Panetone de férias

Um pão de Natal recheado de frutas secas cristalizadas. Uma versão muito mais saborosa e leve de um bolo de frutas.MAIS +MENOS-

Atualizado em 17 de novembro de 2014

1/3

xícara de abacaxi seco em cubos

3/4

xícara de damascos secos em cubos

1

colher de sopa de fermento seco ativo

3 1/2

Xícaras de farinha de trigo

1

colher de chá de extrato de baunilha puro

Esconder Imagens

  • 1

    Misture o abacaxi seco, as cerejas secas, as passas douradas e os damascos secos em uma tigela grande.

  • 2

    Adicione açúcar, fermento seco ativo, farinha e sal.

  • 3

    Aqueça leite, manteiga, mel e suco de limão a 120 ° F em uma panela; mexa na mistura.

  • 4

    Misture 2 ovos ligeiramente batidos e extrato de baunilha; cubra e deixe crescer até dobrar de tamanho, cerca de 1 hora.

  • 5

    Unte com manteiga duas formas de pão de 15 x 9 polegadas ou duas latas de café vazias de 300 ml e forre com papel manteiga.

  • 6

    Adicione a massa; cubra e deixe crescer 1 hora.

  • 7

    Asse a 350 ° F até que um palito inserido no meio saia limpo, cerca de 45 minutos. Deixe esfriar antes de fatiar.

Nenhuma informação nutricional disponível para esta receita

Mais sobre esta receita

  • Existem tantos tipos diferentes de pães natalinos para comemorar a estação, mas devo dizer que meu favorito é o panetone.

    Panetone é pão doce italiano cravejado de frutas secas. Rick Steves me disse na TV recentemente que na Itália, no Natal, as crianças vão de porta em porta em seus bairros dando panetones caseiros para os idosos que não têm ninguém com quem compartilhar as férias.

    Do outro lado do lago, o panetone pode ser encontrado em todos os lugares nesta época do ano, desde o supermercado até cadeias de cafés-padarias. Alguns fazem na forma tradicional de cúpula, enquanto outros fazem em qualquer forma de pão velho (como eu). Alguns assam com frutas cítricas como limão e laranja cristalizada; outros usam todas as frutas secas que têm na despensa (de novo, como eu).

    Há muitas coisas boas sobre o panetone - por exemplo, como ele armazena bem em temperatura ambiente por até uma semana, e que é absolutamente delicioso - mas o maior é que, quando se trata de pães caseiros, esta é a receita mais difícil de estragar. Se você quer assar um pão festivo, mas não tem muito tempo, talento, energia ou tudo isso, o panetone é seu novo melhor amigo.

    O panetone é preparado como um pão rápido, mas sua consistência após o cozimento é densa e esponjosa, quase como uma massa fermentada. A massa em si tem um sabor bastante suave, mas os frutos secos picados espalhados pelo pão conferem-lhe um sabor adocicado e picante. Alguns dizem que é melhor do que stollen, outro pão tradicional do feriado.

    O panetone tem gosto de Natal, em forma de pão!

    Stephanie (também conhecida como Girl versus Dough) juntou-se a Tablespoon para compartilhar suas aventuras na cozinha. Confira o perfil de membro de Stephanie Tablespoon e continue checando suas próprias receitas pessoais no Tablespoon!


  • 1 colher de sopa de fermento ativo seco
  • 1/3 xícara de água quente
  • 1/4 xícara de açúcar granulado
  • 3 ovos grandes
  • 1 gema de ovo grande
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1/2 colher de chá de casca de limão ralada na hora
  • 1 colher de sopa de suco de limão fresco
  • 1 colher de chá de sal
  • 1/2 xícara de manteiga sem sal amolecida
  • 3 xícaras de farinha multiuso
  • 1/2 xícara de groselha
  • 1/2 xícara de passas douradas

Dissolva o fermento em uma tigela com água. Deixe descansar por 5 minutos. Em uma tigela grande, misture o açúcar, os ovos, a baunilha, as raspas de limão, o suco de limão, o sal, a manteiga e o fermento.

Adicione a farinha em 2 ou 3 porções, mexendo para incorporar. Transfira a massa para uma superfície enfarinhada. Sove a massa até ficar macia, adicionando mais farinha se necessário. Coloque a massa em uma tigela untada e cubra com um pano. Deixe-o descansar e levantar por 30 a 45 minutos. Deve dobrar de volume.

Vire a massa novamente sobre uma superfície enfarinhada, bata e sove as passas e as passas. Molde a massa em uma bola e coloque em uma assadeira com manteiga (do tamanho de cerca de 2 litros vai funcionar). Deixe crescer novamente até dobrar de volume, cerca de 30 a 45 minutos.

Pré-aqueça o forno a 400 graus F, asse o pão por 15 minutos. Em seguida, reduza o fogo para 350 graus F e leve ao forno por mais 30 a 40 minutos.


Resumo da receita

  • Fruta marinada:
  • ⅓ xícara de passas douradas
  • ⅓ xícara de damascos secos picados
  • ⅓ xícara de cerejas secas
  • ¼ xícara triple sec (licor com sabor de laranja) ou suco de laranja
  • Massa:
  • 1 pacote de fermento seco (cerca de 2 1/4 colheres de chá)
  • ¼ colher de chá de açúcar granulado
  • ¼ xícara de água quente (100 & deg a 110 & deg)
  • 3 ¾ xícaras de farinha de trigo, dividida
  • 6 colheres de sopa de manteiga ou margarina em barra derretida
  • ¼ xícara de leite desnatado
  • ¼ xícara de açúcar granulado
  • ½ colher de chá de sal
  • 1 ovo grande
  • 1 gema de ovo grande
  • 2 colheres de sopa de pinhões
  • Spray para cozinhar
  • 1 colher de chá de manteiga ou margarina em barra derretida
  • 2 colheres de chá de turbinado ou açúcar granulado

Para preparar frutas marinadas, combine os primeiros 4 ingredientes em uma tigela pequena e deixe descansar por 1 hora. Escorra as frutas em uma peneira sobre uma tigela, reservando as frutas e 2 colheres de chá de licor separadamente.

Para preparar a massa, dissolva o fermento e 1/4 de colher de chá de açúcar granulado em água morna em uma tigela pequena e deixe descansar por 5 minutos. Coloque levemente a farinha em copos medidores secos nivelados com uma faca. Combine 1/2 xícara de farinha e os próximos 6 ingredientes (1/2 xícara de farinha até a gema de ovo) em uma tigela grande e bata em velocidade média em uma batedeira por 1 minuto ou até ficar homogêneo. Adicione a mistura de fermento e 1/2 xícara de farinha e bata 1 minuto. Junte as frutas marinadas, 2 1/2 xícaras de farinha e os pinhões. Jogue a massa em uma superfície levemente enfarinhada. Sove até ficar homogêneo e elástico (cerca de 8 minutos), adicione o suficiente da farinha restante, 1 colher de sopa de cada vez, para evitar que a massa grude nas mãos.

Coloque a massa em uma tigela grande revestida com spray de cozinha, virando para a cobertura. Cubra e deixe crescer em local aquecido (85 graus), sem correntes de ar, por cerca de 1 hora e meia. A massa não dobrará de tamanho. (Pressione dois dedos na massa. Se a indentação permanecer, a massa cresceu o suficiente.)

Perfure a massa e deixe descansar 5 minutos. Divida ao meio, transformando cada um em uma bola. Coloque as bolas em latas de café de 2 (13 onças) revestidas com spray de cozinha. Cubra e deixe crescer 1 hora.

Descubra a massa. Coloque as latas de café na prateleira inferior do forno e asse a 375 & deg por 30 minutos ou até dourar e o pão soar vazio quando batido. Retire o pão das latas e deixe esfriar sobre uma gradinha. Combine 2 colheres de chá reservadas de licor e 1 colher de chá de manteiga pincele sobre os pães. Polvilhe uniformemente com açúcar turbinado.


COMO FAZER BOLO DE CAMADA DE PANETTONE DE FERIADO

O que começou como uma forma de adicionar sabor úmido ao nosso Panetone, este bolo se tornou um favorito da família na temporada. Mesmo meus comedores exigentes não resistiram a creme de leite com sabor de rum e abacaxi entre camadas de pão doce!

PREPARE O BOLO E CHICOTE O CREME

  1. Comece removendo todo o papel de embrulho das laterais e do fundo de um panetone comprado em uma loja. Em seguida, corte o bolo em camadas, colocando-o de lado e cortando-o em rodelas de 5 (1 polegada) de espessura com uma faca de pão. Certifique-se de manter as camadas em ordem, para que você possa empilhar o bolo com facilidade. O corte final deve ser onde a cúpula do bolo encontra a lateral. Esta será sua camada superior. Reserve as camadas.
  2. O próximo passo é fazer o chantilly. Eu gosto de usar uma batedeira manual para esta etapa, mas você também pode usar uma batedeira, se tiver uma, equipada com o acessório para chicote. Então, adicione o creme de leite a uma tigela média e bata o creme até formar picos macios. Junte o açúcar de confeiteiro e o rum. Continue a bater com a batedeira até ver picos firmes. O último passo para o creme de leite é dobrar o abacaxi triturado no chantilly até que fique bem distribuído. Reserve a tigela. Note & # 8211 Você pode substituir o creme de cobertura batida não láctea para torná-lo vegan.

MONTE O BOLO DE CAMADA DE PANETTONE DE FERIADO

  1. Construa o bolo começando com a camada inferior original.
  2. Coloque a camada, com o lado cortado para cima, em um prato de servir. Use uma espátula para espalhar cerca de 1/5 da mistura de chantilly em toda a camada. Coloque a próxima camada de bolo em cima do creme chantilly e repita até que todas as camadas tenham sido usadas. A camada superior deve ser a cúpula do bolo.
  3. Decore a parte superior do bolo com as cerejas e o abacaxi nas natas batidas.
  4. Sirva imediatamente ou cubra e leve à geladeira até 1 dia antes.

Mantenha as camadas empilhadas na mesma ordem em que as cortou para facilitar a remontagem. Corte a cúpula do bolo como última camada. Na próxima vez, cortarei uma fatia fina da cúpula para dar às decorações uma superfície plana para sentar.

Corte o bolo com uma faca afiada. Conforme você corta, as camadas se comprimem naturalmente.

O QUE É UM PANETTONE

O panetone foi inventado no Milan. A palavra & # 8220panetone & # 8221 deriva da palavra italiana & # 8220panetto & # 8221, um pequeno bolo de pão. O sufixo italiano & # 8220one & # 8221 muda o significado para & # 8220 grande bolo & # 8221. Acredita-se que o panetone tenha origens antigas, remontando ao Império Romano, onde um tipo de pão fermentado era adoçado com mel. É agora uma indústria multibilionária e consumida em todo o mundo no Natal e no Ano Novo.

O PANETTONE EXPIRA

O panetone não aberto e comprado em loja tem uma vida útil de cerca de 5 meses. Também congela bem! Compre quando estiverem à venda e depois congele para tê-los o ano todo. Eles ocupam muito espaço no freezer, então corto o panetone em fatias e reembalei em sacos plásticos para freezer. Descongele na geladeira antes de usar.


Resumo da receita

  • 1 (0,25 onça) pacote de fermento seco ativo
  • 1 xícara de água quente (110 graus F / 45 graus C)
  • ¼ xícara de açúcar branco
  • 2 ovos
  • ½ xícara de iogurte natural desnatado
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1 colher de sopa de raspas de limão ralada
  • ¼ colher de chá de sal
  • 4 xícaras de farinha multiuso crua
  • ¼ xícara de passas secas
  • ¼ xícara de passas
  • 1 colher de sopa de açúcar de confeiteiro
  • 1 colher de sopa de manteiga derretida (opcional)

Em uma tigela média, misture o fermento, a água e o açúcar. Cubra e deixe descansar por 10 minutos ou até espumar. Adicione os ovos, o iogurte, a baunilha, as raspas de limão e o sal. Misture bem. Misture a farinha 1/2 xícara de cada vez até a massa formar uma bola gerenciável. Desenforme sobre uma superfície levemente enfarinhada e sove por 5 a 10 minutos, adicionando farinha se necessário, até a massa ficar macia e flexível, mas não pegajosa. (Pode ser necessário até 5 xícaras de farinha.) Coloque a massa em uma tigela grande levemente borrifada com panela, cubra e deixe crescer em um lugar quente até dobrar de tamanho, cerca de 1 hora.

Pré-aqueça o forno a 350 graus F (175 graus C) e borrife uma forma de bolo redonda de 20 polegadas com spray antiaderente. Em uma tigela pequena, misture as frutas secas com o açúcar de confeiteiro. Despeje a massa em uma tigela, transfira para uma superfície enfarinhada e sove a fruta.

Forme uma bola com a massa, coloque na fôrma preparada, cubra levemente com um pano de prato e deixe crescer 30 minutos. (O pão vai subir acima das laterais da assadeira.) Pincele com manteiga derretida, se desejar. Asse por 45 minutos ou até que o pão esteja dourado e um palito inserido no centro saia limpo. Faz 10 cunhas.


Selado e entregue: receitas em uma jarra

Lista de ingredientes da sopa de lentilha com curry
2 folhas de louro
1 pimenta chile seca
2 colheres de chá de açafrão
1 1/2 colher de chá de curry em pó (selado em um saco plástico ou sachê)
5 tomates secos ao sol (não embalados em óleo)
1/2 xícara de lentilhas vermelhas
1/2 xícara de lentilhas amarelas
1/2 xícara de lentilhas vermelhas
1/2 xícara de lentilhas amarelas
Jarra de vidro de 3/4 litros

JAR_02

Camadas de ingredientes em um frasco de presente de Natal

& copyFood Stylist: Brett Kurzweil

Estilista de alimentos: Brett Kurzweil

Pão de milho azul com lista de ingredientes de abacaxi
4 anéis de abacaxi seco picado
1 xícara de mirtilos secos
1/2 xícara de fubá amarelo fino
1 xícara de fubá azul
1/2 xícara de farinha multiuso
2 chás de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal
Frasco de vidro de 1 litro

Dica: Coloque ingredientes mais finos, como farinha e açúcar, no fundo do frasco.

JAR_03

Um frasco para presente de Natal com camadas de ingredientes

& copyFood Stylist: Brett Kurzweil

Estilista de alimentos: Brett Kurzweil

Lista de ingredientes de biscoitos super-grossos de Natal
1 xícara de coco ralado torrado
1 xícara de pedaços de chocolate meio amargo
1/2 xícara de cajus picados
1 xícara de gotas de chocolate branco
3/4 xícara de M & ampMs vermelhos e verdes
1/2 xícara de cacau em pó de processo holandês
1 1/2 xícara de farinha de trigo
3/4 colher de chá de sal
1 frasco de vidro de 1/2 litro

JAR_01

Um frasco para presente de feriado contendo ingredientes em camadas

& copyFood Stylist: Brett Kurzweil

Estilista de alimentos: Brett Kurzweil

Lista de ingredientes de panetones de férias
1/2 xícara de casca de laranja cristalizada em cubos
3/4 xícara de cerejas secas
3/4 xícara de passas douradas
3/4 xícara de damascos secos em cubos
1/2 xícara de açúcar
1 colher de sopa de fermento seco ativo
3 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 1/4 colher de chá de sal
Frasco de vidro de 2 quartos

Se você estiver dando esta mistura para um amante de nozes, adicione 1/4 de xícara de pinhões torrados no lugar de algumas das frutas secas.


Fazendo o Panetone Perfeito, o Everest da Panificação para Férias

Para cada chef confeiteiro desenvolvendo uma receita, chega um momento em que a coisa que está entre a perfeição e o desastre total finalmente aparece.

Para chef pasteleiro Matt Tinder , aquele momento aconteceu há quatro anos na cozinha da Coi de São Francisco, quando ele puxou seu segundo pão de panetone do forno, virou-o de cabeça para baixo para evitar que murchasse e o viu implodir. O primeiro tinha saído surpreendentemente bem, mas agora, com este, três dias de trabalho estavam em migalhas no chão. Ele estudou os bolsões irregulares de ar no centro malpassado e estava abundantemente claro. O que deu errado foi o fermento.

Sem uma levedura extremamente viva, o panetone é essencialmente um bolo de frutas ruim - denso, doentiamente doce e nada bonito. E como um bolo de frutas ruim, pães de panetone ruim ficam em muitas mesas nesta época do ano. Mas é aqui que as semelhanças terminam.

Tecnicamente, o panetone não é um bolo, mas um pão de farinha de trigo fermentada misturado com uma quantidade extravagante de ovos, açúcar e manteiga, depois enriquecido com algumas frutas secas (geralmente passas e frutas cítricas cristalizadas) e cozido em um pão redondo ou baixo. em um alto, suavemente pontudo. Um bom panetone é suavemente doce e arejado, com uma mastigabilidade agradável.

O Tinder coze 10 panetones por vez. O processo que vai da mistura da primeira massa até a inversão dos pães assados ​​para esfriar leva 32 horas. Aumentar o fermento acrescenta mais uma semana a isso.

O consumo faminto do fermento de açúcares e o subsequente arroto de dióxido de carbono criam uma rede de cavernas em uma massa de outra forma muito densa. Quanto mais tempo eles conseguirem fazer isso sem fermentar a massa em uma bagunça alcoólica, mais delicada e arejada será a textura. O trabalho da levedura também dá ao panetone seu rico sabor característico e uma migalha sedosa que resiste ao envelhecimento. Um bom panetone é melhor uma semana fora e continua bom mesmo um mês depois.

Indo para a fonte

Os padeiros de panetones mais famosos estão no norte da Itália, especialmente em Milão, onde a receita teria se originado há cerca de dois séculos. A maioria das receitas de panetone que vemos agora são resumidas para as massas. As receitas verdadeiras são longas e técnicas, com detalhes importantes raramente anotados, razão pela qual os chefs pasteleiros vêem o panetone como o Everest dos confeitos. Fazer acontecer é terrivelmente difícil.

Uma década atrás, um jovem confeiteiro americano chamado Roy Shvartzapel empacotado de elBulli na Espanha para visitar uma aldeia no sopé dos Alpes nos arredores de Milão, em busca de Iginio Massari . Massari é uma lenda e considerado “o Michael Jordan do mundo do panetone”, disse Shvartzapel, especialmente entre os cozinheiros italianos do elBulli. Os cozinheiros riram dos planos descarados de Shvartzapel & # x27s de aparecer sem avisar na Pasticceria Veneto, a padaria de Massari em Brescia.

Mas quando Shvartzapel bateu à porta, Massari o recebeu calorosamente e concordou em ensiná-lo na hora. Massari mais tarde disse a ele o porquê, explicando que considerava sua vida passar o artesanato do panetone como um imperativo, mas poucos mostram-se tão ansiosos para aprender.

O panetone de Massari correspondeu ao hype. Era “etereamente amanteigado, leve como uma pena, mas rico ao mesmo tempo - uma bomba de sabor”, disse Shvartzapel. Hoje, como chef e proprietário do Common Bond Cafe & amp Bakery de Houston, Shvartzapel faz o seu próprio com base no que aprendeu naquela primeira visita e em vários outros desde então.

Infelizmente, “a maioria das pessoas só experimentou um panetone superproduzido em massa, feito com fermento líquido ou instantâneo e armazenado em uma caixa por muitos meses de cada vez”, disse ele.

O fabricante comercial mais reconhecido é a Bauducco, uma empresa brasileira de origem italiana que vende 60 milhões de seus bolos em caixa de US $ 8 (passas Sun-Maid ou sabor de chocolate Hershey) anualmente em todo o mundo. Mas mesmo um panetone produzido em massa exige um trabalho imenso. A Bauducco anuncia que cada pão leva 52 horas de trabalho, que incluem visitas repetidas a uma sala de fermentação climatizada para comprovar.

Técnica sobre a fórmula

Tinder estava trabalhando em um rabisco vago de proporções e tempos que aprendeu com um amigo de uma avó italiana quando começou a fazer experiências em Coi, quatro anos atrás. A tradução estranha do Google descreveu coisas para fazer com a "mãe viva", que ele percebeu que tinha a ver com o cuidado e alimentação de fermento vivo, lievito madre em italiano.

Trabalhar com fermento vivo é uma técnica perdida para muitos padeiros deste lado do globo, e o desafio adicional de cultivá-la do nada atraiu as tendências puristas de Tinder. (Ele também favorece a moagem de grãos inteiros e a mistura manual.) Além disso, a receita exigia o domínio de todos os fundamentos da panificação, desde o controle da temperatura, acidez e do álcool gerado pela fermentação até o controle da tendência de panetone ao colapso. Tinder tinha sua nova obsessão.

Tinder usa todos os seus sentidos para verificar se todos os ingredientes foram incorporados.

Assar panetone é mais uma técnica do que uma fórmula. “Você não pode se esconder fazendo isso”, diz Tinder. "É ou não é."

Depois de meses de tentativa e erro, ele estava produzindo bons pães e mantendo o fermento feliz - na maior parte do tempo. Ele estava trabalhando no panetone como um projeto após o expediente, então ele configurava um alarme para alimentar a mãe continuamente a cada quatro horas, mesmo durante a noite, por semanas a fio, para maximizar seu poder de volume, mas mesmo assim, às vezes o fermento de repente deixava de crescer ou azedar sem motivo aparente. A incerteza de tudo isso lhe deu pesadelos quando ele estava realmente dormindo.

Por fim, ele entrou em contato com Shvartzapel, o único outro padeiro americano que conhecia que fazia panetone em pequenos lotes com fermento natural vivo.

Eles resolveram problemas por meio de textos e fotos frequentes de seus respectivos fracassos e sucessos, Shvartzapel passando para Tinder alguns dos segredos do ofício que Massari havia passado para ele.

“Eventualmente, tudo se juntou quando comecei a olhar para o processo como fortalecer um atleta”, disse Tinder. “Antes da competição, você segue um regime estrito de alimentação regular e descanso.”

Isso significava que a mãe precisava de um pouco de espaço para respirar durante a prova e quase nenhum ar durante o tempo de inatividade. Ele precisava ser banhado regularmente para manter um pH consistente em torno de 4,1 a 4,4 para evitar que se tornasse ácido demais para que o glúten se formasse ou para que o fermento prosperasse. Precisava comer na hora certa. Precisava de férias a cada duas semanas, então Tinder organizou um rodízio de mães - apelidadas de "Garoto" e "Garota", respectivamente - para evitar sobrecarregar qualquer uma delas. Também exigia apresentações muito gentis a estranhos, como sal, açúcar e gorduras.

Tinder já havia assado quase 800 pães de panetone antes de servir sua primeira fatia como chef confeiteiro do The Restaurant at Meadowood no início deste ano.

Panetone de chocolate e figo e Matt Tinder da Meadowood. Panetone de chocolate com as marcas de um vencedor: cavernas verticais e delicados fios na massa, e uma crosta dourada que se eleva como a cúpula de uma catedral renascentista.

Chefe de cozinha Christopher Kostow disse que não tinha muita experiência com panetone antes da chegada do Tinder. Mas ele passou a gostar tanto que Tinder deixava para ele uma fatia em sua tábua de cortar todas as manhãs para saborear com seu café. “Isso mostra um nível impressionante de domínio”, disse Kostow.

“O panetone do Matt tem essa qualidade linda e elástica”, chef confeiteiro Brooks Headley da Del Posto de Nova York concordou. Na verdade, é tão bom que Headley confessou que parou de trabalhar em sua própria versão por enquanto. “Você pode saborear a obsessão e a precisão. É o que há de melhor em qualquer lugar, e uma vez que você tenha a versão definitiva de algo, você nunca fica satisfeito com os outros. ”

Fazendo Panetone

Na cozinha de Meadowood, Tinder estava terminando sua última semana como chef pasteleiro lá, mas ele ainda estava afundado até os joelhos no meio de assar dez pães de figo de chocolate e panetone de limão Meyer com passas e alimentar a mãe.

Tinder aprende a ajustar a receita a qualquer equipamento que esteja usando. Para compensar o calor gerado pela lançadeira, ele mantém a velocidade baixa e mistura apenas o suficiente.

Ele me mostrou a ordem e o tempo para misturar os ingredientes, uma prática extremamente precisa. Ele havia trocado os mixers e, portanto, estava reajustando o tempo, apalpando frequentemente com as mãos para ter certeza de que o calor gerado pelo atrito da mistura não faria com que a levedura se desenvolvesse muito rapidamente e que tudo ainda estava emulsionando. Ele declarou que a massa atingiu seu estado perfeito quando o aroma se tornou o que ele descreveu como "algo entre vagamente e assustadoramente doce".

O próximo projeto de Tinder é aumentar a produção de panetones para um programa de pão que ele está trabalhando com Daniel Patterson , chef e proprietário de Coi e outros restaurantes da área da baía.

Panetone durante todo o ano? Eu perguntei. "Por que não? Não sei por que ainda temos essa regra ”, disse Tinder. "Exceto, talvez, que os feriados são o único momento em que você realmente tem os três dias de que precisa para fazer isso."

Common Bond (Houston, Texas) Frutas cristalizadas ou panetone de chocolate (US $ 40).

Pasticceria Veneto (Brescia, Itália) Sultanas e cascas de laranja cristalizadas com cobertura de amaretto, ou chocolate com passas e cascas de laranja cristalizadas (32-38 euros por quilo).

Tinder vai oferecer o seu la vita madre e panetone perene através do programa de pão DPG. Encontre-o agora no Calistoga Farmer’s Market, sábado das 9h às 13h com chocolate e figo, e passas douradas com panetone de limão Meyer ($ 40 / quilo).

Se você quiser cair na toca do coelho sozinho, Matt compartilha sua receita de panetone aqui.


O que é panetone, afinal?

O panetone é um pão de fermento semelhante a um bolo que é pontilhado com pedaços de frutas secas. Não, não é um bolo de frutas, embora muitas vezes seja confundido como tal.

O panetone tem suas origens em Milão, mas está disponível em toda a Itália durante a temporada de férias. As lojas oferecem pães em vários tamanhos, perfeitos para compartilhar com os amigos. Em reuniões familiares, o pão pode ser servido com um copo de prosecco após uma refeição de feriado. É uma tradição que é abraçada por famílias italianas em todo o mundo!

Se você tem amigos italianos em seu círculo, pode muito bem ter recebido uma fatia desse pão durante as festas de fim de ano.

Embora o panetone esteja disponível na Itália, ele não é tão comum na América. Se você deseja vivenciar essa tradição italiana, prepará-lo em casa do zero é uma ótima maneira de fazê-lo!

Fazendo esta receita de panetone do zero

Você precisará se planejar com antecedência! Este pão fermentado requer que você faça uma & # 8220 starter & # 8221 ou & # 8220sponge & # 8221 e deixe descansar durante a noite. Esta mistura borbulhante de farinha, água e fermento dá à massa uma vantagem inicial!

Deixada durante a noite, a entrada começará a crescer e o fermento ficará ativo, dando origem ao pão de panetone.

No dia seguinte, você & # 8217 combinará os ingredientes restantes & # 8212, exceto as frutas secas e as raspas! & # 8212 com a entrada e deixe a massa crescer por uma ou duas horas. Quando estiver bom e inchado, é hora de adicionar a fruta que faz esta receita de panetone cantar.

Enquanto este pão poderia ser feito em formas de pão, uma receita tradicional de panetone é preparada em especial moldes de papel. Esses moldes são à prova de forno e facilitam a distribuição & # 8212, basta amarrar com uma fita ou um laço e pronto!

Transfira a massa pronta para uma forma de cozimento, deixe crescer novamente e leve ao forno. (Fazer pão não é difícil, mas requer um pouco de paciência!)


Resumo da receita

  • 1 colher de sopa mais 1 1/2 colher de chá de fermento seco ativo (dois envelopes de 1/4 onça)
  • 1/3 xícara de leite integral, aquecido
  • 3 xícaras de farinha de pão não branqueada, além de mais para a superfície
  • 1/4 xícara de açúcar granulado
  • 4 ovos grandes, levemente batidos, mais 1 ovo grande
  • 1 1/2 colher de chá de sal grosso
  • 2 1/2 palitos de manteiga sem sal, temperatura ambiente
  • 1/2 colher de chá de extrato de amêndoa pura
  • 1/2 colher de chá de extrato de laranja pura
  • 1 xícara de casca de laranja cristalizada em cubos
  • 1 1/4 xícaras de passas douradas
  • Óleo vegetal, para tigela
  • Açúcar de pérola, para polvilhar, opcional
  • 1/4 xícara mais 2 colheres de sopa de amêndoas fatiadas, para polvilhar

Polvilhe o leite com fermento na tigela grande da batedeira com batedeira para massa. Deixe repousar até espumar, cerca de 5 minutos. Polvilhe 2 onças de farinha (cerca de 1/2 xícara) e 1 colher de sopa de açúcar granulado por cima. Cubra com plástico e deixe descansar por 1 hora.

Adicione os 12 onças restantes de farinha e 3 colheres de açúcar granulado, os ovos batidos e o sal. Misture em velocidade média até que a massa forme uma bola lisa e dura, cerca de 5 minutos. Adicione a manteiga, 1 colher de sopa de cada vez, mexendo bem após cada adição. Misture a massa em velocidade média-alta por 5 minutos. Reduza a velocidade e adicione extratos, casca de laranja e passas. Misture até combinado.

Desenforme a massa sobre uma superfície limpa e forme uma bola. Transfira para uma tigela levemente untada com óleo. Cubra com plástico e leve à geladeira durante a noite.

Leve a massa à temperatura ambiente e divida ao meio. Forme cada metade em uma bola, coloque cada uma em uma forma de panetone de papel de 5 1/4 por 3 3/4 de polegada ou um pequeno saco de papel marrom que tenha sido enrolado para cerca de 5 polegadas. Transfira para uma assadeira. Cubra com filme plástico e deixe descansar em local aquecido até dobrar de volume, cerca de 2 horas.

Pré-aqueça o forno a 350 graus. Bata levemente o ovo restante. Pincele a pasta de ovo na massa de panetone e polvilhe com açúcar de pérola e amêndoas. Asse até dourar, cerca de 50 minutos.

Remova as formas do forno e coloque dois espetos de madeira horizontalmente no centro de cada pão de panetone. Pendure os pães de cabeça para baixo apoiando as pontas de cada espeto em 2 latas ou latas grandes e pesadas. Deixe esfriar completamente.


Panetone (Bolo Italiano de Natal)

Pré-aqueça o forno a 425 ° F. Na sua batedeira, misture a manteiga e os ovos e misture com o batedor em formato de pá em temperatura baixa-média até que os ingredientes combinem (apenas alguns minutos).

Adicione o açúcar, o bicarbonato de sódio, o sal e o creme de tártaro e continue misturando.

Depois que tudo estiver incorporado, reduza a sua batedeira para BAIXO e adicione gradualmente a farinha e o leite (alternando cada um). Misture até obter uma boa consistência cremosa e sedosa.

Adicione suas raspas e sucos e misture. Com a sua batedeira ainda baixa, adicione gradualmente suas cranberries, passas e amêndoas.

Pulverize seus moldes de panetone com spray de cozinha e preencha-os pela MEIA maneira com massa de panetone. Não transborde. Coloque-os em uma assadeira e agite-os um pouco para uniformizar a mistura e liberar as bolhas de ar.

Asse por 25-35 minutos ou até passar no teste do palito. Se você estiver usando os moldes maiores, terá que cozinhá-los por mais tempo. É melhor virar a assadeira uma vez durante o cozimento para garantir que fique uniforme. Deixe o panetone esfriar sobre uma gradinha antes de cortá-lo.


Assista o vídeo: BENJAMIN ABRAHÃO PANETONE (Dezembro 2021).