Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Ganhe asas grátis fazendo a dança da galinha

Ganhe asas grátis fazendo a dança da galinha

O concurso de dança Wing It Chickin 'de Logan está recompensando dançarinos com asas livres

Logan's Roadhouse quer ver sua dança do frango.

Acha que tem movimentos como Jagger? Este pode ser o concurso para você: Logan’s Roadhouse está recompensando os fãs com asas gratuitas por um ano por seus passos de dança.

Logan’s Roadhouse está pedindo aos clientes que executem seus movimentos de dança únicos e divertidos, coreografados em uma versão da música "Chicken Dance" através de seu Concurso de dança Wing It Chickin 'de Logan.

"Estamos ansiosos para ver a criatividade e o entusiasmo de nossos hóspedes", disse o presidente e CEO da Logan’s Roadhouse, Tom Vogel. "Sentimos que este concurso incorpora exatamente o que Logan tem a ver - ser você mesmo e desfrutar de quem você é."

Para participar, os competidores com pelo menos 18 anos devem "curtir" o Página do Roadhouse de Logan no Facebook e carregue um vídeo de 30 segundos ou menos de sua versão da dança do frango até 13 de julho. Depois que os finalistas são escolhidos, a votação do público vai de 23 de julho a 6 de agosto. Cinco vencedores receberão asas gratuitas por um ano inteiro, o que é igual fora para ser uma refeição por semana.

O Daily Meal não faz a dança do frango há algum tempo, então só teremos que improvisar.

Lauren Mack é editora de viagens do The Daily Meal. Siga ela no twitter @lmack.


A peça é frequentemente notada em tempo de corte e na tonalidade de Dó maior. Ele começa com acordes dominantes repetidos antes de passar para o tema principal. O tema secundário apresenta um ritmo contrastante. Os dois temas se alternam. A repetição final do tema principal é freqüentemente jogada como um acelerando contínuo. [1]

O nome da canção suíça original era "Der Ententanz" (The Duck Dance). Há rumores de [ por quem? ] para ser uma canção para beber, cantada na Oktoberfest. [ citação necessária ] Algum tempo no final dos anos 1970, a canção adquiriu o nome de "Vogeltanz" (The Bird Dance) ou "Vogerltanz" (Little Bird Dance ou Birdie Dance), embora esses nomes nunca tenham pegado seriamente na Alemanha. [ citação necessária ] Em algumas partituras e gravações é chamado de "Dance Little Bird". Desde 1963, Werner Thomas havia jogado em restaurantes e hotéis. Durante uma das apresentações de Thomas, o produtor belga Louis van Rymenant ouviu a música. Van Rymenant teve algumas letras criadas e em 1970 lançou-as ao público através de sua editora Intervox Music (mais tarde em co-publicação com sua outra empresa Eurovox Music) sem muito sucesso. No entanto, nos lançamentos subsequentes da música, Van Rymenant foi listado como co-autor sob o pseudônimo de Terry Rendall. Eurovox Music agora administra os direitos de publicação em todo o mundo, exceto para os EUA (September Music), Reino Unido (Valentine Music) e Holanda (Benelux Music), sub-editores.

Em 1980, a banda local holandesa "De Electronica's" lançou uma versão instrumental chamada "De Vogeltjesdans" ("A dança dos passarinhos") como lado B de um single. O lado A não foi um sucesso, mas as estações de rádio locais no sul e no leste da Holanda decidiram virar o disco e começaram a tocar "De Vogeltjesdans". O disco entrou nas paradas holandesas e lá ficou por mais de sete meses, dando início ao sucesso internacional da música. Em alguns lançamentos gravados da música, Werner Thomas é listado como o único compositor, enquanto em outros outros autores são listados, por exemplo, como "Thomas / Rendall / Hoes", o sobrenome referindo-se ao cantor / produtor holandês Johnny Hoes, que repete arranjou a música para a gravação Electronicas (que foi lançada pela própria gravadora de Hoes, Telstar Records). Ele também escreveu uma nova letra em holandês para a música, embora a versão Electronicas seja instrumental (o próprio Hoes gravou a versão vocal, mas isso não se tornou um sucesso).

Desde então, a canção tornou-se conhecida sob vários outros nomes de "passarinhos", incluindo "Vogerltanz"(Bird Dance)," Danse des Canards "," El Baile de los Pajaritos "," Il Ballo del Qua Qua "," Chicken Dance "e" Dance Little Bird ". Mais de 140 versões foram gravadas em todo o mundo, incluindo várias versões que foram lançadas pela Walt Disney Records, juntas fazendo mais de 40 milhões de registros.

A dança foi reintroduzida nos Estados Unidos em 1981 durante a Oktoberfest de Tulsa, Oklahoma. Os membros queriam demonstrar seu amor através da dança em fantasias, mas não havia fantasias de pato disponíveis em qualquer lugar perto de Tulsa. Em uma estação de televisão local, porém, estava disponível uma fantasia de galinha que foi doada para uso no festival, dando o nome à "Dança das Galinhas". [2]

Em 1982, a banda cover de polca "The Emeralds", de Edmonton, Alberta, Canadá, gravou uma versão da canção inspirada na polca, lançada pela K-Tel Records. O álbum "Bird Dance" ganhou disco de platina duplo no Canadá e ouro na Austrália. [3] [4] A canção também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para as Esmeraldas em 1983 e 1984. A canção ganhou ainda mais fama quando foi usada em dois filmes: o clássico cult de John Paizs Onda de crimes, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] e também foi usado na Somente tolos e cavalos episódio O vencedor azarado é. . Um remix também foi lançado pela banda belga Brussels Sound Revolution em 1990. [6]

Sucesso do gráfico Editar

Em 1981, Henry Hadaway produziu uma versão de "Chicken Dance", que foi lançada no Reino Unido como uma novidade instrumental "The Birdie Song" dos Tweets. Alcançou o número dois na parada de singles em outubro de 1981, tornando-se a versão mais popular. [7] [8] Em 2000, esta versão foi eleita "a música mais irritante de todos os tempos" em uma enquete encomendada para o site dotmusic. [8] A música costuma ser cantada com letras com um pouco disso e um pouco daquilo e sacuda sua bunda com a melodia. Letras alternativas são "Eu não quero ser uma galinha, eu não quero ser um pato, então eu agito minha bunda, quack, quack, quack, quack!"

A versão cover inspirada na polca da canção de "The Emeralds" de Edmonton, Alberta, Canadá, ganhou platina dupla no Canadá e ouro na Austrália. [3] A música também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para o Emeralds em 1983 e 1984. [4]

Em 1990, a banda holandesa Grandmaster Chicken e DJ Duck lançaram a canção como "Check Out the Chicken", que alcançou a posição 16 na Austrália. [9]

A Oktoberfest Zinzinnati em Cincinnati, Ohio, realiza anualmente o "Maior Baile da Galinha do Mundo". Havia 48.000 participantes em 1994. Em 20 de setembro de 2004, o músico de rock Vince Neil serviu como Grande Marechal. Em uma compilação do 40 momentos menos metálicos, o canal de televisão a cabo dos EUA VH1 avaliou esse desempenho como o único momento menos metal na história do heavy metal.

Em 2006, o Chicken Dance abriu o medley de polca de "Weird Al" Yankovic "Polkarama!" do álbum dele Straight Outta Lynwood.

Em 28 de agosto de 2007, o co-fundador do Burning Man Scott "The Hammer" Mucci executou a Dança da Galinha antes de O Homem ser incendiado antes do previsto. O incêndio foi posteriormente atribuído ao brincalhão Paul Addis, que foi preso e acusado de incêndio criminoso. [10]

Em 13 de novembro de 2009, a CIHT-FM tocou a Dança da Galinha continuamente até que 389 ingressos para o CHEO Dream of a Lifetime foram comprados por CA $ 100 cada, para apoiar o Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] Tocou por mais de 3 horas.

Em uma arrecadação de fundos para o Hospital Infantil Helen DeVos, uma tentativa de obter o maior recorde mundial de dança de frango foi realizada no Byron Center, Michigan, EUA, em 23 de abril de 2010, no restaurante Jake's, local de uma escultura de frango gigante de plástico. [12]

Durante a temporada 2015-16, o clube da NHL Philadelphia Flyers teve a dança do frango tocada no sistema de PA [13] no Wells Fargo Center toda vez que os Flyers marcaram 4 gols naquele jogo. Os Flyers tinham uma parceria com a Chick-Fil-A, onde os clientes podiam obter sanduíches de café da manhã grátis da Chick-Fil-A no dia seguinte a cada jogo em que os Flyers marcassem 4 gols ou mais.


A peça é frequentemente notada em tempo de corte e na tonalidade de Dó maior. Ele começa com acordes dominantes repetidos antes de passar para o tema principal. O tema secundário apresenta um ritmo contrastante. Os dois temas se alternam. A repetição final do tema principal é freqüentemente jogada como um acelerando contínuo. [1]

O nome da canção suíça original era "Der Ententanz" (The Duck Dance). Há rumores de [ por quem? ] para ser uma canção para beber, cantada na Oktoberfest. [ citação necessária ] Algum tempo no final dos anos 1970, a canção adquiriu o nome de "Vogeltanz" (The Bird Dance) ou "Vogerltanz" (Little Bird Dance ou Birdie Dance), embora esses nomes nunca tenham pegado seriamente na Alemanha. [ citação necessária ] Em algumas partituras e gravações é chamado de "Dance Little Bird". Desde 1963, Werner Thomas havia jogado em restaurantes e hotéis. Durante uma das apresentações de Thomas, o produtor belga Louis van Rymenant ouviu a música. Van Rymenant teve algumas letras criadas e em 1970 lançou-as ao público através de sua editora Intervox Music (mais tarde em co-publicação com sua outra empresa Eurovox Music) sem muito sucesso. No entanto, nos lançamentos subsequentes da música, Van Rymenant foi listado como co-autor sob o pseudônimo de Terry Rendall. A Eurovox Music agora administra os direitos de publicação em todo o mundo, exceto para os EUA (September Music), Reino Unido (Valentine Music) e Holanda (Benelux Music), sub-editores.

Em 1980, a banda local holandesa "De Electronica's" lançou uma versão instrumental chamada "De Vogeltjesdans" ("A dança dos passarinhos") como lado B de um single. O lado A não foi um sucesso, mas as estações de rádio locais no sul e no leste da Holanda decidiram virar o disco e começaram a tocar "De Vogeltjesdans". O disco entrou nas paradas holandesas e lá ficou por mais de sete meses, dando início ao sucesso internacional da música. Em alguns lançamentos gravados da música, Werner Thomas é listado como o único compositor, enquanto em outros outros autores são listados, por exemplo, como "Thomas / Rendall / Hoes", o sobrenome referindo-se ao cantor / produtor holandês Johnny Hoes, que repete arranjou a música para a gravação Electronicas (que foi lançada pela própria gravadora de Hoes, Telstar Records). Ele também escreveu uma nova letra em holandês para a música, embora a versão Electronicas seja instrumental (o próprio Hoes gravou a versão vocal, mas que não se tornou um sucesso).

Desde então, a canção tornou-se conhecida sob vários outros nomes de "passarinhos", incluindo "Vogerltanz"(Bird Dance)," Danse des Canards "," El Baile de los Pajaritos "," Il Ballo del Qua Qua "," Chicken Dance "e" Dance Little Bird ". Mais de 140 versões foram gravadas em todo o mundo, incluindo várias versões que foram lançadas pela Walt Disney Records, juntas fazendo mais de 40 milhões de registros.

A dança foi reintroduzida nos Estados Unidos em 1981 durante a Oktoberfest de Tulsa, Oklahoma. Os membros queriam demonstrar seu amor através da dança em fantasias, mas não havia fantasias de pato disponíveis em qualquer lugar perto de Tulsa. Em uma estação de televisão local, no entanto, uma fantasia de galinha estava disponível, que foi doada para uso no festival, dando o nome à "Dança das Galinhas". [2]

Em 1982, a banda cover de polca "The Emeralds", de Edmonton, Alberta, Canadá, gravou uma versão da canção inspirada na polca, lançada pela K-Tel Records. O álbum "Bird Dance" ganhou disco de platina duplo no Canadá e ouro na Austrália. [3] [4] A canção também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para as Esmeraldas em 1983 e 1984. A canção ganhou ainda mais fama quando foi usada em dois filmes: o clássico cult de John Paizs Onda de crimes, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] e também foi usado na Somente tolos e cavalos episódio O vencedor azarado é. . Um remix também foi lançado pela banda belga Brussels Sound Revolution em 1990. [6]

Sucesso do gráfico Editar

Em 1981, Henry Hadaway produziu uma versão de "Chicken Dance", que foi lançada no Reino Unido como uma novidade instrumental "The Birdie Song", dos Tweets. Alcançou o número dois na parada de singles em outubro de 1981, tornando-se a versão mais popular. [7] [8] Em 2000, esta versão foi eleita "a música mais irritante de todos os tempos" em uma enquete encomendada para o site dotmusic. [8] A música costuma ser cantada com letras com um pouco disso e um pouco daquilo e sacuda sua bunda com a melodia. As letras alternativas são "Eu não quero ser uma galinha, não quero ser um pato, então eu agito minha bunda, quack, quack, quack, quack!"

A versão cover inspirada na polca da canção de "The Emeralds" de Edmonton, Alberta, Canadá, ganhou platina dupla no Canadá e ouro na Austrália. [3] A música também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para o Emeralds em 1983 e 1984. [4]

Em 1990, a banda holandesa Grandmaster Chicken e DJ Duck lançaram a canção como "Check Out the Chicken", que alcançou a posição 16 na Austrália. [9]

A Oktoberfest Zinzinnati em Cincinnati, Ohio, realiza anualmente o "Maior Baile da Galinha do Mundo". Havia 48.000 participantes em 1994. Em 20 de setembro de 2004, o músico de rock Vince Neil serviu como Grande Marechal. Em uma compilação do 40 momentos menos metálicos, o canal de televisão a cabo dos EUA VH1 avaliou esse desempenho como o único momento menos metal na história do heavy metal.

Em 2006, o Chicken Dance abriu o medley de polca de "Weird Al" Yankovic "Polkarama!" do álbum dele Straight Outta Lynwood.

Em 28 de agosto de 2007, o co-fundador do Burning Man Scott "The Hammer" Mucci executou a Dança da Galinha antes de O Homem ser incendiado antes do previsto. O incêndio foi posteriormente atribuído ao brincalhão Paul Addis, que foi preso e acusado de incêndio criminoso. [10]

Em 13 de novembro de 2009, a CIHT-FM tocou a Dança da Galinha continuamente até que 389 ingressos para o CHEO Dream of a Lifetime foram comprados por CA $ 100 cada, para apoiar o Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] Tocou por mais de 3 horas.

Em uma arrecadação de fundos para o Hospital Infantil Helen DeVos, uma tentativa de obter o maior recorde mundial de dança de frango foi realizada no Byron Center, Michigan, EUA, em 23 de abril de 2010, no restaurante Jake's, local de uma escultura de frango gigante de plástico. [12]

Durante a temporada 2015-16, o clube da NHL Philadelphia Flyers teve a dança do frango tocada no sistema de PA [13] no Wells Fargo Center toda vez que os Flyers marcaram 4 gols naquele jogo. Os Flyers tinham uma parceria com a Chick-Fil-A, em que os clientes podiam obter sanduíches de café da manhã gratuitos da Chick-Fil-A no dia seguinte a cada jogo em que os Flyers marcassem 4 gols ou mais.


A peça é frequentemente notada em tempo de corte e na tonalidade de Dó maior. Ele começa com acordes dominantes repetidos antes de passar para o tema principal. O tema secundário apresenta um ritmo contrastante. Os dois temas se alternam. A repetição final do tema principal é freqüentemente jogada como um accelerando contínuo. [1]

O nome da canção suíça original era "Der Ententanz" (The Duck Dance). Há rumores de [ por quem? ] para ser uma canção para beber, cantada na Oktoberfest. [ citação necessária ] Algum tempo no final dos anos 1970, a canção adquiriu o nome de "Vogeltanz" (The Bird Dance) ou "Vogerltanz" (Little Bird Dance ou Birdie Dance), embora esses nomes nunca tenham pegado seriamente na Alemanha. [ citação necessária ] Em algumas partituras e gravações é chamado de "Dance Little Bird". Desde 1963, Werner Thomas havia jogado em restaurantes e hotéis. Durante uma das apresentações de Thomas, o produtor belga Louis van Rymenant ouviu a música. Van Rymenant teve algumas letras criadas e em 1970 lançou-as ao público através de sua editora Intervox Music (mais tarde em co-publicação com sua outra empresa Eurovox Music) sem muito sucesso. No entanto, nos lançamentos subsequentes da música, Van Rymenant foi listado como co-autor sob o pseudônimo de Terry Rendall. A Eurovox Music agora administra os direitos de publicação em todo o mundo, exceto para os EUA (September Music), Reino Unido (Valentine Music) e Holanda (Benelux Music), sub-editores.

Em 1980, a banda local holandesa "De Electronica's" lançou uma versão instrumental chamada "De Vogeltjesdans" ("A dança dos passarinhos") como lado B de um single. O lado A não foi um sucesso, mas as estações de rádio locais no sul e no leste da Holanda decidiram virar o disco e começaram a tocar "De Vogeltjesdans". O disco entrou nas paradas holandesas e lá ficou por mais de sete meses, dando início ao sucesso internacional da música. Em alguns lançamentos gravados da música, Werner Thomas é listado como o único compositor, enquanto em outros outros autores são listados, por exemplo, como "Thomas / Rendall / Hoes", o sobrenome referindo-se ao cantor / produtor holandês Johnny Hoes, que repete arranjou a música para a gravação Electronicas (que foi lançada pela própria gravadora de Hoes, Telstar Records). Ele também escreveu uma nova letra em holandês para a música, embora a versão Electronicas seja instrumental (o próprio Hoes gravou a versão vocal, mas que não se tornou um sucesso).

Desde então, a canção tornou-se conhecida sob vários outros nomes de "passarinhos", incluindo "Vogerltanz"(Bird Dance)," Danse des Canards "," El Baile de los Pajaritos "," Il Ballo del Qua Qua "," Chicken Dance "e" Dance Little Bird ". Mais de 140 versões foram gravadas em todo o mundo, incluindo várias versões que foram lançadas pela Walt Disney Records, juntas fazendo mais de 40 milhões de registros.

A dança foi reintroduzida nos Estados Unidos em 1981 durante a Oktoberfest de Tulsa, Oklahoma. Os membros queriam demonstrar seu amor através da dança em fantasias, mas não havia fantasias de pato disponíveis em qualquer lugar perto de Tulsa. Em uma estação de televisão local, porém, estava disponível uma fantasia de galinha que foi doada para uso no festival, dando o nome à "Dança das Galinhas". [2]

Em 1982, a banda cover de polca "The Emeralds", de Edmonton, Alberta, Canadá, gravou uma versão da canção inspirada na polca, lançada pela K-Tel Records. O álbum "Bird Dance" ganhou disco de platina duplo no Canadá e ouro na Austrália. [3] [4] A canção também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para as Esmeraldas em 1983 e 1984. A canção ganhou ainda mais fama quando foi usada em dois filmes: o clássico cult de John Paizs Onda de crimes, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] e também foi usado na Somente tolos e cavalos episódio O vencedor azarado é. . Um remix também foi lançado pela banda belga Brussels Sound Revolution em 1990. [6]

Sucesso do gráfico Editar

Em 1981, Henry Hadaway produziu uma versão de "Chicken Dance", que foi lançada no Reino Unido como uma novidade instrumental "The Birdie Song", dos Tweets. Alcançou o número dois na parada de singles em outubro de 1981, tornando-se a versão mais popular. [7] [8] Em 2000, esta versão foi eleita "a música mais irritante de todos os tempos" em uma enquete encomendada para o site dotmusic. [8] A música costuma ser cantada com letras com um pouco disso e um pouco daquilo e sacuda sua bunda com a melodia. Letras alternativas são "Eu não quero ser uma galinha, eu não quero ser um pato, então eu agito minha bunda, quack, quack, quack, quack!"

A versão cover inspirada na polca da canção de "The Emeralds" de Edmonton, Alberta, Canadá, ganhou platina dupla no Canadá e ouro na Austrália. [3] A música também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para o Emeralds em 1983 e 1984. [4]

Em 1990, a banda holandesa Grandmaster Chicken e DJ Duck lançaram a canção como "Check Out the Chicken", que alcançou a posição 16 na Austrália. [9]

A Oktoberfest Zinzinnati em Cincinnati, Ohio, realiza anualmente o "Maior Baile da Galinha do Mundo". Havia 48.000 participantes em 1994. Em 20 de setembro de 2004, o músico de rock Vince Neil serviu como Grande Marechal. Em uma compilação do 40 momentos menos metálicos, o canal de televisão a cabo dos EUA VH1 avaliou esse desempenho como o único momento menos metal na história do heavy metal.

Em 2006, o Chicken Dance abriu o medley de polca de "Weird Al" Yankovic "Polkarama!" do álbum dele Straight Outta Lynwood.

Em 28 de agosto de 2007, o co-fundador do Burning Man Scott "The Hammer" Mucci executou a Dança da Galinha antes de O Homem ser incendiado antes do previsto. O incêndio foi posteriormente atribuído ao brincalhão Paul Addis, que foi preso e acusado de incêndio criminoso. [10]

Em 13 de novembro de 2009, a CIHT-FM tocou a Dança da Galinha continuamente até que 389 ingressos para o CHEO Dream of a Lifetime foram comprados por CA $ 100 cada, para apoiar o Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] Tocou por mais de 3 horas.

Em uma arrecadação de fundos para o Hospital Infantil Helen DeVos, uma tentativa de obter o maior recorde mundial de dança de frango foi realizada no Byron Center, Michigan, EUA, em 23 de abril de 2010, no restaurante Jake's, local de uma escultura de frango gigante de plástico. [12]

Durante a temporada 2015-16, o clube da NHL Philadelphia Flyers teve a dança do frango tocada no sistema de PA [13] no Wells Fargo Center toda vez que os Flyers marcaram 4 gols naquele jogo. Os Flyers tinham uma parceria com a Chick-Fil-A, onde os clientes podiam obter sanduíches de café da manhã grátis da Chick-Fil-A no dia seguinte a cada jogo em que os Flyers marcassem 4 gols ou mais.


A peça é frequentemente notada em tempo de corte e na tonalidade de Dó maior. Ele começa com acordes dominantes repetidos antes de passar para o tema principal. O tema secundário apresenta um ritmo contrastante. Os dois temas se alternam. A repetição final do tema principal é freqüentemente jogada como um acelerando contínuo. [1]

O nome da canção suíça original era "Der Ententanz" (The Duck Dance). Há rumores de [ por quem? ] para ser uma canção para beber, cantada na Oktoberfest. [ citação necessária ] Algum tempo no final dos anos 1970, a canção adquiriu o nome de "Vogeltanz" (The Bird Dance) ou "Vogerltanz" (Little Bird Dance ou Birdie Dance), embora esses nomes nunca tenham pegado seriamente na Alemanha. [ citação necessária ] Em algumas partituras e gravações é chamado de "Dance Little Bird". Desde 1963, Werner Thomas havia jogado em restaurantes e hotéis. Durante uma das apresentações de Thomas, o produtor belga Louis van Rymenant ouviu a música. Van Rymenant teve algumas letras criadas e em 1970 as lançou ao público através de sua editora Intervox Music (mais tarde em co-publicação com sua outra empresa Eurovox Music) sem muito sucesso. No entanto, nos lançamentos subsequentes da música, Van Rymenant foi listado como co-autor sob o pseudônimo de Terry Rendall. Eurovox Music agora administra os direitos de publicação em todo o mundo, exceto para os EUA (September Music), Reino Unido (Valentine Music) e Holanda (Benelux Music), sub-editores.

Em 1980, a banda local holandesa "De Electronica's" lançou uma versão instrumental chamada "De Vogeltjesdans" ("A dança dos passarinhos") como lado B de um single. O lado A não foi um sucesso, mas as estações de rádio locais no sul e no leste da Holanda decidiram virar o disco e começaram a tocar "De Vogeltjesdans". O disco entrou nas paradas holandesas e lá ficou por mais de sete meses, dando início ao sucesso internacional da música. Em alguns lançamentos gravados da música, Werner Thomas é listado como o único compositor, enquanto em outros outros autores são listados, por exemplo, como "Thomas / Rendall / Hoes", o sobrenome referindo-se ao cantor / produtor holandês Johnny Hoes, que repete arranjou a música para a gravação Electronicas (que foi lançada pela própria gravadora de Hoes, Telstar Records). Ele também escreveu uma nova letra em holandês para a música, embora a versão Electronicas seja instrumental (o próprio Hoes gravou a versão vocal, mas isso não se tornou um sucesso).

Desde então, a canção tornou-se conhecida sob vários outros nomes de "passarinhos", incluindo "Vogerltanz"(Bird Dance)," Danse des Canards "," El Baile de los Pajaritos "," Il Ballo del Qua Qua "," Chicken Dance "e" Dance Little Bird ". Mais de 140 versões foram gravadas em todo o mundo, incluindo várias versões que foram lançadas pela Walt Disney Records, juntas fazendo mais de 40 milhões de registros.

A dança foi reintroduzida nos Estados Unidos em 1981 durante a Oktoberfest de Tulsa, Oklahoma. Os membros queriam demonstrar seu amor através da dança em fantasias, mas não havia fantasias de pato disponíveis em qualquer lugar perto de Tulsa. Em uma estação de televisão local, no entanto, uma fantasia de galinha estava disponível, que foi doada para uso no festival, dando o nome à "Dança das Galinhas". [2]

Em 1982, a banda cover de polca "The Emeralds", de Edmonton, Alberta, Canadá, gravou uma versão da canção inspirada na polca, lançada pela K-Tel Records. O álbum "Bird Dance" ganhou disco de platina duplo no Canadá e ouro na Austrália. [3] [4] A canção também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para as Esmeraldas em 1983 e 1984. A canção ganhou ainda mais fama quando foi usada em dois filmes: o clássico cult de John Paizs Onda de crimes, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] e também foi usado na Somente tolos e cavalos episódio O vencedor azarado é. . Um remix também foi lançado pela banda belga Brussels Sound Revolution em 1990. [6]

Sucesso do gráfico Editar

Em 1981, Henry Hadaway produziu uma versão de "Chicken Dance", que foi lançada no Reino Unido como uma novidade instrumental "The Birdie Song" dos Tweets. Alcançou o número dois na parada de singles em outubro de 1981, tornando-se a versão mais popular. [7] [8] Em 2000, esta versão foi eleita "a música mais irritante de todos os tempos" em uma enquete encomendada para o site dotmusic. [8] A música costuma ser cantada com letras com um pouco disso e um pouco daquilo e sacuda sua bunda com a melodia. As letras alternativas são "Eu não quero ser uma galinha, não quero ser um pato, então eu agito minha bunda, quack, quack, quack, quack!"

A versão cover inspirada na polca da canção de "The Emeralds" de Edmonton, Alberta, Canadá, ganhou platina dupla no Canadá e ouro na Austrália. [3] A música também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para o Emeralds em 1983 e 1984. [4]

Em 1990, a banda holandesa Grandmaster Chicken e DJ Duck lançaram a canção como "Check Out the Chicken", que alcançou a posição 16 na Austrália. [9]

A Oktoberfest Zinzinnati em Cincinnati, Ohio, realiza anualmente o "Maior Baile da Galinha do Mundo". Havia 48.000 participantes em 1994. Em 20 de setembro de 2004, o músico de rock Vince Neil serviu como Grande Marechal. Em uma compilação do 40 momentos menos metálicos, o canal de televisão a cabo dos EUA VH1 avaliou esse desempenho como o único momento menos metal na história do heavy metal.

Em 2006, o Chicken Dance abriu o medley de polca de "Weird Al" Yankovic "Polkarama!" do álbum dele Straight Outta Lynwood.

Em 28 de agosto de 2007, o co-fundador do Burning Man Scott "The Hammer" Mucci executou a Dança da Galinha antes de O Homem ser incendiado antes do previsto. O incêndio foi posteriormente atribuído ao brincalhão Paul Addis, que foi preso e acusado de incêndio criminoso. [10]

Em 13 de novembro de 2009, a CIHT-FM tocou a Dança da Galinha continuamente até que 389 ingressos para o CHEO Dream of a Lifetime foram comprados por CA $ 100 cada, para apoiar o Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] Tocou por mais de 3 horas.

Em uma arrecadação de fundos para o Hospital Infantil Helen DeVos, uma tentativa de obter o maior recorde mundial de dança de frango foi realizada no Byron Center, Michigan, EUA, em 23 de abril de 2010, no restaurante Jake's, local de uma escultura de frango gigante de plástico. [12]

Durante a temporada 2015-16, o clube da NHL Philadelphia Flyers teve a dança do frango tocada no sistema de PA [13] no Wells Fargo Center toda vez que os Flyers marcaram 4 gols naquele jogo. Os Flyers tinham uma parceria com a Chick-Fil-A, em que os clientes podiam obter sanduíches de café da manhã gratuitos da Chick-Fil-A no dia seguinte a cada jogo em que os Flyers marcassem 4 gols ou mais.


A peça é frequentemente notada em tempo de corte e na tonalidade de Dó maior. Ele começa com acordes dominantes repetidos antes de passar para o tema principal. O tema secundário apresenta um ritmo contrastante. Os dois temas se alternam. A repetição final do tema principal é freqüentemente jogada como um acelerando contínuo. [1]

O nome da canção suíça original era "Der Ententanz" (The Duck Dance). Há rumores de [ por quem? ] para ser uma canção para beber, cantada na Oktoberfest. [ citação necessária ] Algum tempo no final dos anos 1970, a canção adquiriu o nome de "Vogeltanz" (The Bird Dance) ou "Vogerltanz" (Little Bird Dance ou Birdie Dance), embora esses nomes nunca tenham pegado seriamente na Alemanha. [ citação necessária ] Em algumas partituras e gravações é chamado de "Dance Little Bird". Desde 1963, Werner Thomas havia jogado em restaurantes e hotéis. Durante uma das apresentações de Thomas, o produtor belga Louis van Rymenant ouviu a música. Van Rymenant teve algumas letras criadas e em 1970 lançou-as ao público através de sua editora Intervox Music (mais tarde em co-publicação com sua outra empresa Eurovox Music) sem muito sucesso. No entanto, nos lançamentos subsequentes da música, Van Rymenant foi listado como co-autor sob o pseudônimo de Terry Rendall. A Eurovox Music agora administra os direitos de publicação em todo o mundo, exceto nos EUA (September Music), no Reino Unido (Valentine Music) e na Holanda (Benelux Music), sub-editoras.

Em 1980, a banda local holandesa "De Electronica's" lançou uma versão instrumental chamada "De Vogeltjesdans" ("A dança dos passarinhos") como lado B de um single. O lado A não foi um sucesso, mas as estações de rádio locais no sul e no leste da Holanda decidiram virar o disco e começaram a tocar "De Vogeltjesdans". O disco entrou nas paradas holandesas e lá ficou por mais de sete meses, dando início ao sucesso internacional da música. Em alguns lançamentos gravados da música, Werner Thomas é listado como o único compositor, enquanto em outros outros autores são listados, por exemplo, como "Thomas / Rendall / Hoes", o sobrenome referindo-se ao cantor / produtor holandês Johnny Hoes, que repete arranjou a música para a gravação Electronicas (que foi lançada pela própria gravadora de Hoes, Telstar Records). Ele também escreveu uma nova letra em holandês para a música, embora a versão Electronicas seja instrumental (o próprio Hoes gravou a versão vocal, mas não se tornou um hit).

Desde então, a canção tornou-se conhecida sob vários outros nomes de "passarinhos", incluindo "Vogerltanz"(Bird Dance)," Danse des Canards "," El Baile de los Pajaritos "," Il Ballo del Qua Qua "," Chicken Dance "e" Dance Little Bird ". Mais de 140 versões foram gravadas em todo o mundo, incluindo várias versões que foram lançadas pela Walt Disney Records, juntas fazendo mais de 40 milhões de registros.

A dança foi reintroduzida nos Estados Unidos em 1981 durante a Oktoberfest de Tulsa, Oklahoma. Os membros queriam demonstrar seu amor através da dança em fantasias, mas não havia fantasias de pato disponíveis em qualquer lugar perto de Tulsa. Em uma estação de televisão local, porém, estava disponível uma fantasia de galinha que foi doada para uso no festival, dando o nome à "Dança das Galinhas". [2]

Em 1982, a banda cover de polca "The Emeralds", de Edmonton, Alberta, Canadá, gravou uma versão da canção inspirada na polca, lançada pela K-Tel Records. O álbum "Bird Dance" ganhou disco de platina duplo no Canadá e ouro na Austrália. [3] [4] A canção também contribuiu para o sucesso de vários álbuns de ouro para as Esmeraldas em 1983 e 1984. A canção ganhou ainda mais fama quando foi usada em dois filmes: o clássico cult de John Paizs Onda de crimes, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] e também foi usado no Somente tolos e cavalos episódio O vencedor azarado é. . Um remix também foi lançado pela banda belga Brussels Sound Revolution em 1990. [6]

Sucesso do gráfico Editar

Em 1981, Henry Hadaway produziu uma versão de "Chicken Dance", que foi lançada no Reino Unido como uma novidade instrumental "The Birdie Song" dos Tweets. Alcançou o número dois na parada de singles em outubro de 1981, tornando-se a versão mais popular. [7] [8] In 2000, this version was voted "the most annoying song of all time" in a poll commissioned for the website dotmusic. [8] The song is often sung with lyrics with a little bit of this and a little bit of that e shake your bum to the tune. Alternative lyrics are "I don't want to be a chicken, I don't want to be a duck, So I shake my butt, Quack, quack, quack, quack!"

The polka-inspired cover version of the song by "The Emeralds" of Edmonton, Alberta, Canada went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. [4]

In 1990, Dutch band Grandmaster Chicken and DJ Duck released the song as "Check Out the Chicken", which peaked at number 16 in Australia. [9]

The Oktoberfest Zinzinnati in Cincinnati, Ohio, holds a "World's Largest Chicken Dance" annually. There were 48,000 participants in 1994. On 20 September 2004, rock musician Vince Neil served as Grand Marshal. In a compilation of the 40 Least Metal Moments, the U.S. cable television channel VH1 panned this performance as the single least metal moment in heavy metal history.

In 2006, the Chicken Dance opened "Weird Al" Yankovic's polka medley "Polkarama!" from his album Straight Outta Lynwood.

On 28 August 2007, Burning Man co-founder Scott "The Hammer" Mucci performed the Chicken Dance prior to The Man being set aflame ahead of schedule. The fire was later attributed to serial prankster Paul Addis, who was arrested and charged for arson. [10]

On 13 November 2009, CIHT-FM played the Chicken Dance continuously until 389 Tickets for the CHEO Dream of a Lifetime were purchased at CA$100 each, to support the Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] This played for over 3 hours.

In a fund raiser for Helen DeVos Children's Hospital, an attempt at the world's largest chicken dance record was held at Byron Center, Michigan, US on 23 April 2010, at Jake's restaurant, the site of a giant plastic chicken sculpture. [12]

During the 2015–16 season, NHL club Philadelphia Flyers had the chicken dance played over the PA system [13] at the Wells Fargo Center every time the Flyers scored 4 goals in that game. The Flyers had a partnership with Chick-Fil-A where customers could get free breakfast sandwiches from Chick-Fil-A the day after every game where the Flyers score 4 goals or more.


The piece is often notated in cut time and the key of C major. It begins with repeated dominant chords before moving into the main theme. The secondary theme features a contrasting rhythm. The two themes alternate. The final repetition of the main theme is often played as one continuous accelerando. [1]

The name of the original Swiss song was "Der Ententanz" (The Duck Dance). It is rumored [ por quem? ] to be a drinking song sung at Oktoberfest. [ citação necessária ] Some time in the late 1970s, the song acquired the name "Vogeltanz" (The Bird Dance) or "Vogerltanz" (Little Bird Dance or Birdie Dance), although these names never caught on seriously in Germany. [ citação necessária ] On some sheet music and recordings it is called "Dance Little Bird". Since 1963, Werner Thomas had played it in restaurants and hotels. During one of Thomas' performances, Belgian producer Louis van Rymenant heard the song. Van Rymenant had some lyrics created and in 1970 released it to the public through his publishing company Intervox Music (later on co-publishing with his other company Eurovox Music) without much success. However, on subsequent releases of the song, Van Rymenant was listed as co-author under the pen name of Terry Rendall. Eurovox Music now manages the publishing rights worldwide, except for the US (September Music), UK (Valentine Music) and the Netherlands (Benelux Music), sub-publishers.

In 1980, Dutch local band "De Electronica's" released an instrumental version called "De Vogeltjesdans" ("The dance of the little birds") as the B-side of a single. The A-side was not a hit, but local radio stations in the south and east of the Netherlands decided to flip the disc and started playing "De Vogeltjesdans". The record entered the Dutch charts and stayed there for over seven months, and started the international success of the song. On some recorded releases of the music Werner Thomas is listed as the sole composer, while on others other authors are listed, e.g., as "Thomas/Rendall/Hoes", the last name referring to Dutch singer/producer Johnny Hoes, who re-arranged the song for the Electronicas recording (which was released on Hoes' own record label, Telstar Records). He also wrote new Dutch lyrics for the song, although the Electronicas version is an instrumental one (Hoes himself recorded the vocal version, but that did not become a hit).

Since then the song has become known under numerous other "birdie" names, including "Vogerltanz" (Bird Dance), "Danse des Canards", "El Baile de los Pajaritos", "Il Ballo del Qua Qua", "Chicken Dance" and "Dance Little Bird". Over 140 versions of it are recorded worldwide, including various versions that were released by Walt Disney Records, together making over 40,000,000 records.

The dance was reintroduced in the United States in 1981 during the Tulsa, Oklahoma Oktoberfest. The members wanted to demonstrate their love through dance in costumes, but there were no duck costumes available anywhere near Tulsa. At a local television station, however, a chicken costume was available which was donated for use at the festival, giving the "Chicken Dance" its name. [2]

In 1982, polka-themed cover band "The Emeralds", from Edmonton, Alberta, Canada, recorded a polka-inspired version of the song, released by K-Tel records. The album "Bird Dance" went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] [4] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. The song went on to further fame when it was used in two movies: John Paizs's cult classic Crime Wave, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] and it was also used in the Only Fools and Horses episode The Unlucky Winner Is. . A remix was also released by the Belgian band Brussels Sound Revolution in 1990. [6]

Chart success Edit

In 1981, Henry Hadaway produced a version of the "Chicken Dance", which was released in the United Kingdom as an instrumental novelty tune "The Birdie Song" by The Tweets. It reached number two in the singles chart in October 1981, making it the most popular version. [7] [8] In 2000, this version was voted "the most annoying song of all time" in a poll commissioned for the website dotmusic. [8] The song is often sung with lyrics with a little bit of this and a little bit of that e shake your bum to the tune. Alternative lyrics are "I don't want to be a chicken, I don't want to be a duck, So I shake my butt, Quack, quack, quack, quack!"

The polka-inspired cover version of the song by "The Emeralds" of Edmonton, Alberta, Canada went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. [4]

In 1990, Dutch band Grandmaster Chicken and DJ Duck released the song as "Check Out the Chicken", which peaked at number 16 in Australia. [9]

The Oktoberfest Zinzinnati in Cincinnati, Ohio, holds a "World's Largest Chicken Dance" annually. There were 48,000 participants in 1994. On 20 September 2004, rock musician Vince Neil served as Grand Marshal. In a compilation of the 40 Least Metal Moments, the U.S. cable television channel VH1 panned this performance as the single least metal moment in heavy metal history.

In 2006, the Chicken Dance opened "Weird Al" Yankovic's polka medley "Polkarama!" from his album Straight Outta Lynwood.

On 28 August 2007, Burning Man co-founder Scott "The Hammer" Mucci performed the Chicken Dance prior to The Man being set aflame ahead of schedule. The fire was later attributed to serial prankster Paul Addis, who was arrested and charged for arson. [10]

On 13 November 2009, CIHT-FM played the Chicken Dance continuously until 389 Tickets for the CHEO Dream of a Lifetime were purchased at CA$100 each, to support the Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] This played for over 3 hours.

In a fund raiser for Helen DeVos Children's Hospital, an attempt at the world's largest chicken dance record was held at Byron Center, Michigan, US on 23 April 2010, at Jake's restaurant, the site of a giant plastic chicken sculpture. [12]

During the 2015–16 season, NHL club Philadelphia Flyers had the chicken dance played over the PA system [13] at the Wells Fargo Center every time the Flyers scored 4 goals in that game. The Flyers had a partnership with Chick-Fil-A where customers could get free breakfast sandwiches from Chick-Fil-A the day after every game where the Flyers score 4 goals or more.


The piece is often notated in cut time and the key of C major. It begins with repeated dominant chords before moving into the main theme. The secondary theme features a contrasting rhythm. The two themes alternate. The final repetition of the main theme is often played as one continuous accelerando. [1]

The name of the original Swiss song was "Der Ententanz" (The Duck Dance). It is rumored [ por quem? ] to be a drinking song sung at Oktoberfest. [ citação necessária ] Some time in the late 1970s, the song acquired the name "Vogeltanz" (The Bird Dance) or "Vogerltanz" (Little Bird Dance or Birdie Dance), although these names never caught on seriously in Germany. [ citação necessária ] On some sheet music and recordings it is called "Dance Little Bird". Since 1963, Werner Thomas had played it in restaurants and hotels. During one of Thomas' performances, Belgian producer Louis van Rymenant heard the song. Van Rymenant had some lyrics created and in 1970 released it to the public through his publishing company Intervox Music (later on co-publishing with his other company Eurovox Music) without much success. However, on subsequent releases of the song, Van Rymenant was listed as co-author under the pen name of Terry Rendall. Eurovox Music now manages the publishing rights worldwide, except for the US (September Music), UK (Valentine Music) and the Netherlands (Benelux Music), sub-publishers.

In 1980, Dutch local band "De Electronica's" released an instrumental version called "De Vogeltjesdans" ("The dance of the little birds") as the B-side of a single. The A-side was not a hit, but local radio stations in the south and east of the Netherlands decided to flip the disc and started playing "De Vogeltjesdans". The record entered the Dutch charts and stayed there for over seven months, and started the international success of the song. On some recorded releases of the music Werner Thomas is listed as the sole composer, while on others other authors are listed, e.g., as "Thomas/Rendall/Hoes", the last name referring to Dutch singer/producer Johnny Hoes, who re-arranged the song for the Electronicas recording (which was released on Hoes' own record label, Telstar Records). He also wrote new Dutch lyrics for the song, although the Electronicas version is an instrumental one (Hoes himself recorded the vocal version, but that did not become a hit).

Since then the song has become known under numerous other "birdie" names, including "Vogerltanz" (Bird Dance), "Danse des Canards", "El Baile de los Pajaritos", "Il Ballo del Qua Qua", "Chicken Dance" and "Dance Little Bird". Over 140 versions of it are recorded worldwide, including various versions that were released by Walt Disney Records, together making over 40,000,000 records.

The dance was reintroduced in the United States in 1981 during the Tulsa, Oklahoma Oktoberfest. The members wanted to demonstrate their love through dance in costumes, but there were no duck costumes available anywhere near Tulsa. At a local television station, however, a chicken costume was available which was donated for use at the festival, giving the "Chicken Dance" its name. [2]

In 1982, polka-themed cover band "The Emeralds", from Edmonton, Alberta, Canada, recorded a polka-inspired version of the song, released by K-Tel records. The album "Bird Dance" went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] [4] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. The song went on to further fame when it was used in two movies: John Paizs's cult classic Crime Wave, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] and it was also used in the Only Fools and Horses episode The Unlucky Winner Is. . A remix was also released by the Belgian band Brussels Sound Revolution in 1990. [6]

Chart success Edit

In 1981, Henry Hadaway produced a version of the "Chicken Dance", which was released in the United Kingdom as an instrumental novelty tune "The Birdie Song" by The Tweets. It reached number two in the singles chart in October 1981, making it the most popular version. [7] [8] In 2000, this version was voted "the most annoying song of all time" in a poll commissioned for the website dotmusic. [8] The song is often sung with lyrics with a little bit of this and a little bit of that e shake your bum to the tune. Alternative lyrics are "I don't want to be a chicken, I don't want to be a duck, So I shake my butt, Quack, quack, quack, quack!"

The polka-inspired cover version of the song by "The Emeralds" of Edmonton, Alberta, Canada went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. [4]

In 1990, Dutch band Grandmaster Chicken and DJ Duck released the song as "Check Out the Chicken", which peaked at number 16 in Australia. [9]

The Oktoberfest Zinzinnati in Cincinnati, Ohio, holds a "World's Largest Chicken Dance" annually. There were 48,000 participants in 1994. On 20 September 2004, rock musician Vince Neil served as Grand Marshal. In a compilation of the 40 Least Metal Moments, the U.S. cable television channel VH1 panned this performance as the single least metal moment in heavy metal history.

In 2006, the Chicken Dance opened "Weird Al" Yankovic's polka medley "Polkarama!" from his album Straight Outta Lynwood.

On 28 August 2007, Burning Man co-founder Scott "The Hammer" Mucci performed the Chicken Dance prior to The Man being set aflame ahead of schedule. The fire was later attributed to serial prankster Paul Addis, who was arrested and charged for arson. [10]

On 13 November 2009, CIHT-FM played the Chicken Dance continuously until 389 Tickets for the CHEO Dream of a Lifetime were purchased at CA$100 each, to support the Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] This played for over 3 hours.

In a fund raiser for Helen DeVos Children's Hospital, an attempt at the world's largest chicken dance record was held at Byron Center, Michigan, US on 23 April 2010, at Jake's restaurant, the site of a giant plastic chicken sculpture. [12]

During the 2015–16 season, NHL club Philadelphia Flyers had the chicken dance played over the PA system [13] at the Wells Fargo Center every time the Flyers scored 4 goals in that game. The Flyers had a partnership with Chick-Fil-A where customers could get free breakfast sandwiches from Chick-Fil-A the day after every game where the Flyers score 4 goals or more.


The piece is often notated in cut time and the key of C major. It begins with repeated dominant chords before moving into the main theme. The secondary theme features a contrasting rhythm. The two themes alternate. The final repetition of the main theme is often played as one continuous accelerando. [1]

The name of the original Swiss song was "Der Ententanz" (The Duck Dance). It is rumored [ por quem? ] to be a drinking song sung at Oktoberfest. [ citação necessária ] Some time in the late 1970s, the song acquired the name "Vogeltanz" (The Bird Dance) or "Vogerltanz" (Little Bird Dance or Birdie Dance), although these names never caught on seriously in Germany. [ citação necessária ] On some sheet music and recordings it is called "Dance Little Bird". Since 1963, Werner Thomas had played it in restaurants and hotels. During one of Thomas' performances, Belgian producer Louis van Rymenant heard the song. Van Rymenant had some lyrics created and in 1970 released it to the public through his publishing company Intervox Music (later on co-publishing with his other company Eurovox Music) without much success. However, on subsequent releases of the song, Van Rymenant was listed as co-author under the pen name of Terry Rendall. Eurovox Music now manages the publishing rights worldwide, except for the US (September Music), UK (Valentine Music) and the Netherlands (Benelux Music), sub-publishers.

In 1980, Dutch local band "De Electronica's" released an instrumental version called "De Vogeltjesdans" ("The dance of the little birds") as the B-side of a single. The A-side was not a hit, but local radio stations in the south and east of the Netherlands decided to flip the disc and started playing "De Vogeltjesdans". The record entered the Dutch charts and stayed there for over seven months, and started the international success of the song. On some recorded releases of the music Werner Thomas is listed as the sole composer, while on others other authors are listed, e.g., as "Thomas/Rendall/Hoes", the last name referring to Dutch singer/producer Johnny Hoes, who re-arranged the song for the Electronicas recording (which was released on Hoes' own record label, Telstar Records). He also wrote new Dutch lyrics for the song, although the Electronicas version is an instrumental one (Hoes himself recorded the vocal version, but that did not become a hit).

Since then the song has become known under numerous other "birdie" names, including "Vogerltanz" (Bird Dance), "Danse des Canards", "El Baile de los Pajaritos", "Il Ballo del Qua Qua", "Chicken Dance" and "Dance Little Bird". Over 140 versions of it are recorded worldwide, including various versions that were released by Walt Disney Records, together making over 40,000,000 records.

The dance was reintroduced in the United States in 1981 during the Tulsa, Oklahoma Oktoberfest. The members wanted to demonstrate their love through dance in costumes, but there were no duck costumes available anywhere near Tulsa. At a local television station, however, a chicken costume was available which was donated for use at the festival, giving the "Chicken Dance" its name. [2]

In 1982, polka-themed cover band "The Emeralds", from Edmonton, Alberta, Canada, recorded a polka-inspired version of the song, released by K-Tel records. The album "Bird Dance" went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] [4] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. The song went on to further fame when it was used in two movies: John Paizs's cult classic Crime Wave, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] and it was also used in the Only Fools and Horses episode The Unlucky Winner Is. . A remix was also released by the Belgian band Brussels Sound Revolution in 1990. [6]

Chart success Edit

In 1981, Henry Hadaway produced a version of the "Chicken Dance", which was released in the United Kingdom as an instrumental novelty tune "The Birdie Song" by The Tweets. It reached number two in the singles chart in October 1981, making it the most popular version. [7] [8] In 2000, this version was voted "the most annoying song of all time" in a poll commissioned for the website dotmusic. [8] The song is often sung with lyrics with a little bit of this and a little bit of that e shake your bum to the tune. Alternative lyrics are "I don't want to be a chicken, I don't want to be a duck, So I shake my butt, Quack, quack, quack, quack!"

The polka-inspired cover version of the song by "The Emeralds" of Edmonton, Alberta, Canada went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. [4]

In 1990, Dutch band Grandmaster Chicken and DJ Duck released the song as "Check Out the Chicken", which peaked at number 16 in Australia. [9]

The Oktoberfest Zinzinnati in Cincinnati, Ohio, holds a "World's Largest Chicken Dance" annually. There were 48,000 participants in 1994. On 20 September 2004, rock musician Vince Neil served as Grand Marshal. In a compilation of the 40 Least Metal Moments, the U.S. cable television channel VH1 panned this performance as the single least metal moment in heavy metal history.

In 2006, the Chicken Dance opened "Weird Al" Yankovic's polka medley "Polkarama!" from his album Straight Outta Lynwood.

On 28 August 2007, Burning Man co-founder Scott "The Hammer" Mucci performed the Chicken Dance prior to The Man being set aflame ahead of schedule. The fire was later attributed to serial prankster Paul Addis, who was arrested and charged for arson. [10]

On 13 November 2009, CIHT-FM played the Chicken Dance continuously until 389 Tickets for the CHEO Dream of a Lifetime were purchased at CA$100 each, to support the Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] This played for over 3 hours.

In a fund raiser for Helen DeVos Children's Hospital, an attempt at the world's largest chicken dance record was held at Byron Center, Michigan, US on 23 April 2010, at Jake's restaurant, the site of a giant plastic chicken sculpture. [12]

During the 2015–16 season, NHL club Philadelphia Flyers had the chicken dance played over the PA system [13] at the Wells Fargo Center every time the Flyers scored 4 goals in that game. The Flyers had a partnership with Chick-Fil-A where customers could get free breakfast sandwiches from Chick-Fil-A the day after every game where the Flyers score 4 goals or more.


The piece is often notated in cut time and the key of C major. It begins with repeated dominant chords before moving into the main theme. The secondary theme features a contrasting rhythm. The two themes alternate. The final repetition of the main theme is often played as one continuous accelerando. [1]

The name of the original Swiss song was "Der Ententanz" (The Duck Dance). It is rumored [ por quem? ] to be a drinking song sung at Oktoberfest. [ citação necessária ] Some time in the late 1970s, the song acquired the name "Vogeltanz" (The Bird Dance) or "Vogerltanz" (Little Bird Dance or Birdie Dance), although these names never caught on seriously in Germany. [ citação necessária ] On some sheet music and recordings it is called "Dance Little Bird". Since 1963, Werner Thomas had played it in restaurants and hotels. During one of Thomas' performances, Belgian producer Louis van Rymenant heard the song. Van Rymenant had some lyrics created and in 1970 released it to the public through his publishing company Intervox Music (later on co-publishing with his other company Eurovox Music) without much success. However, on subsequent releases of the song, Van Rymenant was listed as co-author under the pen name of Terry Rendall. Eurovox Music now manages the publishing rights worldwide, except for the US (September Music), UK (Valentine Music) and the Netherlands (Benelux Music), sub-publishers.

In 1980, Dutch local band "De Electronica's" released an instrumental version called "De Vogeltjesdans" ("The dance of the little birds") as the B-side of a single. The A-side was not a hit, but local radio stations in the south and east of the Netherlands decided to flip the disc and started playing "De Vogeltjesdans". The record entered the Dutch charts and stayed there for over seven months, and started the international success of the song. On some recorded releases of the music Werner Thomas is listed as the sole composer, while on others other authors are listed, e.g., as "Thomas/Rendall/Hoes", the last name referring to Dutch singer/producer Johnny Hoes, who re-arranged the song for the Electronicas recording (which was released on Hoes' own record label, Telstar Records). He also wrote new Dutch lyrics for the song, although the Electronicas version is an instrumental one (Hoes himself recorded the vocal version, but that did not become a hit).

Since then the song has become known under numerous other "birdie" names, including "Vogerltanz" (Bird Dance), "Danse des Canards", "El Baile de los Pajaritos", "Il Ballo del Qua Qua", "Chicken Dance" and "Dance Little Bird". Over 140 versions of it are recorded worldwide, including various versions that were released by Walt Disney Records, together making over 40,000,000 records.

The dance was reintroduced in the United States in 1981 during the Tulsa, Oklahoma Oktoberfest. The members wanted to demonstrate their love through dance in costumes, but there were no duck costumes available anywhere near Tulsa. At a local television station, however, a chicken costume was available which was donated for use at the festival, giving the "Chicken Dance" its name. [2]

In 1982, polka-themed cover band "The Emeralds", from Edmonton, Alberta, Canada, recorded a polka-inspired version of the song, released by K-Tel records. The album "Bird Dance" went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] [4] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. The song went on to further fame when it was used in two movies: John Paizs's cult classic Crime Wave, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] and it was also used in the Only Fools and Horses episode The Unlucky Winner Is. . A remix was also released by the Belgian band Brussels Sound Revolution in 1990. [6]

Chart success Edit

In 1981, Henry Hadaway produced a version of the "Chicken Dance", which was released in the United Kingdom as an instrumental novelty tune "The Birdie Song" by The Tweets. It reached number two in the singles chart in October 1981, making it the most popular version. [7] [8] In 2000, this version was voted "the most annoying song of all time" in a poll commissioned for the website dotmusic. [8] The song is often sung with lyrics with a little bit of this and a little bit of that e shake your bum to the tune. Alternative lyrics are "I don't want to be a chicken, I don't want to be a duck, So I shake my butt, Quack, quack, quack, quack!"

The polka-inspired cover version of the song by "The Emeralds" of Edmonton, Alberta, Canada went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. [4]

In 1990, Dutch band Grandmaster Chicken and DJ Duck released the song as "Check Out the Chicken", which peaked at number 16 in Australia. [9]

The Oktoberfest Zinzinnati in Cincinnati, Ohio, holds a "World's Largest Chicken Dance" annually. There were 48,000 participants in 1994. On 20 September 2004, rock musician Vince Neil served as Grand Marshal. In a compilation of the 40 Least Metal Moments, the U.S. cable television channel VH1 panned this performance as the single least metal moment in heavy metal history.

In 2006, the Chicken Dance opened "Weird Al" Yankovic's polka medley "Polkarama!" from his album Straight Outta Lynwood.

On 28 August 2007, Burning Man co-founder Scott "The Hammer" Mucci performed the Chicken Dance prior to The Man being set aflame ahead of schedule. The fire was later attributed to serial prankster Paul Addis, who was arrested and charged for arson. [10]

On 13 November 2009, CIHT-FM played the Chicken Dance continuously until 389 Tickets for the CHEO Dream of a Lifetime were purchased at CA$100 each, to support the Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] This played for over 3 hours.

In a fund raiser for Helen DeVos Children's Hospital, an attempt at the world's largest chicken dance record was held at Byron Center, Michigan, US on 23 April 2010, at Jake's restaurant, the site of a giant plastic chicken sculpture. [12]

During the 2015–16 season, NHL club Philadelphia Flyers had the chicken dance played over the PA system [13] at the Wells Fargo Center every time the Flyers scored 4 goals in that game. The Flyers had a partnership with Chick-Fil-A where customers could get free breakfast sandwiches from Chick-Fil-A the day after every game where the Flyers score 4 goals or more.


The piece is often notated in cut time and the key of C major. It begins with repeated dominant chords before moving into the main theme. The secondary theme features a contrasting rhythm. The two themes alternate. The final repetition of the main theme is often played as one continuous accelerando. [1]

The name of the original Swiss song was "Der Ententanz" (The Duck Dance). It is rumored [ por quem? ] to be a drinking song sung at Oktoberfest. [ citação necessária ] Some time in the late 1970s, the song acquired the name "Vogeltanz" (The Bird Dance) or "Vogerltanz" (Little Bird Dance or Birdie Dance), although these names never caught on seriously in Germany. [ citação necessária ] On some sheet music and recordings it is called "Dance Little Bird". Since 1963, Werner Thomas had played it in restaurants and hotels. During one of Thomas' performances, Belgian producer Louis van Rymenant heard the song. Van Rymenant had some lyrics created and in 1970 released it to the public through his publishing company Intervox Music (later on co-publishing with his other company Eurovox Music) without much success. However, on subsequent releases of the song, Van Rymenant was listed as co-author under the pen name of Terry Rendall. Eurovox Music now manages the publishing rights worldwide, except for the US (September Music), UK (Valentine Music) and the Netherlands (Benelux Music), sub-publishers.

In 1980, Dutch local band "De Electronica's" released an instrumental version called "De Vogeltjesdans" ("The dance of the little birds") as the B-side of a single. The A-side was not a hit, but local radio stations in the south and east of the Netherlands decided to flip the disc and started playing "De Vogeltjesdans". The record entered the Dutch charts and stayed there for over seven months, and started the international success of the song. On some recorded releases of the music Werner Thomas is listed as the sole composer, while on others other authors are listed, e.g., as "Thomas/Rendall/Hoes", the last name referring to Dutch singer/producer Johnny Hoes, who re-arranged the song for the Electronicas recording (which was released on Hoes' own record label, Telstar Records). He also wrote new Dutch lyrics for the song, although the Electronicas version is an instrumental one (Hoes himself recorded the vocal version, but that did not become a hit).

Since then the song has become known under numerous other "birdie" names, including "Vogerltanz" (Bird Dance), "Danse des Canards", "El Baile de los Pajaritos", "Il Ballo del Qua Qua", "Chicken Dance" and "Dance Little Bird". Over 140 versions of it are recorded worldwide, including various versions that were released by Walt Disney Records, together making over 40,000,000 records.

The dance was reintroduced in the United States in 1981 during the Tulsa, Oklahoma Oktoberfest. The members wanted to demonstrate their love through dance in costumes, but there were no duck costumes available anywhere near Tulsa. At a local television station, however, a chicken costume was available which was donated for use at the festival, giving the "Chicken Dance" its name. [2]

In 1982, polka-themed cover band "The Emeralds", from Edmonton, Alberta, Canada, recorded a polka-inspired version of the song, released by K-Tel records. The album "Bird Dance" went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] [4] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. The song went on to further fame when it was used in two movies: John Paizs's cult classic Crime Wave, e Jimmy Neutron: Boy Genius. [5] and it was also used in the Only Fools and Horses episode The Unlucky Winner Is. . A remix was also released by the Belgian band Brussels Sound Revolution in 1990. [6]

Chart success Edit

In 1981, Henry Hadaway produced a version of the "Chicken Dance", which was released in the United Kingdom as an instrumental novelty tune "The Birdie Song" by The Tweets. It reached number two in the singles chart in October 1981, making it the most popular version. [7] [8] In 2000, this version was voted "the most annoying song of all time" in a poll commissioned for the website dotmusic. [8] The song is often sung with lyrics with a little bit of this and a little bit of that e shake your bum to the tune. Alternative lyrics are "I don't want to be a chicken, I don't want to be a duck, So I shake my butt, Quack, quack, quack, quack!"

The polka-inspired cover version of the song by "The Emeralds" of Edmonton, Alberta, Canada went double-platinum in Canada, and gold in Australia. [3] The song also contributed to the success of multiple gold albums for the Emeralds in 1983 and 1984. [4]

In 1990, Dutch band Grandmaster Chicken and DJ Duck released the song as "Check Out the Chicken", which peaked at number 16 in Australia. [9]

The Oktoberfest Zinzinnati in Cincinnati, Ohio, holds a "World's Largest Chicken Dance" annually. There were 48,000 participants in 1994. On 20 September 2004, rock musician Vince Neil served as Grand Marshal. In a compilation of the 40 Least Metal Moments, the U.S. cable television channel VH1 panned this performance as the single least metal moment in heavy metal history.

In 2006, the Chicken Dance opened "Weird Al" Yankovic's polka medley "Polkarama!" from his album Straight Outta Lynwood.

On 28 August 2007, Burning Man co-founder Scott "The Hammer" Mucci performed the Chicken Dance prior to The Man being set aflame ahead of schedule. The fire was later attributed to serial prankster Paul Addis, who was arrested and charged for arson. [10]

On 13 November 2009, CIHT-FM played the Chicken Dance continuously until 389 Tickets for the CHEO Dream of a Lifetime were purchased at CA$100 each, to support the Children's Hospital of Eastern Ontario. [11] This played for over 3 hours.

In a fund raiser for Helen DeVos Children's Hospital, an attempt at the world's largest chicken dance record was held at Byron Center, Michigan, US on 23 April 2010, at Jake's restaurant, the site of a giant plastic chicken sculpture. [12]

During the 2015–16 season, NHL club Philadelphia Flyers had the chicken dance played over the PA system [13] at the Wells Fargo Center every time the Flyers scored 4 goals in that game. The Flyers had a partnership with Chick-Fil-A where customers could get free breakfast sandwiches from Chick-Fil-A the day after every game where the Flyers score 4 goals or more.


Assista o vídeo: dança da galinha (Janeiro 2022).