Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Anthony Bourdain vai produzir filme sobre a história do desperdício de alimentos

Anthony Bourdain vai produzir filme sobre a história do desperdício de alimentos

Este documentário mostrará as ramificações do desperdício de 1,3 toneladas de alimentos todos os anos

Este filme aborda “um dos maiores problemas do século 21”.

Anthony Bourdain tem estado em alta recentemente com projetos, incluindo sua série da CNN, Partes Desconhecidas; Um livro novo, Apetites: um livro de receitas; e uma turnê de palestras por todo o país. Seu último projeto é a produção de um documentário chamado Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, que se concentrará em como o desperdício de alimentos está afetando o mundo.

O objetivo do filme é lançar luz sobre esse problema global que faz com que toneladas de alimentos sejam desperdiçados em vez de acabar no prato de quem passa fome.

“Os chefs têm estado na vanguarda dos esforços para lidar de forma responsável com o problema do desperdício de alimentos, talvez porque, mais do que outros, estejam dolorosamente cientes do volume flagrante de alimentos nutritivos e perfeitamente utilizáveis ​​que, de outra forma, poderiam alimentar as pessoas necessitadas, sendo jogado fora em nossos restaurantes ", explicou Bourdain em um comunicado à imprensa.

O filme, co-dirigido por Vencedor do Emmy os cineastas Nari Kye e Anna Chai apresentarão também os chefs famosos Massimo Bottura, Dan Barber e Danny Bowien, de acordo com Primeiro nós festejamos.


Uma revisão do documentário de comida, & # 8220Wasted! A história do desperdício de alimentos & # 8221

Acabei de assistir a um documentário atraente no Amazon Prime sobre o desperdício de alimentos. Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, é um Filme de Anna Chai e Nari Kye, e é narrado pelo único Chef Anthony Bourdain.

O desperdício de alimentos neste país é um problema sério. É um assunto que varremos para debaixo do tapete. O desperdício de alimentos não está apenas contribuindo para a fome neste país, mas também poluindo o ar que respiramos mais do que o monóxido de carbono.

Vamos colocar alguns dos fatos em perspectiva. O conteúdo a seguir foi retirado diretamente do Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos kit de imprensa:

& # 8220Você consegue imaginar se toda vez que você abre sua carteira, um terço de seu dinheiro cai - e você não faz nada a respeito? Considere o fato de que um terço dos alimentos cultivados anualmente para consumo humano nunca é comido - por uma razão ou outra, acaba no lixo. Isso é $ 218 bilhões - ou 1,3 bilhão de toneladas - de alimentos anualmente. Na América, as famílias abandonam cerca de 25% dos alimentos e bebidas que compram a um custo de $ 1.365 a $ 2.275 anualmente. No entanto, ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão morrendo de fome. É um problema - mas sem falta de soluções.

A Fundação Rockefeller apoiou a Zero Point Zero Films e Anthony Bourdain para expor a magnitude desse problema globalmente, enquanto mostra mudanças simples que todos podemos fazer para comer mais e desperdiçar menos. DESPERDIÇADO! The Story of Food Waste é estrelado por chefs heróis como Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura e Danny Bowien, e mostra como qualquer ação & # 8212, não importa quão pequena & # 8212, pode levar a novas maneiras de usar mais comida, alimentando mais pessoas, reduzindo os danos ambientais, estimulando a tecnologia e os negócios e, finalmente, melhorando a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos em todo o mundo. & # 8221

O desperdício de comida é algo em que nunca pensei até começar a trabalhar como voluntário semanalmente no The LA Kitchen. The LA Kitchen é uma organização sem fins lucrativos especializada na criação de refeições vegetais a partir de produtos locais doados por várias empresas. Não desperdiçamos nada na cozinha. Os itens são colocados em caixas de reciclagem, lixo ou compostagem. É uma prática obrigatória na cozinha.

Depois de assistir a este filme, fiquei enojado com o quanto desperdiçamos comida em todo o mundo. Eu não tinha ideia de que 90% dos resíduos alimentares dos EUA acabam em aterros, onde cria grandes quantidades de metano, um gás de efeito estufa que é muito pior do que o CO2. Você sabia que pode levar até 25 anos para uma folha de alface se decompor em um aterro sanitário? 25 anos! WTH? Por que ninguém está falando sobre isso?

Comecei a pensar no que posso fazer em minha casa para evitar menos desperdício de alimentos. Acredite ou não, existem algumas coisas simples que uma pessoa comum pode fazer em nível local. Eu moro em um prédio de apartamentos, então não temos uma caixa para compostagem. No entanto, existem locais de entrega em torno de Los Angeles onde você pode levar seus itens compostáveis ​​e doar. Para os proprietários de casas, as lixeiras verdes normalmente não permitem que você coloque restos de comida, mas você pode ligar para o Departamento de Obras Públicas do Condado de LA e perguntar como você proceder para se livrar dos restos de comida para compostagem. Não é preciso muito esforço para ajudar. Se você tiver tempo de olhar o Facebook e percorrer o Instagram, terá a oportunidade de ajudar a evitar o desperdício desnecessário de alimentos, inclusive eu.

O que está acontecendo em todo o mundo para ajudar nesta situação, você pergunta? Coreia do Sul, Japão, Itália e França (e outros países europeus) promulgaram leis para evitar que o desperdício de alimentos acabe em aterros sanitários e adivinhe? Está funcionando.

Tem uma cerveja chamada Toast Ale, que é feita de sobras de pão. Sim, pão !! Ele se originou no Reino Unido e agora está sendo produzido pela Chelsea Craft Brewing Company em Nova York. O homem por trás dessa produção se chama Tristram Stuart. Ele vem lutando contra o problema do desperdício de alimentos há 15 anos.

O chef Dan Barber administra o restaurante Blue Hill em Nova York e o Blue Hill em Stone Barns no Vale do Hudson e é outro defensor de não desperdiçar comida. O chef Dan trata seus produtos como o conceito de criação de carne para a mesa. Ele utiliza todos os produtos, não importa a aparência, e cria pratos fantásticos para seu restaurante.

No Japão, eles criaram uma pasta de “alimentação ecológica” feita de resíduos de alimentos humanos. A lama atua como um probiótico e está disponível para criadores de porcos que estão economizando dinheiro e criando deliciosos produtos de carne de porco.

Há uma escola em Nova Orleans que ensina às crianças os fundamentos da compostagem e do cultivo de alimentos na escola e mostra que, se as crianças estão envolvidas no processo de produção de alimentos, elas estão mais abertas para experimentar as frutas e vegetais que cultivaram!

Eu posso continuar e continuar sobre este assunto. Basta assistir ao filme. Deixe-o penetrar. Tome uma atitude, mesmo na menor forma. Reconheça que todos nós desempenhamos um papel no desperdício alimentar diário, quer você queira admitir ou não. É hora de uma mudança, mesmo nos menores esforços. Algum esforço é melhor do que nenhum esforço, em minha opinião.


Uma revisão do documentário de comida, & # 8220Wasted! A história do desperdício de alimentos & # 8221

Acabei de assistir a um documentário atraente no Amazon Prime sobre o desperdício de alimentos. Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, é um Filme de Anna Chai e Nari Kye, e é narrado pelo único Chef Anthony Bourdain.

O desperdício de alimentos neste país é um problema sério. É um assunto que varremos para debaixo do tapete. O desperdício de alimentos não está apenas contribuindo para a fome neste país, mas também poluindo o ar que respiramos mais do que o monóxido de carbono.

Vamos colocar alguns dos fatos em perspectiva. O conteúdo a seguir foi retirado diretamente do Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos kit de imprensa:

& # 8220Você consegue imaginar se toda vez que você abre sua carteira, um terço de seu dinheiro cai - e você não faz nada a respeito? Considere o fato de que um terço dos alimentos cultivados anualmente para consumo humano nunca é comido - por uma razão ou outra, acaba no lixo. Isso é $ 218 bilhões - ou 1,3 bilhão de toneladas - de alimentos anualmente. Na América, as famílias abandonam cerca de 25% dos alimentos e bebidas que compram a um custo de $ 1.365 a $ 2.275 anualmente. No entanto, ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão morrendo de fome. É um problema - mas sem falta de soluções.

A Fundação Rockefeller apoiou a Zero Point Zero Films e Anthony Bourdain para expor a magnitude desse problema globalmente, enquanto mostra mudanças simples que todos podemos fazer para comer mais e desperdiçar menos. DESPERDIÇADO! The Story of Food Waste é estrelado por chefs heróis como Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura e Danny Bowien, e mostra como qualquer ação & # 8212, não importa quão pequena & # 8212, pode levar a novas maneiras de usar mais comida, alimentando mais pessoas, reduzindo os danos ambientais, estimulando a tecnologia e os negócios e, em última análise, melhorando a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos em todo o mundo. & # 8221

O desperdício de comida é algo em que nunca pensei até começar a trabalhar como voluntário semanalmente no The LA Kitchen. The LA Kitchen é uma organização sem fins lucrativos especializada na criação de refeições vegetais a partir de produtos locais doados por várias empresas. Não desperdiçamos nada na cozinha. Os itens são colocados em caixas de reciclagem, lixo ou compostagem. É uma prática obrigatória na cozinha.

Depois de assistir a este filme, fiquei enojado com o quanto desperdiçamos comida em todo o mundo. Não tinha ideia de que 90% dos resíduos alimentares dos EUA vão para aterros, onde cria grandes quantidades de metano, um gás de efeito estufa muito pior do que o CO2. Você sabia que pode levar até 25 anos para uma cabeça de alface se decompor em um aterro sanitário? 25 anos! WTH? Por que ninguém está falando sobre isso?

Comecei a pensar sobre o que posso fazer em minha casa para evitar menos desperdício de alimentos. Acredite ou não, existem algumas coisas simples que uma pessoa comum pode fazer em nível local. Eu moro em um prédio de apartamentos, então não temos uma caixa para compostagem. No entanto, existem locais de entrega em torno de Los Angeles onde você pode levar seus itens compostáveis ​​e doar. Para os proprietários de casas, as lixeiras verdes normalmente não permitem que você coloque restos de comida, mas você pode ligar para o Departamento de Obras Públicas do Condado de LA e perguntar como você proceder para se livrar dos restos de comida para compostagem. Não é preciso muito esforço para ajudar. Se você tiver tempo para olhar o Facebook e percorrer o Instagram, terá a oportunidade de ajudar a evitar o desperdício desnecessário de alimentos, inclusive eu.

O que está acontecendo em todo o mundo para ajudar nesta situação, você pergunta? Coreia do Sul, Japão, Itália e França (e outros países europeus) promulgaram leis para evitar que o desperdício de alimentos acabe em aterros sanitários e adivinhe? Está funcionando.

Tem uma cerveja chamada Toast Ale, que é feita de sobras de pão. Sim, pão !! Ele se originou no Reino Unido e agora está sendo produzido pela Chelsea Craft Brewing Company em Nova York. O homem por trás dessa produção se chama Tristram Stuart. Ele vem lutando contra o problema do desperdício de alimentos há 15 anos.

O chef Dan Barber administra o restaurante Blue Hill em Nova York e o Blue Hill em Stone Barns no Vale do Hudson e é outro defensor de não desperdiçar comida. O chef Dan trata seus produtos como o conceito de criação de carne para a mesa. Ele utiliza todos os produtos, não importa a aparência, e cria pratos fantásticos para seu restaurante.

No Japão, eles criaram uma pasta de “alimentação ecológica” feita de resíduos de alimentos humanos. A lama atua como um probiótico e está disponível para criadores de porcos que estão economizando dinheiro e criando deliciosos produtos de carne de porco.

Há uma escola em Nova Orleans que ensina às crianças os fundamentos da compostagem e do cultivo de alimentos na escola e mostra que, se as crianças estão envolvidas no processo de produção de alimentos, elas estão mais abertas para experimentar as frutas e vegetais que cultivaram!

Eu posso continuar e continuar sobre este assunto. Basta assistir ao filme. Deixe-o penetrar. Tome uma atitude, mesmo na menor forma. Reconheça que todos nós desempenhamos um papel no desperdício alimentar diário, quer você queira admitir ou não. É hora de uma mudança, mesmo nos menores esforços. Algum esforço é melhor do que nenhum esforço, em minha opinião.


Uma revisão do documentário de comida, & # 8220Wasted! A história do desperdício de alimentos & # 8221

Acabei de assistir a um documentário atraente no Amazon Prime sobre o desperdício de alimentos. Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, é um Filme de Anna Chai e Nari Kye, e é narrado pelo único Chef Anthony Bourdain.

O desperdício de alimentos neste país é um problema sério. É um assunto que varremos para debaixo do tapete. O desperdício de alimentos não está apenas contribuindo para a fome neste país, mas também poluindo o ar que respiramos mais do que o monóxido de carbono.

Vamos colocar alguns dos fatos em perspectiva. O conteúdo a seguir foi retirado diretamente do Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos kit de imprensa:

& # 8220Você consegue imaginar se toda vez que você abre sua carteira, um terço de seu dinheiro cai - e você não faz nada a respeito? Considere o fato de que um terço dos alimentos cultivados anualmente para consumo humano nunca é comido - por uma razão ou outra, acaba no lixo. Isso é $ 218 bilhões - ou 1,3 bilhão de toneladas - de alimentos anualmente. Na América, as famílias abandonam cerca de 25% dos alimentos e bebidas que compram a um custo de $ 1.365 a $ 2.275 anualmente. No entanto, ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão morrendo de fome. É um problema - mas sem falta de soluções.

A Fundação Rockefeller apoiou Zero Point Zero Films e Anthony Bourdain para expor a magnitude desse problema globalmente, ao mesmo tempo em que mostra mudanças simples que todos podemos fazer para comer mais e desperdiçar menos. DESPERDIÇADO! The Story of Food Waste é estrelado por chefs heróis como Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura e Danny Bowien, e mostra como qualquer ação & # 8212, não importa quão pequena & # 8212, pode levar a novas maneiras de usar mais comida, alimentando mais pessoas, reduzindo os danos ambientais, estimulando a tecnologia e os negócios e, finalmente, melhorando a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos em todo o mundo. & # 8221

O desperdício de comida é algo em que nunca pensei até começar a trabalhar como voluntário semanalmente no The LA Kitchen. The LA Kitchen é uma organização sem fins lucrativos especializada na criação de refeições vegetais a partir de produtos locais doados por várias empresas. Não desperdiçamos nada na cozinha. Os itens são colocados em caixas de reciclagem, lixo ou compostagem. É uma prática obrigatória na cozinha.

Depois de assistir a este filme, fiquei enojado com o quanto desperdiçamos comida em todo o mundo. Não tinha ideia de que 90% dos resíduos alimentares dos EUA vão para aterros, onde cria grandes quantidades de metano, um gás de efeito estufa muito pior do que o CO2. Você sabia que pode levar até 25 anos para uma cabeça de alface se decompor em um aterro sanitário? 25 anos! WTH? Por que ninguém está falando sobre isso?

Comecei a pensar no que posso fazer em minha casa para evitar menos desperdício de alimentos. Acredite ou não, existem algumas coisas simples que uma pessoa comum pode fazer em nível local. Eu moro em um prédio de apartamentos, então não temos uma caixa para compostagem. No entanto, existem locais de entrega em torno de Los Angeles onde você pode levar seus itens compostáveis ​​e doar. Para os proprietários de casas, as lixeiras verdes normalmente não permitem que você coloque restos de comida, mas você pode ligar para o Departamento de Obras Públicas do Condado de LA e perguntar como você proceder para se livrar dos restos de comida para compostagem. Não é preciso muito esforço para ajudar. Se você tiver tempo para olhar o Facebook e percorrer o Instagram, terá a oportunidade de ajudar a evitar o desperdício desnecessário de alimentos, inclusive eu.

O que está acontecendo em todo o mundo para ajudar nesta situação, você pergunta? Coreia do Sul, Japão, Itália e França (e outros países europeus) promulgaram leis para evitar que o desperdício de alimentos acabe em aterros sanitários e adivinhe? Está funcionando.

Tem uma cerveja chamada Toast Ale, que é feita de sobras de pão. Sim, pão !! Ele se originou no Reino Unido e agora está sendo produzido pela Chelsea Craft Brewing Company em Nova York. O homem por trás dessa produção se chama Tristram Stuart. Ele vem lutando contra o problema do desperdício de alimentos há 15 anos.

O chef Dan Barber administra o restaurante Blue Hill em Nova York e o Blue Hill em Stone Barns no Vale do Hudson e é outro defensor de não desperdiçar comida. O chef Dan trata seus produtos como o conceito de criação de carne para a mesa. Ele utiliza todos os produtos, não importa a aparência, e cria pratos fantásticos para seu restaurante.

No Japão, eles criaram uma pasta de “alimentação ecológica” feita de resíduos de alimentos humanos. A lama atua como um probiótico e está disponível para criadores de porcos que estão economizando dinheiro e criando deliciosos produtos de carne de porco.

Há uma escola em Nova Orleans que ensina às crianças os fundamentos da compostagem e do cultivo de alimentos na escola e mostra que, se as crianças estão envolvidas no processo de produção de alimentos, elas estão mais abertas para experimentar as frutas e vegetais que cultivaram!

Eu posso continuar e continuar sobre este assunto. Basta assistir ao filme. Deixe-o penetrar. Tome uma atitude, mesmo na menor forma. Reconheça que todos nós desempenhamos um papel no desperdício alimentar diário, quer você queira admitir ou não. É hora de uma mudança, mesmo nos menores esforços. Algum esforço é melhor do que nenhum esforço, em minha opinião.


Uma revisão do documentário de comida, & # 8220Wasted! A história do desperdício de alimentos & # 8221

Acabei de assistir a um documentário atraente no Amazon Prime sobre o desperdício de alimentos. Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, é um Filme de Anna Chai e Nari Kye, e é narrado pelo único, Chef Anthony Bourdain.

O desperdício de alimentos neste país é um problema sério. É um assunto que varremos para debaixo do tapete. O desperdício de alimentos não está apenas contribuindo para a fome neste país, mas também poluindo o ar que respiramos mais do que o monóxido de carbono.

Vamos colocar alguns dos fatos em perspectiva. O conteúdo a seguir foi retirado diretamente do Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos kit de imprensa:

& # 8220Você consegue imaginar se toda vez que abrir sua carteira, um terço de seu dinheiro caia - e você não faça nada a respeito? Considere o fato de que um terço dos alimentos cultivados anualmente para consumo humano nunca é comido - por uma razão ou outra, acaba no lixo. Isso é $ 218 bilhões - ou 1,3 bilhão de toneladas - de alimentos anualmente. Na América, as famílias descartam cerca de 25% dos alimentos e bebidas que compram a um custo de $ 1.365 a $ 2.275 anualmente. No entanto, ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão morrendo de fome. É um problema - mas sem falta de soluções.

A Fundação Rockefeller apoiou Zero Point Zero Films e Anthony Bourdain para expor a magnitude desse problema globalmente, ao mesmo tempo em que mostra mudanças simples que todos podemos fazer para comer mais e desperdiçar menos. DESPERDIÇADO! The Story of Food Waste é estrelado por chefs heróis como Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura e Danny Bowien, e mostra como qualquer ação & # 8212, não importa quão pequena & # 8212, pode levar a novas maneiras de usar mais comida, alimentando mais pessoas, reduzindo os danos ambientais, estimulando a tecnologia e os negócios e, finalmente, melhorando a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos em todo o mundo. & # 8221

O desperdício de comida é algo em que nunca pensei até começar a trabalhar como voluntário semanalmente no The LA Kitchen. The LA Kitchen é uma organização sem fins lucrativos especializada na criação de refeições vegetais a partir de produtos locais doados por várias empresas. Não desperdiçamos nada na cozinha. Os itens são colocados em caixas de reciclagem, lixo ou compostagem. É uma prática obrigatória na cozinha.

Depois de assistir a este filme, fiquei enojado com o quanto desperdiçamos comida em todo o mundo. Não fazia ideia de que 90% dos resíduos alimentares dos EUA vão para aterros, onde cria grandes quantidades de metano, um gás com efeito de estufa muito pior do que o CO2. Você sabia que pode levar até 25 anos para uma cabeça de alface se decompor em um aterro sanitário? 25 anos! WTH? Por que ninguém está falando sobre isso?

Comecei a pensar no que posso fazer em minha casa para evitar menos desperdício de alimentos. Acredite ou não, existem algumas coisas simples que uma pessoa comum pode fazer em nível local. Eu moro em um prédio de apartamentos, então não temos uma caixa para compostagem. No entanto, existem locais de entrega em torno de Los Angeles onde você pode levar seus itens compostáveis ​​e doar. Para os proprietários de casas, as lixeiras verdes normalmente não permitem que você coloque restos de comida, mas você pode ligar para o Departamento de Obras Públicas do Condado de LA e perguntar como você proceder para se livrar dos restos de comida para compostagem. Não é preciso muito esforço para ajudar. Se você tiver tempo de olhar o Facebook e percorrer o Instagram, terá a oportunidade de ajudar a evitar o desperdício desnecessário de alimentos, inclusive eu.

O que está acontecendo em todo o mundo para ajudar nesta situação, você pergunta? Coreia do Sul, Japão, Itália e França (e outros países europeus) promulgaram leis para evitar que o desperdício de alimentos acabe em aterros sanitários e adivinhe? Está funcionando.

Tem uma cerveja chamada Toast Ale, que é feita de sobras de pão. Sim, pão !! Ele se originou no Reino Unido e agora está sendo produzido pela Chelsea Craft Brewing Company em Nova York. O homem por trás dessa produção se chama Tristram Stuart. Ele luta contra o problema do desperdício de alimentos há 15 anos.

O chef Dan Barber administra o restaurante Blue Hill em Nova York e o Blue Hill em Stone Barns no Vale do Hudson e é outro defensor de não desperdiçar comida. O chef Dan trata seus produtos como o conceito de criação de carne para a mesa. Ele utiliza todos os produtos, não importa a aparência, e cria pratos fantásticos para seu restaurante.

No Japão, eles criaram uma pasta de “alimentação ecológica” feita de resíduos de alimentos humanos. A lama atua como um probiótico e está disponível para criadores de suínos que estão economizando dinheiro e criando deliciosos produtos suínos.

Há uma escola em Nova Orleans que ensina às crianças os fundamentos da compostagem e do cultivo de alimentos na escola e mostra que, se as crianças estão envolvidas no processo de produção de alimentos, elas estão mais abertas para experimentar as frutas e vegetais que cultivaram!

Eu posso continuar e continuar sobre este assunto. Basta assistir ao filme. Deixe-o penetrar. Tome uma atitude, mesmo na menor forma. Reconheça que todos nós desempenhamos um papel no desperdício alimentar diário, quer você queira admitir ou não. É hora de uma mudança, mesmo nos menores esforços. Algum esforço é melhor do que nenhum esforço, em minha opinião.


Uma revisão do documentário de comida, & # 8220Wasted! A história do desperdício de alimentos & # 8221

Acabei de assistir a um documentário atraente no Amazon Prime sobre o desperdício de alimentos. Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, é um Filme de Anna Chai e Nari Kye, e é narrado pelo único Chef Anthony Bourdain.

O desperdício de alimentos neste país é um problema sério. É um assunto que varremos para debaixo do tapete. O desperdício de alimentos não está apenas contribuindo para a fome neste país, mas está poluindo o ar que respiramos mais do que o monóxido de carbono.

Vamos colocar alguns dos fatos em perspectiva. O conteúdo a seguir foi retirado diretamente do Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos kit de imprensa:

& # 8220Você consegue imaginar se toda vez que abrir sua carteira, um terço de seu dinheiro caia - e você não faça nada a respeito? Considere o fato de que um terço dos alimentos cultivados anualmente para consumo humano nunca é comido - por uma razão ou outra, acaba no lixo. Isso é $ 218 bilhões - ou 1,3 bilhão de toneladas - de alimentos anualmente. Na América, as famílias abandonam cerca de 25% dos alimentos e bebidas que compram a um custo de $ 1.365 a $ 2.275 anualmente. No entanto, ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão morrendo de fome. É um problema - mas sem falta de soluções.

A Fundação Rockefeller apoiou Zero Point Zero Films e Anthony Bourdain para expor a magnitude desse problema globalmente, ao mesmo tempo em que mostra mudanças simples que todos podemos fazer para comer mais e desperdiçar menos. DESPERDIÇADO! The Story of Food Waste é estrelado por chefs heróis como Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura e Danny Bowien, e mostra como qualquer ação & # 8212, não importa quão pequena & # 8212, pode levar a novas maneiras de usar mais comida, alimentando mais pessoas, reduzindo os danos ambientais, estimulando a tecnologia e os negócios e, finalmente, melhorando a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos em todo o mundo. & # 8221

O desperdício de comida é algo em que nunca pensei até começar a trabalhar como voluntário semanalmente no The LA Kitchen. The LA Kitchen é uma organização sem fins lucrativos especializada na criação de refeições vegetais a partir de produtos locais doados por várias empresas. Não desperdiçamos nada na cozinha. Os itens são colocados em caixas de reciclagem, lixo ou compostagem. É uma prática obrigatória na cozinha.

Depois de assistir a este filme, fiquei enojado com o quanto desperdiçamos comida em todo o mundo. Não tinha ideia de que 90% dos resíduos alimentares dos EUA vão para aterros, onde cria grandes quantidades de metano, um gás de efeito estufa muito pior do que o CO2. Você sabia que pode levar até 25 anos para uma cabeça de alface se decompor em um aterro sanitário? 25 anos! WTH? Por que ninguém está falando sobre isso?

Comecei a pensar sobre o que posso fazer em minha casa para evitar menos desperdício de alimentos. Acredite ou não, existem algumas coisas simples que uma pessoa comum pode fazer em nível local. Eu moro em um prédio de apartamentos, então não temos uma caixa para compostagem. No entanto, existem locais de entrega em torno de Los Angeles onde você pode levar seus itens compostáveis ​​e doar. Para os proprietários de casas, as lixeiras verdes normalmente não permitem que você coloque restos de comida, mas você pode ligar para o Departamento de Obras Públicas do Condado de LA e perguntar como você proceder para se livrar dos restos de comida para compostagem. Não é preciso muito esforço para ajudar. Se você tiver tempo para olhar o Facebook e percorrer o Instagram, terá a oportunidade de ajudar a evitar o desperdício desnecessário de alimentos, inclusive eu.

O que está acontecendo em todo o mundo para ajudar nesta situação, você pergunta? Coreia do Sul, Japão, Itália e França (e outros países europeus) promulgaram leis para evitar que o desperdício de alimentos acabe em aterros sanitários e adivinhe? Está funcionando.

Tem uma cerveja chamada Toast Ale, que é feita de sobras de pão. Sim, pão !! Ele se originou no Reino Unido e agora está sendo produzido pela Chelsea Craft Brewing Company em Nova York. O homem por trás dessa produção se chama Tristram Stuart. Ele vem lutando contra o problema do desperdício de alimentos há 15 anos.

O chef Dan Barber administra o restaurante Blue Hill em Nova York e o Blue Hill em Stone Barns no Vale do Hudson e é outro defensor de não desperdiçar comida. O chef Dan trata seus produtos como o conceito de criação de carne para a mesa. Ele utiliza todos os produtos, não importa a aparência, e cria pratos fantásticos para seu restaurante.

No Japão, eles criaram uma pasta de “alimentação ecológica” feita de resíduos de alimentos humanos. A lama atua como um probiótico e está disponível para criadores de porcos que estão economizando dinheiro e criando deliciosos produtos de carne de porco.

Há uma escola em Nova Orleans que ensina às crianças os fundamentos da compostagem e do cultivo de alimentos na escola e mostra que, se as crianças estão envolvidas no processo de produção de alimentos, elas estão mais abertas para experimentar as frutas e vegetais que cultivaram!

Eu posso continuar e continuar sobre este assunto. Basta assistir ao filme. Deixe-o penetrar. Tome uma atitude, mesmo na menor forma. Reconheça que todos nós desempenhamos um papel no desperdício alimentar diário, quer você queira admitir ou não. É hora de uma mudança, mesmo nos menores esforços. Algum esforço é melhor do que nenhum esforço, em minha opinião.


Uma revisão do documentário de comida, & # 8220Wasted! A história do desperdício de alimentos & # 8221

Acabei de assistir a um documentário atraente no Amazon Prime sobre o desperdício de alimentos. Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos, é um Filme de Anna Chai e Nari Kye, e é narrado pelo único Chef Anthony Bourdain.

O desperdício de alimentos neste país é um problema sério. É um assunto que varremos para debaixo do tapete. O desperdício de alimentos não está apenas contribuindo para a fome neste país, mas também poluindo o ar que respiramos mais do que o monóxido de carbono.

Vamos colocar alguns dos fatos em perspectiva. O conteúdo a seguir foi retirado diretamente do Desperdiçado! A história do desperdício de alimentos kit de imprensa:

& # 8220Você consegue imaginar se toda vez que abrir sua carteira, um terço de seu dinheiro caia - e você não faça nada a respeito? Considere o fato de que um terço dos alimentos cultivados anualmente para consumo humano nunca é comido - por uma razão ou outra, acaba no lixo. Isso é $ 218 bilhões - ou 1,3 bilhão de toneladas - de alimentos anualmente. Na América, as famílias descartam cerca de 25% dos alimentos e bebidas que compram a um custo de $ 1.365 a $ 2.275 anualmente. No entanto, ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão morrendo de fome. É um problema - mas sem falta de soluções.

A Fundação Rockefeller apoiou a Zero Point Zero Films e Anthony Bourdain para expor a magnitude desse problema globalmente, enquanto mostra mudanças simples que todos podemos fazer para comer mais e desperdiçar menos. DESPERDIÇADO! The Story of Food Waste é estrelado por chefs heróis como Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura e Danny Bowien, e mostra como qualquer ação & # 8212, não importa quão pequena & # 8212, pode levar a novas maneiras de usar mais comida, alimentando mais pessoas, reduzindo os danos ambientais, estimulando a tecnologia e os negócios e, finalmente, melhorando a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos em todo o mundo. & # 8221

O desperdício de comida é algo em que nunca pensei até começar a trabalhar como voluntário semanalmente no The LA Kitchen. The LA Kitchen é uma organização sem fins lucrativos especializada na criação de refeições vegetais a partir de produtos locais doados por várias empresas. Não desperdiçamos nada na cozinha. Os itens são colocados em caixas de reciclagem, lixo ou compostagem. É uma prática obrigatória na cozinha.

Depois de assistir a este filme, fiquei enojado com o quanto desperdiçamos comida em todo o mundo. Não tinha ideia de que 90% dos resíduos alimentares dos EUA vão para aterros, onde cria grandes quantidades de metano, um gás de efeito estufa muito pior do que o CO2. Você sabia que pode levar até 25 anos para uma cabeça de alface se decompor em um aterro sanitário? 25 anos! WTH? Por que ninguém está falando sobre isso?

Comecei a pensar sobre o que posso fazer em minha casa para evitar menos desperdício de alimentos. Acredite ou não, existem algumas coisas simples que uma pessoa comum pode fazer em nível local. Eu moro em um prédio de apartamentos, então não temos uma caixa para compostagem. No entanto, existem locais de entrega em torno de Los Angeles onde você pode levar seus itens compostáveis ​​e doar. Para os proprietários de casas, as lixeiras verdes normalmente não permitem que você coloque restos de comida, mas você pode ligar para o Departamento de Obras Públicas do Condado de LA e perguntar como você proceder para se livrar dos restos de comida para compostagem. Não é preciso muito esforço para ajudar. Se você tiver tempo para olhar o Facebook e percorrer o Instagram, terá a oportunidade de ajudar a evitar o desperdício desnecessário de alimentos, inclusive eu.

O que está acontecendo em todo o mundo para ajudar nesta situação, você pergunta? Coreia do Sul, Japão, Itália e França (e outros países europeus) promulgaram leis para evitar que o desperdício de alimentos acabe em aterros sanitários e adivinhe? Está funcionando.

Tem uma cerveja chamada Toast Ale, que é feita de sobras de pão. Sim, pão !! Ele se originou no Reino Unido e agora está sendo produzido pela Chelsea Craft Brewing Company em Nova York. O homem por trás dessa produção se chama Tristram Stuart. Ele luta contra o problema do desperdício de alimentos há 15 anos.

O chef Dan Barber administra o restaurante Blue Hill em Nova York e o Blue Hill em Stone Barns no Vale do Hudson e é outro defensor de não desperdiçar comida. O chef Dan trata seus produtos como o conceito de criação de carne para a mesa. Ele utiliza todos os produtos, não importa a aparência, e cria pratos fantásticos para seu restaurante.

In Japan, they have created an “eco-feed” slurry made from human-food waste. The slurry acts as a probiotic and is available to pig farmers who are saving money and raising delicious pork products.

There’s a school in New Orleans that teach children composting fundamentals and growing food at school and shows that if the children are involved in the process of producing food, they are more open to trying those fruits and veggies they have grown!

I can go on-and-on about this subject. Just watch the film. Let it sink in. Take action, even in the smallest form. Recognize that we all play a part in everyday food waste whether you want to admit it or not. It’s time for a change, even in the smallest efforts. Some effort is better than no effort in my opinion.


A review of the food documentary, “Wasted! The Story of Food Waste”

I just watched a compelling documentary on Amazon Prime regarding food waste. Wasted! The Story of Food Waste, is a Film by Anna Chai and Nari Kye, and is narrated by the one and only, Chef Anthony Bourdain.

Food waste in this country is a serious problem. It’s a topic we sweep under the rug. Not only is food waste contributing to starvation in this country, but it’s polluting the air we breath more than Carbon monoxide.

Let’s put some of the facts in perspective. The below is content taken directly from the Wasted! The Story of Food Waste press kit:

“Can you imagine if every time you opened your wallet, a third of your cash fell out – and you did nothing about it? Consider the fact that one-third of the food grown annually for human consumption is never eaten – for one reason or another, it ends up in the garbage. T hat’s $218 billion – or 1.3 billion tons – of food annually. In America, families chuck about 25% of the food and beverages they buy at a cost of $1,365 to $2,275 annually. Yet at the same time, 800 million people around the globe are starving. It’s a problem – but one with no shortage of solutions.

The Rockefeller Foundation supported Zero Point Zero Films and Anthony Bourdain to expose the magnitude of this problem globally, while showing simple changes we can all make to eat more and waste less. WASTED! The Story of Food Waste stars chef-heroes like Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura, and Danny Bowien, and shows how any action — no matter how small — can lead to new ways of using more food, feeding more people, curbing environmental damage, stimulating technology and business, and ultimately improving the health and well-being of all citizens worldwide.”

Food waste is something I never really thought of until I started volunteering weekly at The LA Kitchen. The LA Kitchen is a non-profit organization that specializes in creating plant-based meals from local produce donating by various companies. We don’t waste anything in the kitchen. Items are put into recycling, trash, or compost bins. It is a practice that is mandatory in the kitchen.

After watching this film, I was disgusted on how much we waste food across the world. I had no idea that 90% of U.S. food waste ends up in landfills, where it creates large amounts of methane, a greenhouse gas which is far worse than CO2. Did you know that it can take up to 25 years for one head of lettuce to decompose in a landfill? 25 years! WTH? Why isn’t anyone talking about this?

I started thinking about what can I do in my home to prevent less food waste? Believe it or not, there are some straightforward things the average person can do on a local level. I live in an apartment building, so we don’t have a bin for compost. However, there are drop off sites around Los Angeles where you can take your compostable items and donate. For homeowners, your Green trash bins typically don’t allow you to put food waste, but you can call The Department of Public Works, LA County and ask them how you go about getting rid of food waste for composting. It doesn’t take that much of an effort to help. If you have time to look at Facebook and scroll through Instagram, you have the opportunity to help prevent unnecessary food waste, myself included.

What is happening around the world to help this situation you ask? South Korea, Japan, Italy and France (and other European countries) have enacted laws to prevent food waste from ending up in landfills and guess what? It’s working.

There is a beer called Toast Ale, that is made of bread scraps. Yes, bread!! It originated in the UK and is now being produced by Chelsea Craft Brewing Company in New York. The man behind this production is named Tristram Stuart. He’s been fighting the food waste problem for 15 years.

Chef Dan Barber runs the Blue Hill restaurant in New York City and Blue Hill at Stone Barns in the Hudson Valley and is another advocate in un-wasting food. Chef Dan treats his produce like meat farm-to-table concept. He utilizes all the produce, no matter what it looks like, and creates fantastic dishes for his restaurant.

In Japan, they have created an “eco-feed” slurry made from human-food waste. The slurry acts as a probiotic and is available to pig farmers who are saving money and raising delicious pork products.

There’s a school in New Orleans that teach children composting fundamentals and growing food at school and shows that if the children are involved in the process of producing food, they are more open to trying those fruits and veggies they have grown!

I can go on-and-on about this subject. Just watch the film. Let it sink in. Take action, even in the smallest form. Recognize that we all play a part in everyday food waste whether you want to admit it or not. It’s time for a change, even in the smallest efforts. Some effort is better than no effort in my opinion.


A review of the food documentary, “Wasted! The Story of Food Waste”

I just watched a compelling documentary on Amazon Prime regarding food waste. Wasted! The Story of Food Waste, is a Film by Anna Chai and Nari Kye, and is narrated by the one and only, Chef Anthony Bourdain.

Food waste in this country is a serious problem. It’s a topic we sweep under the rug. Not only is food waste contributing to starvation in this country, but it’s polluting the air we breath more than Carbon monoxide.

Let’s put some of the facts in perspective. The below is content taken directly from the Wasted! The Story of Food Waste press kit:

“Can you imagine if every time you opened your wallet, a third of your cash fell out – and you did nothing about it? Consider the fact that one-third of the food grown annually for human consumption is never eaten – for one reason or another, it ends up in the garbage. T hat’s $218 billion – or 1.3 billion tons – of food annually. In America, families chuck about 25% of the food and beverages they buy at a cost of $1,365 to $2,275 annually. Yet at the same time, 800 million people around the globe are starving. It’s a problem – but one with no shortage of solutions.

The Rockefeller Foundation supported Zero Point Zero Films and Anthony Bourdain to expose the magnitude of this problem globally, while showing simple changes we can all make to eat more and waste less. WASTED! The Story of Food Waste stars chef-heroes like Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura, and Danny Bowien, and shows how any action — no matter how small — can lead to new ways of using more food, feeding more people, curbing environmental damage, stimulating technology and business, and ultimately improving the health and well-being of all citizens worldwide.”

Food waste is something I never really thought of until I started volunteering weekly at The LA Kitchen. The LA Kitchen is a non-profit organization that specializes in creating plant-based meals from local produce donating by various companies. We don’t waste anything in the kitchen. Items are put into recycling, trash, or compost bins. It is a practice that is mandatory in the kitchen.

After watching this film, I was disgusted on how much we waste food across the world. I had no idea that 90% of U.S. food waste ends up in landfills, where it creates large amounts of methane, a greenhouse gas which is far worse than CO2. Did you know that it can take up to 25 years for one head of lettuce to decompose in a landfill? 25 years! WTH? Why isn’t anyone talking about this?

I started thinking about what can I do in my home to prevent less food waste? Believe it or not, there are some straightforward things the average person can do on a local level. I live in an apartment building, so we don’t have a bin for compost. However, there are drop off sites around Los Angeles where you can take your compostable items and donate. For homeowners, your Green trash bins typically don’t allow you to put food waste, but you can call The Department of Public Works, LA County and ask them how you go about getting rid of food waste for composting. It doesn’t take that much of an effort to help. If you have time to look at Facebook and scroll through Instagram, you have the opportunity to help prevent unnecessary food waste, myself included.

What is happening around the world to help this situation you ask? South Korea, Japan, Italy and France (and other European countries) have enacted laws to prevent food waste from ending up in landfills and guess what? It’s working.

There is a beer called Toast Ale, that is made of bread scraps. Yes, bread!! It originated in the UK and is now being produced by Chelsea Craft Brewing Company in New York. The man behind this production is named Tristram Stuart. He’s been fighting the food waste problem for 15 years.

Chef Dan Barber runs the Blue Hill restaurant in New York City and Blue Hill at Stone Barns in the Hudson Valley and is another advocate in un-wasting food. Chef Dan treats his produce like meat farm-to-table concept. He utilizes all the produce, no matter what it looks like, and creates fantastic dishes for his restaurant.

In Japan, they have created an “eco-feed” slurry made from human-food waste. The slurry acts as a probiotic and is available to pig farmers who are saving money and raising delicious pork products.

There’s a school in New Orleans that teach children composting fundamentals and growing food at school and shows that if the children are involved in the process of producing food, they are more open to trying those fruits and veggies they have grown!

I can go on-and-on about this subject. Just watch the film. Let it sink in. Take action, even in the smallest form. Recognize that we all play a part in everyday food waste whether you want to admit it or not. It’s time for a change, even in the smallest efforts. Some effort is better than no effort in my opinion.


A review of the food documentary, “Wasted! The Story of Food Waste”

I just watched a compelling documentary on Amazon Prime regarding food waste. Wasted! The Story of Food Waste, is a Film by Anna Chai and Nari Kye, and is narrated by the one and only, Chef Anthony Bourdain.

Food waste in this country is a serious problem. It’s a topic we sweep under the rug. Not only is food waste contributing to starvation in this country, but it’s polluting the air we breath more than Carbon monoxide.

Let’s put some of the facts in perspective. The below is content taken directly from the Wasted! The Story of Food Waste press kit:

“Can you imagine if every time you opened your wallet, a third of your cash fell out – and you did nothing about it? Consider the fact that one-third of the food grown annually for human consumption is never eaten – for one reason or another, it ends up in the garbage. T hat’s $218 billion – or 1.3 billion tons – of food annually. In America, families chuck about 25% of the food and beverages they buy at a cost of $1,365 to $2,275 annually. Yet at the same time, 800 million people around the globe are starving. It’s a problem – but one with no shortage of solutions.

The Rockefeller Foundation supported Zero Point Zero Films and Anthony Bourdain to expose the magnitude of this problem globally, while showing simple changes we can all make to eat more and waste less. WASTED! The Story of Food Waste stars chef-heroes like Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura, and Danny Bowien, and shows how any action — no matter how small — can lead to new ways of using more food, feeding more people, curbing environmental damage, stimulating technology and business, and ultimately improving the health and well-being of all citizens worldwide.”

Food waste is something I never really thought of until I started volunteering weekly at The LA Kitchen. The LA Kitchen is a non-profit organization that specializes in creating plant-based meals from local produce donating by various companies. We don’t waste anything in the kitchen. Items are put into recycling, trash, or compost bins. It is a practice that is mandatory in the kitchen.

After watching this film, I was disgusted on how much we waste food across the world. I had no idea that 90% of U.S. food waste ends up in landfills, where it creates large amounts of methane, a greenhouse gas which is far worse than CO2. Did you know that it can take up to 25 years for one head of lettuce to decompose in a landfill? 25 years! WTH? Why isn’t anyone talking about this?

I started thinking about what can I do in my home to prevent less food waste? Believe it or not, there are some straightforward things the average person can do on a local level. I live in an apartment building, so we don’t have a bin for compost. However, there are drop off sites around Los Angeles where you can take your compostable items and donate. For homeowners, your Green trash bins typically don’t allow you to put food waste, but you can call The Department of Public Works, LA County and ask them how you go about getting rid of food waste for composting. It doesn’t take that much of an effort to help. If you have time to look at Facebook and scroll through Instagram, you have the opportunity to help prevent unnecessary food waste, myself included.

What is happening around the world to help this situation you ask? South Korea, Japan, Italy and France (and other European countries) have enacted laws to prevent food waste from ending up in landfills and guess what? It’s working.

There is a beer called Toast Ale, that is made of bread scraps. Yes, bread!! It originated in the UK and is now being produced by Chelsea Craft Brewing Company in New York. The man behind this production is named Tristram Stuart. He’s been fighting the food waste problem for 15 years.

Chef Dan Barber runs the Blue Hill restaurant in New York City and Blue Hill at Stone Barns in the Hudson Valley and is another advocate in un-wasting food. Chef Dan treats his produce like meat farm-to-table concept. He utilizes all the produce, no matter what it looks like, and creates fantastic dishes for his restaurant.

In Japan, they have created an “eco-feed” slurry made from human-food waste. The slurry acts as a probiotic and is available to pig farmers who are saving money and raising delicious pork products.

There’s a school in New Orleans that teach children composting fundamentals and growing food at school and shows that if the children are involved in the process of producing food, they are more open to trying those fruits and veggies they have grown!

I can go on-and-on about this subject. Just watch the film. Let it sink in. Take action, even in the smallest form. Recognize that we all play a part in everyday food waste whether you want to admit it or not. It’s time for a change, even in the smallest efforts. Some effort is better than no effort in my opinion.


A review of the food documentary, “Wasted! The Story of Food Waste”

I just watched a compelling documentary on Amazon Prime regarding food waste. Wasted! The Story of Food Waste, is a Film by Anna Chai and Nari Kye, and is narrated by the one and only, Chef Anthony Bourdain.

Food waste in this country is a serious problem. It’s a topic we sweep under the rug. Not only is food waste contributing to starvation in this country, but it’s polluting the air we breath more than Carbon monoxide.

Let’s put some of the facts in perspective. The below is content taken directly from the Wasted! The Story of Food Waste press kit:

“Can you imagine if every time you opened your wallet, a third of your cash fell out – and you did nothing about it? Consider the fact that one-third of the food grown annually for human consumption is never eaten – for one reason or another, it ends up in the garbage. T hat’s $218 billion – or 1.3 billion tons – of food annually. In America, families chuck about 25% of the food and beverages they buy at a cost of $1,365 to $2,275 annually. Yet at the same time, 800 million people around the globe are starving. It’s a problem – but one with no shortage of solutions.

The Rockefeller Foundation supported Zero Point Zero Films and Anthony Bourdain to expose the magnitude of this problem globally, while showing simple changes we can all make to eat more and waste less. WASTED! The Story of Food Waste stars chef-heroes like Bourdain, Dan Barber, Mario Batali, Massimo Bottura, and Danny Bowien, and shows how any action — no matter how small — can lead to new ways of using more food, feeding more people, curbing environmental damage, stimulating technology and business, and ultimately improving the health and well-being of all citizens worldwide.”

Food waste is something I never really thought of until I started volunteering weekly at The LA Kitchen. The LA Kitchen is a non-profit organization that specializes in creating plant-based meals from local produce donating by various companies. We don’t waste anything in the kitchen. Items are put into recycling, trash, or compost bins. It is a practice that is mandatory in the kitchen.

After watching this film, I was disgusted on how much we waste food across the world. I had no idea that 90% of U.S. food waste ends up in landfills, where it creates large amounts of methane, a greenhouse gas which is far worse than CO2. Did you know that it can take up to 25 years for one head of lettuce to decompose in a landfill? 25 years! WTH? Why isn’t anyone talking about this?

I started thinking about what can I do in my home to prevent less food waste? Believe it or not, there are some straightforward things the average person can do on a local level. I live in an apartment building, so we don’t have a bin for compost. However, there are drop off sites around Los Angeles where you can take your compostable items and donate. For homeowners, your Green trash bins typically don’t allow you to put food waste, but you can call The Department of Public Works, LA County and ask them how you go about getting rid of food waste for composting. It doesn’t take that much of an effort to help. If you have time to look at Facebook and scroll through Instagram, you have the opportunity to help prevent unnecessary food waste, myself included.

What is happening around the world to help this situation you ask? South Korea, Japan, Italy and France (and other European countries) have enacted laws to prevent food waste from ending up in landfills and guess what? It’s working.

There is a beer called Toast Ale, that is made of bread scraps. Yes, bread!! It originated in the UK and is now being produced by Chelsea Craft Brewing Company in New York. The man behind this production is named Tristram Stuart. He’s been fighting the food waste problem for 15 years.

Chef Dan Barber runs the Blue Hill restaurant in New York City and Blue Hill at Stone Barns in the Hudson Valley and is another advocate in un-wasting food. Chef Dan treats his produce like meat farm-to-table concept. He utilizes all the produce, no matter what it looks like, and creates fantastic dishes for his restaurant.

In Japan, they have created an “eco-feed” slurry made from human-food waste. The slurry acts as a probiotic and is available to pig farmers who are saving money and raising delicious pork products.

There’s a school in New Orleans that teach children composting fundamentals and growing food at school and shows that if the children are involved in the process of producing food, they are more open to trying those fruits and veggies they have grown!

I can go on-and-on about this subject. Just watch the film. Let it sink in. Take action, even in the smallest form. Recognize that we all play a part in everyday food waste whether you want to admit it or not. It’s time for a change, even in the smallest efforts. Some effort is better than no effort in my opinion.


Assista o vídeo: Anthony Bourdain - miejsca nieznane seria 12 w Kuchni+ (Dezembro 2021).