warm curiosity about food from nature and an interest in making things from scratch.

In case some of you aren’t familiar, maple butter (or maple cream) is pure maple syrup that has been boiled to a certain temperature, left to decrease in temperature, and then whipped/stirred like crazy for a good 30-35 minutes. This technique is hard-freaking-work, but I certainly don’t regret making it. I was thankful though that Eric helped me with the stirring. Every 5 minutes we’d switch so one person could rest and watch the other moan and complain about how long it was taking. Ok, ok, it was more like a 7 minute to 3 minute split, but who’s counting?

Twenty-five minutes into the 35-minute marathon stirring session, self-doubt crept in. I was certo that it wasn’t brought to the right temperature or we didn’t use the right grade of maple syrup.

Eric, as always, shows me why I shouldn’t give up so easily. Not just with cooking, but with everything in life.

“Oh it will work, keep the faith.”

Right before my eyes, the shiny amber candy turned into a beautiful tan matte butter. It was the most rewarding, magical thing.

And then I got to lick the wooden spoon! And then scrape the pot! Suddenly, I forgot all about my tired, weary arms. I could now climb mountains.

Then we had it on muffins. Needless to say, it’s “hidden” in the back of the fridge where I will obviously discover it multiple times per day just by coincidence. Did I mention it’s good on oatmeal? And by good on oatmeal I mean good on tudo.

Anyway, there’s no need for me to re-write the recipe today. I’m not reinventing the wheel, just using a technique that has been explained wonderfully elsewhere. America’s Test Kitchen has a video and it helped me a lot.

The only thing I would add to their directions is to test your candy thermometre before you start. Just bring a pot of water to a boil and make sure that your thermometre reads about 212 F (the boiling point of water). Once you know it’s working properly, you can proceed with confidence. Oh and it’s also worth mentioning that you shouldn’t have any kids or pets around when making this. The syrup is extremely hot and dangerous so be careful. My last tip is to increase the heat fairly gradually from the start. I, of course, cranked the burner heat to MAX and it nearly boiled over sending me into a panicked frenzy (as if I wasn’t already). I’m sure the next time will go much more smoothly now that I know what to expect.

Mais uma coisa. Sketchie says hi. ….and stop bugging me when I sleep.

Have you ever tried maple butter before or made any type of candy at home?


Pure Maple Butter (also known as maple cream or the best spread on earth!)

You know when someone asks what you’d want to eat for your last meal? I never know what the heck to say. Umm, everything?! There are really so many foods I adore, such as this maple butter. To be honest, I’d love nothing more than a huge vat of maple butter on my death bed. Ok, and maybe some homemade almond milk to wash it down. I’d kindly ask someone to feed it to me with a big wooden spoon and I wouldn’t even worry about ruining my appetite or splitting my pants. What a glorious way to kick the bucket.

I’ve wanted to make maple butter since I had my first visit to a maple farm as a little girl. They sent us home with maple leaf candy (the start of a lifelong obsession) and I’d watch in awe with my classmates as the adults showed us huge pots of boiling syrup in the chilly Canadian outdoors. The best part was when they’d throw syrup onto the snow and it turned into big chunks of maple candy for us to eat. Us kids, of course, thought that was magic. Even though I was very young, this experience instilled a warm curiosity about food from nature and an interest in making things from scratch.

In case some of you aren’t familiar, maple butter (or maple cream) is pure maple syrup that has been boiled to a certain temperature, left to decrease in temperature, and then whipped/stirred like crazy for a good 30-35 minutes. This technique is hard-freaking-work, but I certainly don’t regret making it. I was thankful though that Eric helped me with the stirring. Every 5 minutes we’d switch so one person could rest and watch the other moan and complain about how long it was taking. Ok, ok, it was more like a 7 minute to 3 minute split, but who’s counting?

Twenty-five minutes into the 35-minute marathon stirring session, self-doubt crept in. I was certo that it wasn’t brought to the right temperature or we didn’t use the right grade of maple syrup.

Eric, as always, shows me why I shouldn’t give up so easily. Not just with cooking, but with everything in life.

“Oh it will work, keep the faith.”

Right before my eyes, the shiny amber candy turned into a beautiful tan matte butter. It was the most rewarding, magical thing.

And then I got to lick the wooden spoon! And then scrape the pot! Suddenly, I forgot all about my tired, weary arms. I could now climb mountains.

Then we had it on muffins. Needless to say, it’s “hidden” in the back of the fridge where I will obviously discover it multiple times per day just by coincidence. Did I mention it’s good on oatmeal? And by good on oatmeal I mean good on tudo.

Anyway, there’s no need for me to re-write the recipe today. I’m not reinventing the wheel, just using a technique that has been explained wonderfully elsewhere. America’s Test Kitchen has a video and it helped me a lot.

The only thing I would add to their directions is to test your candy thermometre before you start. Just bring a pot of water to a boil and make sure that your thermometre reads about 212 F (the boiling point of water). Once you know it’s working properly, you can proceed with confidence. Oh and it’s also worth mentioning that you shouldn’t have any kids or pets around when making this. The syrup is extremely hot and dangerous so be careful. My last tip is to increase the heat fairly gradually from the start. I, of course, cranked the burner heat to MAX and it nearly boiled over sending me into a panicked frenzy (as if I wasn’t already). I’m sure the next time will go much more smoothly now that I know what to expect.

Mais uma coisa. Sketchie says hi. ….and stop bugging me when I sleep.

Have you ever tried maple butter before or made any type of candy at home?


Pure Maple Butter (also known as maple cream or the best spread on earth!)

You know when someone asks what you’d want to eat for your last meal? I never know what the heck to say. Umm, everything?! There are really so many foods I adore, such as this maple butter. To be honest, I’d love nothing more than a huge vat of maple butter on my death bed. Ok, and maybe some homemade almond milk to wash it down. I’d kindly ask someone to feed it to me with a big wooden spoon and I wouldn’t even worry about ruining my appetite or splitting my pants. What a glorious way to kick the bucket.

I’ve wanted to make maple butter since I had my first visit to a maple farm as a little girl. They sent us home with maple leaf candy (the start of a lifelong obsession) and I’d watch in awe with my classmates as the adults showed us huge pots of boiling syrup in the chilly Canadian outdoors. The best part was when they’d throw syrup onto the snow and it turned into big chunks of maple candy for us to eat. Us kids, of course, thought that was magic. Even though I was very young, this experience instilled a warm curiosity about food from nature and an interest in making things from scratch.

In case some of you aren’t familiar, maple butter (or maple cream) is pure maple syrup that has been boiled to a certain temperature, left to decrease in temperature, and then whipped/stirred like crazy for a good 30-35 minutes. This technique is hard-freaking-work, but I certainly don’t regret making it. I was thankful though that Eric helped me with the stirring. Every 5 minutes we’d switch so one person could rest and watch the other moan and complain about how long it was taking. Ok, ok, it was more like a 7 minute to 3 minute split, but who’s counting?

Twenty-five minutes into the 35-minute marathon stirring session, self-doubt crept in. I was certo that it wasn’t brought to the right temperature or we didn’t use the right grade of maple syrup.

Eric, as always, shows me why I shouldn’t give up so easily. Not just with cooking, but with everything in life.

“Oh it will work, keep the faith.”

Right before my eyes, the shiny amber candy turned into a beautiful tan matte butter. It was the most rewarding, magical thing.

And then I got to lick the wooden spoon! And then scrape the pot! Suddenly, I forgot all about my tired, weary arms. I could now climb mountains.

Then we had it on muffins. Needless to say, it’s “hidden” in the back of the fridge where I will obviously discover it multiple times per day just by coincidence. Did I mention it’s good on oatmeal? And by good on oatmeal I mean good on tudo.

Anyway, there’s no need for me to re-write the recipe today. I’m not reinventing the wheel, just using a technique that has been explained wonderfully elsewhere. America’s Test Kitchen has a video and it helped me a lot.

The only thing I would add to their directions is to test your candy thermometre before you start. Just bring a pot of water to a boil and make sure that your thermometre reads about 212 F (the boiling point of water). Once you know it’s working properly, you can proceed with confidence. Oh and it’s also worth mentioning that you shouldn’t have any kids or pets around when making this. The syrup is extremely hot and dangerous so be careful. My last tip is to increase the heat fairly gradually from the start. I, of course, cranked the burner heat to MAX and it nearly boiled over sending me into a panicked frenzy (as if I wasn’t already). I’m sure the next time will go much more smoothly now that I know what to expect.

Mais uma coisa. Sketchie says hi. ….and stop bugging me when I sleep.

Have you ever tried maple butter before or made any type of candy at home?


Assista o vídeo: Por que bandos de aves voam em formato de V? (Outubro 2021).