Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Sopa de feijão cru com pastrami de porco defumado e lariço

Sopa de feijão cru com pastrami de porco defumado e lariço

O feijão cru é muito bom, desde que ainda não tenha secado, então preparei uma sopa temperada com lariço.

  • 200 g de pastrami de porco defumado
  • 100 ml de óleo
  • 1 cebola
  • 1 cenoura
  • 1 pimenta Kapia
  • Um pouco de sal
  • 400 g de feijão cru
  • cerca de 1 l de água
  • um pouco de pimenta moída na hora
  • 1 colher de chá de páprica
  • 2 colheres de sopa de tomates preparados para o inverno
  • 3 fios de lariço verde

Porções: 5

Tempo de preparação: menos de 90 minutos

PREPARAÇÃO DA RECEITA Sopa de feijão cru com pastrami de porco defumado e lariço:

Corte a carne em fatias grossas e cozinhe em uma panela de óleo, cobrindo-a com uma tampa. Junte a cebola (descascada, lavada e picada), a cenoura (descascada, lavada e cortada em rodelas grossas), a pimenta (descascada e semeada, lavada e picada) e uma pitada de sal. Deixe ferver, depois acrescente o feijão (lavado), a água, um pouco de pimenta moída na hora e páprica. Ferva tudo e no final acrescente os tomates. Ferva a sopa por 1-2 minutos, retire do fogo e acrescente o lariço verde (lavado e picado). Combina com o sal.


Ingrediente:
1,5 kg de cordeiro, 1 repolho grande, 100 g de pimenta preta, 3 folhas de louro, sal a gosto.

Ingrediente:
1 kg de repolho branco, 200 g de bacon defumado, 2 cebolas, 2 colheres de sopa de farinha, 3 colheres de sopa de pasta de tomate, 1 1/2 sopa de vidro, 40 g de queijo, sal, pimenta


Sopa de feijão cru com pastrami de porco defumado e lariço - Receitas

você conhece receitas para pessoas com cirrose hepática que na rede só encontro alimentos permitidos e proibidos e preciso de receitas.

Obrigado, eu me curvo aos melhores e voto nos demais.

leia aqui você vai perceber até certo ponto
Dr. Ditoiu Alecse Valerian Fundeni Hospital Clínica Médica

A dieta na cirrose é diferenciada dependendo do estágio de evolução da doença e do paciente:

a dieta na cirrose líquida é mais restritiva, enquanto a dieta na cirrose "seca" é mais solta
outras doenças associadas (pacientes com fígado frequentemente têm gastrite / úlcera), requerem dieta suplementar especial, dependendo da doença
a condição atual do paciente pode exigir que em alguns momentos o regime seja mais amplo e em outros mais restritivo.
Princípios gerais de dieta na cirrose hepática:

Dieta rica em carboidratos (doces / farinha), mas não em excesso (o paciente com cirrose com relativa frequência tem diabetes ou açúcar elevado no sangue)
Consumo moderado de gorduras, especialmente gorduras animais, mas normal para gorduras vegetais
Proteína em quantidade normal - menor na cirrose com encefalopatia (distúrbios de memória e consciência) As proteínas vêm principalmente da carne, mas também do queijo ou do leite
Sal reduzido na cirrose sem líquido, mas zero na cirrose com líquido
Líquidos - depois da sede (os líquidos não devem ser reduzidos na cirrose com líquidos, se tiver sede, o paciente pode beber o quanto quiser)
Renúncia total ao álcool.
Comida permitida

Sopas e caldos de frango, carne, vegetais, não torrados, aveia, arroz, semolina, almôndegas, bolinhos
Molhos e purês de vegetais - feijão verde, pimentão, cenoura, abóbora, goulash, couve-flor, espinafre, alface, beterraba, tomate, na forma de saladas ou preparado sem cebola ou lentilha e com manteiga ou óleo cru
Batatas naturais, purê, assadas com casca com um pouco de manteiga ou óleo, com queijo cottage
Carne assada: frango, vaca, coelho, peru, carne magra, sem pele e sem gordura, peixe branco magro simples ou empanado com vegetais, almôndegas ou almôndegas cozidas, peixe magro, cozido, caldo de vegetais
Salsichas - permitidas apenas em cirrose sem líquidos: presunto de Praga, salsichas com creme, parisiense ligeiramente temperado
Peixes fracos (lúcios, lúcios, percas)
Gorduras: manteiga, girassol ou azeite de oliva cru
Ovos cozidos moles duas claras de ovo por semana na forma de omelete ou suflê cozido no vapor, omelete dietético
Molhos sem gordura frita, tomate branco ou molho vegetal
Leite e produtos lácteos: café com leite doce com baixo teor de gordura, leite batido, iogurte com baixo teor de gordura, kefir, queijo de vaca doce, queijo cottage, urda, telemea salgado
Macarrão de qualquer tipo
Pão: pão de um dia, biscoitos simples (populares), pãezinhos, polenta
Doces e bolos - com moderação: preparados com poucos ovos e muito pouca gordura, bolos secos, bolos de mel, massas macias, tartes de fruta ou marmelada, torta de maçã ou compotas de queijo doce, compotas, mel
Frutas cruas, assadas, compotas, geléias, geléias: maçãs, ameixas, frutas cítricas, morangos, morangos, framboesas, melões, uvas, figos podem causar inchaço, alguns cirróticos não toleram frutas e vegetais crus-
Bebidas: água pura - de preferência sucos e xaropes de frutas e vegetais
Especiarias: salsa, endro, lariço, louro, tomilho, cominho, aipo, limão,
Recomenda-se 5-6 refeições por dia em menor quantidade.
Comida proibida

Sopas: sopas gordurosas de porco, pato, ganso, carnes defumadas
Sopa de barriga, feijão, carnes defumadas, porco
Legumes: feijão e ervilha seca, repolho, berinjela, tomate em grandes quantidades e descascados, pimenta, cogumelos, rabanete, cebola, alho, aipo, alho-poró, picles
Carne: porco, pato, ganso, caça, carne frita, carne defumada, salsichas, presunto gordo, órgãos (cérebro, rins, fígado, pulmões)
Peixes gordos (esturjão, cego, bagre, bacalhau, sardinha, arenque), ovas de peixe, lagostins, frutos do mar, peixes defumados, peixes enlatados
Gorduras: banha, bacon, kaiser e semelhantes
Qualquer tipo de fumaça
Ovos - ovos mexidos, ovos fritos, maionese
Leite e produtos lácteos: leite gordo, queijos fermentados, natas
Pão: quente, pão preto, biscoitos gordurosos ou de cacau
Doces e bolos: com natas, preparado com ovos, cacau, natas ou gordura, bolo, gelado, chocolate
Nozes e nozes - nozes, avelãs, amêndoas, azeitonas salgadas
Especiarias: pimenta, raiz-forte, páprica, louro, mostarda, vinagre
Bebidas: café, bebidas à base de cola, álcool (cerveja, vinho, conhaque, etc.), bebidas carbonatadas (se houver flatulência)
Explicação do regime:

Acho que é preciso explicar esse regime, porque tem gente que não é médico nem tem cirrose, que considera o regime permissivo demais. Quem foi forçado a manter uma dieta por um tempo sabe como é difícil, mas manter uma dieta para a vida ...

O paciente com cirrose também deve conviver com essa doença INALÁVEL, ou se você prescrever uma dieta excessivamente restritiva, corre o risco de ficar desmoralizante e impossível de respeitar.
Os carboidratos são necessários porque são armazenados no fígado - se for saudável - e no fígado com cirrose o armazenamento de carboidratos é reduzido, os carboidratos devem ser trazidos da dieta.
O colesterol é uma substância extremamente necessária ao organismo, principalmente para a síntese das membranas celulares, é feito pelo fígado, e o fígado com cirrose não sintetiza colesterol suficiente, deve existir na dieta alimentar.
As proteínas também são indispensáveis ​​para o corpo, e sua síntese também é feita no fígado, claro que mais difícil para a cirrose, então a dieta deve conter proteínas que o fígado não fabrica.
O sal deve ser reduzido porque, na cirrose, o fígado não inativa um hormônio que retém água na presença do sal alimentar.
Alguns temperos - citados - devem ser aceitos, pois alimentos sem sal e sem temperos são praticamente difíceis de consumir, e a nutrição é essencial para um organismo que não consegue sintetizar muitos elementos essenciais para a sobrevivência.
Cuidadoso!

-Na cirrose líquida NÃO consuma SAL ou alimentos salgados.
- Na cirrose com distúrbios de memória é necessário REDUZIR O CONSUMO DE CARNE no máximo 3 vezes / semana por 100 gramas
-Se o paciente não tolera determinados alimentos, ele não os consumirá, mesmo que sejam permitidos
-Teches em exec, NÃO CURAM E NÃO MELHAM A CIRROSE, e muitas vezes podem ser NOCIVOS (especialmente os chás vendidos para CURAR CERROSE) Espero que você ache útil

Existem recomendações e não RECEITAS.

Tratamento higiênico-dietético
1. Dieta equilibrada em princípios nutricionais com aumento da ingestão de vitaminas, vegetais frescos e frutas.
2. Repouso físico prolongado durante o estado, evitando esforços físicos e em convalescença.
Comida permitida
leite de vaca: doce batido (azedo) e seus derivados: iogurte, kefir, queijo de vaca, queijo cottage, urda doce, telemea (mas apenas salgado). A quantidade de queijo de vaca pode ser 300-400 g / dia.
farinha: macarrão, macarrão, arroz, sêmola, bem cozido e preparado com leite ou queijo de vaca, com suco de tomate ou caldo, e eventualmente com um pouco de manteiga fresca, adicionada antes do consumo. As farinhas também podem ser preparadas na forma de papanasi com queijo de vaca, pudim de macarrão ou sêmola, pudim de arroz, sopas de biscoito, pão branco, de preferência frito, polenta, breadsticks, croissants, pãezinhos.
vegetais: vegetais e verduras: saladas cruas, abobrinha, alface, urtiga, goulash novo, couve-flor, tomate, beterraba cozida, cenoura, vegetais verdes, batata cozida ou assada, pimentão, espinafre, rabanete, ervilha. Serão preparados na forma de saladas (misturas de batata, beterraba, cenoura cozida, alface crua, a que se adiciona óleo cru e sumo de limão), molhos vegetais, purés (batata ou cenoura), sopas de vegetais. Engrossados ​​com farinha, sopas de creme de vegetais.
Carnes e pratos à base de carne: frango, frango, peru, pombos, vitela magra, carne bovina ou bovina, cozidos (caldo com óleo cru e vinagre levemente diluído) ou grelhados são permitidos. A carne também pode ser preparada picada (sem cebola ou outros temperos), cozida na forma de almôndegas ou sarmalute na carne (cozida no borscht), ou grelhada (na forma de almôndegas).
Carne de peixe branco (salame, lúcio, linho, truta, amêijoa, grayling, pregado, solha, barbo) fervida (rasol) ou grelhada. Presunto baixo e muito salgado, linguiça parisiense também são permitidos.
sopas e caldos: além de sopas de farinha e vegetais, também são permitidas sopas de aves e de vaca (desengorduradas), sopas preparadas com borscht (sopa de vaca, sopa de almôndega, magra e preparada sem temperos). Além disso, sopas e caldos sem medula óssea.
ovos: (frango) cozido mole, (cozido 3-4 minutos), "ovos romenos", (fervido em água e servido com manteiga fresca, adicionado imediatamente antes do consumo) e não mais do que 2 vezes por semana. Os ovos são proibidos apenas em pacientes com histórico de colecistite ou cálculo biliar.
gorduras: só são permitidos manteiga fresca de vaca, creme de leite, chantilly e gorduras vegetais: óleo, azeite, milho, girassol, abóbora (servida crua), margarina. As gorduras não excederão 50 gramas por dia por adulto e serão consumidas na forma mais facilmente digerível (emulsionada).
Molhos: só são permitidos os preparados dietéticos, com gorduras reduzidas, preparados apenas com manteiga ou óleo fresco, sem cebola frita, sem especiarias, sem rants, apenas na forma de molho branco, molho de tomate ou caldo, molho de vegetais, etc.
doces e produtos de açúcar: mel de abelha (especialmente), compotas, magiun, geleias, merda, doces, compotas de frutas, compotas, sorvete, gelatina de frutas, espuma de fruta clara de ovo, creme de leite de clara de ovo, creme de açúcar queimado, bolos feitos de massa seca , com queijo de vaca, fruta ou compota, tartes de fruta, merengue, clara de ovo batida com açúcar, croissants com compota.
frutas: maçãs, uvas, morangos, melões, limões, laranjas, toranjas, sumos (especialmente citrinos e uvas), compotas de cereja, ameixas, pêssegos, damascos, bananas.
bebidas: além de sucos de frutas e suco de compota, também são permitidos chás de: menta, lima, rabo de cereja, xarope de refrigerante, limão, laranja, café natural (magro).
bolos: arroz doce ou semolina, tartes de fruta, croissants, pãezinhos, savarina.
vários: para azedar sopas e caldos, saladas ou molhos usará suco de limão, sal de limão diluído (ácido cítrico, mas não ácido tartárico), vinagre fraco, diluído, de preferência frutas. São permitidos os seguintes temperos: salsa, endro, larício, estragão, louro, tomilho, cominho, aipo para sobremesas: baunilha, casca de limão ou laranja.
Comida proibida
queijos: fermentados ou gordurosos, queijos.
vegetais secos: feijão, ervilha, feijão, lentilha.
carnes gordurosas: porco, carneiro, ovelha, cordeiro, ganso, pato, coco, caça. Carne enlatada, fumada, pastrami, enchidos, enchidos, salames. Carne picada picante e frita (pimentos recheados, almôndegas, sarmale). Vísceras: cérebro, rins, fígado de cordeiro.
peixes: gordurosos (bagre, carpa, linho, perca, groselha, cavala, peixe do mar), fumado, enlatado, sardinha frita, marinada, caviar.
Ovos: ralados e fritos em banha ou óleo, ovos de pato.
gorduras: banha, bacon, gordura de vaca. Também é proibido comer gorduras fritas (até manteiga frita e óleo), gordura de ganso, salada de carne, maionese.
Molhos: todos preparados com rantas, cebola e banha quente, ou fritos com temperos.
especiarias: pimenta, pimenta, raiz-forte, mostarda.
vegetais: rabanetes de inverno, pepinos, goulash, repolho, berinjela, berinjela, cebola, alho, batata frita.
frutas: nozes, avelãs, amêndoas, figos, tâmaras.
doces: bolo com creme de manteiga ou muita gema, tortas, cozonac, massa fresca, levedada, panquecas, donuts, sorvete, bolos com cacau, chocolate.
Também são proibidos qualquer tipo de bebida alcoólica (pelo menos 1 ano), chocolate, cacau, bebidas muito frias (gelo).
Proibido em geral: álcool, frituras, cozidos com molho, rantas, gordura, banha e enlatados.


Ingrediente:
1,5 kg de fígado de porco fresco, 1 kg de porco (carne com baixo teor de gordura), sal, pimenta, tomilho, 1 kg de cebola branca, esteiras finas de linguiça

Ingrediente:
1 kg de porco (peito ou pescoço), 2 cebolas, 1 copo de arroz, 3 colheres de sopa de passas, 2 colheres de banha, sal, pimenta e coentro a gosto, 1 tapete de carne de porco limpa ligeiramente mais grossa
Suco:
Quanta água é necessária para cobri-la ou até mais, perfumada com folhas de louro, pimenta da Jamaica e colorau, 1 copo de sopa de carne, 1 colher de açúcar


Artigos na categoria: feriados

Receitas para as Férias da Páscoa: Receita do dia: Costeletas de borrego grelhadas Costeletas de borrego grelhadas de: costeletas de borrego, sumo de limão, azeite, especiarias, arroz e vegetais. Você também pode se interessar por costeletas de cordeiro com pistache e endro… Leia mais »Costeletas de vinho tinto Costeletas de vinho tinto de: azeite, costeletas [& hellip]

6 receitas doces para o dia dos namorados

Receitas doces para o Dia dos Namorados e # 8217s: Receita do dia: Sobremesa fria com morangos e cream cheese Sobremesa fria com morangos e cream cheese de: graham, açúcar, manteiga, nutella, cream cheese, açúcar em pó, leite, essência de baunilha, morangos . Ingredientes: 1 1/4 xícaras de graham esmagado… Leia mais »Receita do dia: Sobremesa com frutas vermelhas [& hellip]

5 receitas doces para o dia dos namorados

Receitas doces para o Dia dos Namorados & # 8217s: Receita do dia: Sobremesa de mirtilo refrescante Sobremesa de mirtilo refrescante de: mirtilo, açúcar, sal, casca de limão, suco de limão, creme de leite, essência de baunilha, bolo. Ingredientes: 2 xícaras de mirtilo 1/4 xícara mais 1 colher de sopa… Leia mais »Receita do dia: Sobremesa com ameixas e nectarinas maduras com cobertura [& hellip]

4 receitas doces para o dia dos namorados

Receitas doces para o Dia dos Namorados & # 8217s: Receita do dia: Sobremesa fria com morangos e creme de leite Sobremesa fria com morangos e creme de leite de: morango, creme de leite, açúcar, baguete. Ingredientes: 200-300gr morangos ¼ xícara de creme de leite 1-2 colheres de açúcar 1 baguete (opcional) Mod… Leia mais »Receita do dia: Sobremesa fria com creme de chocolate Deserto [& hellip]

3 receitas doces para o dia dos namorados

Receitas doces para o Dia dos Namorados e # 8217s: Receita do dia: Sobremesa com nozes e creme de banana Sobremesa com nozes e creme de banana de: nozes, nozes, coco, sementes de abóbora, sementes de girassol, bananas, tâmaras, sal, especiarias, canela, baunilha. Ingredientes: 2 xícaras… Leia mais »Receita do dia: Sobremesa com cream cheese e [& hellip]

2 receitas doces para o dia dos namorados

Receitas doces para o Dia dos Namorados & # 8217s: Receita do dia: Sobremesa com cream cheese e mirtilos Sobremesa com cream cheese e mirtilos de: manteiga, ovos, leite, essência de baunilha, noz-moscada, açúcar, canela, pão, cream cheese, mirtilos. Ingredientes: 2 colheres de sopa de manteiga 2 ovos batidos… Leia mais »Receita do dia: Sobremesa em flocos de chocolate Deserto [& hellip]

Receitas doces para o Dia dos Namorados

Receitas doces para o Dia dos Namorados e # 8217s: Receita do dia: Sobremesa com purê de abóbora e cream cheese Sobremesa com purê de abóbora e cream cheese de: leite, purê de abóbora, ovos, especiarias, essência de baunilha, pão, farinha, açúcar mascavo, canela , manteiga, nozes, açúcar, creme… Leia mais »Receita do dia: Sobremesa de mirtilo Deserto [& hellip]

7 receitas saborosas para o jantar de véspera de ano novo (2015)

Receitas saborosas para a mesa de Ano Novo: Receita do dia: Filetes de vitela em crosta de pão ralado Filetes de vitela em crosta de pão ralado de: farinha, sal, pimenta, ovo, pão ralado, filetes de vitela, óleo de amendoim, arroz, óleo, cebola, alho, cenoura, curry, canja de galinha, mel, molho… Leia mais »Receita do dia: Bolo com frutas vermelhas [& hellip]

Bolos de ano novo

Bolos de Ano Novo: Doces Raffaello Doces Raffaello feitos de: manteiga, açúcar de confeiteiro, açúcar baunilha, leite em pó, coco, avelãs ou amêndoas. Ingredientes: 200 g de manteiga 150 g de açúcar de confeiteiro 3 sachês com açúcar de baunilha 200 g… Leia mais »Rolo com biscoitos e avelãs Rolo com biscoitos e nozes de: biscoitos, leite, açúcar, avelãs moídas, manteiga, coco, cacau, essência de rom . Ingrediente: [& hellip]

15 receitas de véspera de ano novo (2015)

Receitas de Ano Novo: Receita do dia: Coxas de frango assadas com sabor Coxas de frango assadas com sabor de: alho, gengibre, óleo, óleo de gergelim, molho de soja, açúcar mascavo, especiarias, coxas de frango, cebola, vinho de arroz. Ingredientes: 2 cachorros… Ler mais »Receita do dia: Salada de espargos Salada de espargos de: casca [& hellip]

10 receitas de véspera de ano novo (fácil de preparar) (2015)

Receitas de Ano Novo: Receita do dia: Salada de frango com tomate cereja e queijo feta Salada de frango com tomate cereja e queijo feta de: alface, espinafre, abacate, peito de frango, tomate cereja, aipo, cebola, sementes de girassol, queijo feta, pepino , alho, mostarda… Leia mais »Receita do dia: Bombons de chocolate Bombons de chocolate [& hellip]

9 receitas de véspera de ano novo (2015)

Receitas de Reveillon: Receita do dia: Sopa de feijão com costeleta de porco defumada Sopa de feijão com costeleta de porco defumada de: costeleta de porco, cebola, aipo, alho, feijão, louro, orégano, pimenta. Você também pode se interessar por sopa de feijão com costela defumada e… Leia mais »Receita do dia: Salada de quinua com legumes e verduras [& hellip]

2 receitas de véspera de ano novo (2015)

Receitas de Réveillon: Receita do dia: Fatias de porco em crosta Fatias de porco em crosta de: costeletas de porco, ovos, farinha, pão ralado, sal, pimenta, azeite, purê de batata. Você também pode estar interessado em Schnitzels de porco em crosta apimentada Ingredientes: 10… Leia mais »Receita do dia: Lombo de porco grelhado Lombo de porco grelhado [& hellip]

Receitas de véspera de ano novo (2015)

Receitas de Ano Novo: Receita do dia: Almôndegas de peru com molho de coco Almôndegas de peru com molho de coco de: carne de peru, azeite, óleo de amendoim, cebola, alho, capim-limão, gengibre, molho de soja, molho de peixe, macarrão… Leia mais » Receita do dia: músculos de porco assados ​​com molho Muschi [& hellip]

7 preparações de natal

Pratos de Natal: Sopa com cereais e peito de porco fumado Sopa com cereais e peito de porco fumado de: mistura de cereais, peito de porco fumado, cenoura, abobrinha, alho-porro, cebola, caldo, azeite, sal, pimenta. Ingredientes: 150 g de mistura de cereais… Leia mais »Bife de porco com molho de mostarda Bife de porco com [& hellip]

6 preparações de natal

Pratos de Natal: Salada refrescante com peito de peru Salada refrescante com peito de peru de: peito de peru, tagliatelle, folhas de rúcula, tomate, azeite, sal, orégano. Ingredientes: Saco de peito de peru com 4 fatias fatiado um punhado de folhas… Leia mais »Receita do dia: Peito de peru na bandeja Peito de peru na bandeja de: [& hellip]

5 preparações de natal

Pratos de Natal: Salmão com recheio de amêndoa e estragão Salmão com recheio de amêndoa e estragão de: salmão, limão, salsa, estragão, pão ralado (pão ralado com grão maior), manteiga, amêndoa, sal, pimenta. Ingredientes: 1,5-2 kg de salmão 2 limões 100 g de salsa 100 g de estragão 50 g… Leia mais »Sopa de peru com bolinhos de carne Sopa de peru com [& hellip]

2 preparativos de natal

Pratos de Natal: Peru assado com cebola e pimentão vermelho Peru assado com cebola e pimentão vermelho de: iogurte, leite de ovelha, casca de limão, suco de limão, orégano seco, sal, pimenta, pimentão, cebola. Ingredientes: um peito de peru inteiro… Leia mais »Sarmale com peru defumado Sarmale com peru defumado de: peru defumado, [& hellip]

15 receitas de carne de porco para refeição de Natal

Receitas com carne de porco para a refeição de Natal: Sopa de perna de porco da Transilvânia Sopa de perna de porco da Transilvânia de: pernas de porco, cebola, cenoura, salsa, aipo, arroz, salsa, estragão, gema de ovo, sal, vinagre, creme de leite, farinha. Ingredientes: 700 g Músculos de porco assados ​​com manjericão, tomilho e pimenta seca. Músculos de porco [& hellip]

9 receitas de carne de porco para refeição de Natal

Receitas de carne de porco para a refeição de Natal: presunto de feijão verde Presunto de feijão verde de: presunto de porco, flocos de alho, vinho, pimentão, sal, pimenta, feijão verde, alho verde, manteiga, casca de limão, flocos de pimenta, sal, pimenta, salsa ... Leia mais »Lombo de porco com abobrinha Lombo de porco com [& hellip]

8 receitas de carne de porco para refeição de Natal

Receitas com carne de porco para a refeição de Natal: Guisado de porco com batatas e chouriço Guisado de porco com batatas e chouriço de: batatas, músculos de porco, sementes de erva-doce, azeite, salame chouriço, vinho branco, tomate em molho de tomate, pimenta , pimentão, creme de leite,… Leia mais »Caracóis de porco com molho Caracóis [& hellip]

5 receitas de carne de porco para refeição de Natal

Receitas de carne de porco para a refeição de Natal: Rolo de porco com molho de ervas Rolo de carne com molho de ervas de: coxa de porco, alecrim verde, sálvia, tomilho, salsa verde, alho, óleo, água, sal, pimenta. Ingredientes: 1.500 kg de coxa ou músculo de porco… Leia mais »Costelas de porco marinadas [& hellip]

4 receitas de carne de porco para refeição de Natal

Receitas de porco para a refeição de Natal: Carne de porco com bacon e queijo Carne de porco com bacon e queijo de: carne de porco, feijão verde, bacon, queijo, cebolinha, alho verde, endro, vinho branco, azeite, sal, pimenta, pimentão. Ingredientes: 800 g… Leia mais »Repolho com porco e [& hellip]

2 receitas de carne de porco para refeição de Natal

Refeições de Natal com Carne de Porco Receitas: Bife de Porco Estufado Carne cortada em pedaços adequados ou fatias (sem sal), coloque em uma panela com baixo teor de gordura em fogo alto e cozinhe até que comece a… Leia mais »Lombo de porco recheado Lombo de porco recheado de: [ & hellip]

Receitas de Natal: Sopa, Sarmale e Bolo

Receitas de Natal: Sopa de peito de porco da Transilvânia de: pipeta de porco, arroz, cenoura, aipo, água sanitária, cebola, ovos, creme de leite, vinagre, estragão, sal. Ingredientes: 1 kg de peito de porco com costela 60 g de arroz 500 g de vegetais (cenoura, aipo, água sanitária) 2 cebolas 2 ovos 100 g de creme azedo estragão vinagre sal, a gosto Preparação: Peito [& hellip]

Pratos de natal

Pratos de Natal: Almôndegas de peru com alho-poró e verduras Almôndegas de peru com alho-poró e verduras feitas de: peito de peru picado, ovos, alho, verduras secas, cebolas, óleo em spray, suco de limão, cenoura, alho-poró, verduras variadas. Ingredientes: 400 g de peito de peru picado 1 clara de ovo 1 colher de sopa de água… Leia mais »Espetos de peru com batata e abóbora Espetos de peru com [& hellip]

8 saladas para refeições de Natal

Saladas de mesa de Natal: Receita do dia: Salada de legumes com molho de azeite Salada de legumes com molho de azeite de: pepino, tomate cereja, pimentão, abacate, cebola roxa, salsa, alface, grão de bico, queijo feta, limão, alho, orégano , azeite,… Leia mais »Receita do dia: Salada quente de vegetais [& hellip]

10 bifes deliciosos para a refeição de Natal

Bifes deliciosos para a Refeição de Natal: Bife com vegetais e molho Bife com vegetais e molho de: batata, páprica, azeite, músculos de porco, pimenta em grão, manteiga, cebola, vinho branco, creme de leite, salsa e salada de tomate. Ingredientes: 400 g de batata,… Leia mais »Bife com salmão e aspargos fritos Uma deliciosa receita de salmão [& hellip]

6 saladas para refeições de Natal

Salada de Natal: Salada de quinua com pepino Salada de quinua com pepino de: feijão de quinua, pepino, pimentão vermelho, cenoura, alho, salsa, suco de limão, óleo, sal. Ingredientes: 100 g de feijão de quinua um pepino 2 pimentões vermelhos 2 cenouras 2… Leia mais »Receita do dia: Salada de espinafre com beterraba e bacon Salada de espinafre [& hellip]

5 saladas para refeições de Natal

Saladas de mesa de Natal: Salada de feijão preto com milho e cebola Salada de feijão preto com milho e cebola de: feijão preto, grãos de milho, cebola, suco de limão, óleo, sal, salsa. Ingredientes: uma lata grande de feijão preto uma lata de grãos de milho 2 cebolas… Leia mais »Salada de ovo com lariço e salada de mostarda doce [& hellip]

7 deliciosas batatas fritas para a mesa de natal

Bifes deliciosos para a refeição de Natal: Receita do dia: Bife grelhado com aspargos Bife grelhado com aspargos de: bife, canela, cravo, sementes de anis, cardamomo, bourbon, creme de leite, sal, pimenta, mel, aspargos, azeite de oliva . Ingredientes: 1 pedaço de bife… Leia mais »Bife de porco com arroz Bife [& hellip]

4 bifes deliciosos para a refeição de Natal

Bifes deliciosos para o Natal: Bife com alho cozido Bife com alho cozido de: carne, alho, manteiga, vinho branco, alecrim, orégano, salsa, pimenta, sal, pimenta, ovo, mostarda. Ingredientes: 2 pedaços de carne 4 dentes de alho 2 colheres de sopa de manteiga… Leia mais »Bife com ervas Bife com ervas [& hellip]


Como preparar a refeição para 1º de dezembro. Quatro receitas imperdíveis

As donas de casa ficam mais ocupadas por volta de 1º de dezembro. Pratos saborosos não devem faltar na mesa do Dia Nacional da Romênia. Se, no entanto, lhe falta inspiração culinária durante este período, nós o ajudamos com quatro receitas adequadas para o feriado de 1º de dezembro:

1 REPOLHO PICADA COM CIOLAN FUMADO

Ingrediente:

- uma colher de sopa de pasta de tomate

Método de preparação:

- Deixe o repolho de molho em água fria por três horas

- coloque a banha em uma tigela e quando esquentar, acrescente a cebolinha picada (a parte mais gorda da cebolinha)

- deixe o ciolan dourar levemente, em seguida, adicione o repolho picado e cozinhe-os juntos

- quando o suco de repolho cair, adicione meia xícara de sopa, louro e outras especiarias

- Ferva por mais alguns minutos

- transfira o repolho para uma bandeja que você coloca no forno

- na metade do cozimento, adicione a pasta de tomate dissolvida no resto da sopa e deixe cozinhar por cerca de 20-25 minutos

- no final, adicione o endro picado.

2. IAHNIE DE FANOLE LA CEAUN

Ingrediente:

- 700 g de feijão branco cozido

- 3 cachos de cebolinha

- 400 g de pastrami de pescoço de porco

- 1 colher de sopa de banha

- 2 cubos concentrados com sabor a costela defumada.

Método de preparação:

- coloque a banha na panela, acrescente a cebola, a pimenta, a cenoura, a linguiça e o pastrami, tudo cortado em rodelas

- deixe endurecer, no calor certo, por cerca de 15-20 minutos

- adicione meia colher de chá de colorau, uma colher de chá de pasta de pimenta, misture e cozinhe em fogo baixo até que a linguiça esteja frita e os vegetais estejam macios

- adicione o feijão cozido (fervido na noite anterior), uma colher de sopa de farinha branca, suco de tomate, especiarias e cubos de concentrado

- deixe ferver por cerca de 15 minutos para homogeneizar os sabores e formar o molho.

Sirva com pão caseiro fresco e pimenta em conserva.

3. GUISADO FUMADO

Ingrediente:

- 500 gr de lombo de porco defumado

- 3 colheres de sopa de pasta de tomate

Método de preparação:

- lave, limpe e juliana os legumes

- lave o lombo de porco e corte-o em pedaços

- Descasque as batatas e corte-as em cubos

- aqueça a cebola, em seguida adicione a cenoura e no final os pimentões

- quando todos estiverem vítreos, adicione a carne, água suficiente para cobri-los e leve ao forno por cerca de 20 minutos

- junte as batatas, a polpa de tomate, o sal e leve ao forno até que as batatas estejam cozidas

- adicione verduras picadas finamente.

Sirva com picles.

4 SOPA DE REPOLHA FUMADA

Ingrediente:

- meio repolho fresco

- 500 gr fumar (com nervuras, escarificado)

Método de preparação:

- Pique a cebola e frite no óleo

- adicione a cenoura ralada

- a fumaça é fervida em uma panela com três quartos de água

- adicione aipo ralado, repolho picado, vegetais endurecidos e vegetais, quando a fumaça estiver quase cozida


Dresala

Em uma receita apresentada anteriormente, falei sobre o treinamento. Bem, ninguém de outra área da Romênia, exceto a Moldávia, ouviu falar sobre meu treinamento. Se você prepara esta receita em casa para seus entes queridos, e se ela tiver outro nome, convido você a me contar. Até então, gosto de pensar que é uma receita da Moldávia, um treino da Moldávia.

Receita de Dresala

Ingrediente:

Você notará que não tenho as quantidades exatas para esta receita. Se você me perguntar o que, como e como eu os uso, eu uso todos eles em quantidade máxima em um grande pote. E isso porque gosto que a meia-calça seja o mais grossa possível e tenha muito leite.
Descasque as batatas e corte-as em cubos.
Limpamos as cenouras e ralamos, limpamos as cebolas e cortamos em cubos ou peixes e cortamos os pimentões em pequenos cubos.
Em uma panela grande, aqueça a cebola e a cenoura nas 3 colheres de sopa de óleo.

Depois de amolecerem ligeiramente, junte os pimentões e as batatas aos cubos.

Deixe agir por mais 2-3 minutos, tempo durante os quais viramos na panela para que não fique preso e adicionamos água suficiente para cobri-los com 3 dedos acima. Se quisermos que as meias fiquem mais finas, adicionamos mais água.
Cand cartofii sunt fierti…

…adaugam fideaua, nu foarte multa si mai lasam oala pe foc 7-8 minute. Dupa ce am oprit aragazul, amestecam cele doua oua cu smantana si laptele batut si le adaugam peste zeama de legume. Tocam marunt o legatura de leustean si o presaram deasupra as putea zice ca leusteanul este ingredientul secret al acestui fel de mancare.
Dresala se serveste rece, sau foarte putin incalzita, cu ceapa, si cel mai bine merge cu ceapa verde.
Pofta buna!


Retete Semipreparate si preparate de casa

Toba de casa pentru Craciun
Rinichii se taie longitudinal si se pun in apa cu otet timp de 1 ora. Se spala organele si se pun la fiert. In apa se pune sare, foaie de dafin, piper boabe (cateva). In timpul fiertului se indeparteaza spuma. Cand totul este fiert se lasa sa se . Slanina cruda sarata
Se ia slanina cruda proaspata cat mai groasa, taiata in fasii inguste si lungi. Se freaca bine cu sare alba si curata si se pune intr-un vas lung pe sipci de lemn, puse la fund. Bucatile de slanina se aseaza cat mai strans una de alta, pentru ca . Slanina afumata
Slanina se prepara ca si slanina cruda sarata, iar daca are prea multa sare se va scutura si se va pune in apa rece timp de o ora. Fiecare bucata de slanina se strapunge la un capat, iar in gaura formata se introduce o sfiara curata. Toate bucatile . Slanina fiarta in bait cu boia de ardei
O astfel de slanina se prepara pentru folosirea imediata. Pentru asta se alege slanina de la gat. Se poate sara cu 2-3 zile sau cu 2-3 ore inainte de a se fierbe. Marinata se prepara astfel: daca slanina este sarata, atunci marinata nu trebuie sa fie . Sunca si costita
Suncile si costitele impanate cu carne, impreuna cu soricul sau pulpele de porc dezosate se freaca cu urmatorul amestec: la fiecare kilogram de carne se iau 50 g de sare, 1 g silitra (azotat de potasiu=salpetru=o substanta folosita in industria . Carnati afumati si uscati
Se amesteca carnea tocata cu sarea si condimentele adaugandu-se cate putina apa (50-60 ml la 1 kg de tocatura). Cu aceasta tocatura se umplu matele subtiri, se leaga la capete cu sfoara si se agata de un drug pentru a se zvanta, dupa care se afuma . Carnati macelaresti de Burdujeni
Aceasta reteta este cea mai potrivita pentru prepararea carnatilor, respectandu-se urmatoarele indicatii: 1. carnea de porc fara tendoane si pielite se taie in felii subtiri, de 1 cm grosime si se freaca cu 25 g sare (cantitate de sare . Carnati taranesti
Carnea de porc se trece prin masina de tocat, adaugandu-se la fiecare kg 25 g sare. Se amesteca totul si se lasa 1 zi la temperatura de 16-18 grade. Dupa ceea se adauga la fiecare kg de carne 300 g slanina fara soric, taiata cubulete mici, 2 g piper . Trandafiri moldovenesti
Se da carnea prin masina de tocat. Se taie slanina cubulete si se amesteca cu carnea tocata, putina pa cu zeama de ustroi, sare si piper. Cu aceasta compozitie se umplu matele cu ajutorul masinii de tocat la care in locul sitei s-a atasat palnia . Carnati haiducesti
Carnea de porc se curata, se spala si se toaca bine cu satarul, apoi se amesteca cu slanina tocata, cu condimentele si se umplu intestinele de oaie. Se atarna la loc uscat cu curent de aer, sa se usuce. Dupa ce s-au uscat se afuma 5-7 zile. Se frig . Caltabosi moldovenesti
Carnea si slanina se dau prin masina de tocat si se amesteca cu orezul care a fost umflat in prealabil in apa, ceapa usor calita, sare, piper, cimbru si putina zeama de carne sau apa. Matul se spala bine, se curata cu malai, se curata de grasime, se . Toba
Se fierb pana devin moi urechile de porc si soric, impreuna cu o bucata de ceafa, limba, rinichii si plamanii. Ficatul va fi scos mai devreme ca sa nu devina prea tare si limba ca sa nu se desfaca la fiert. In timpul fierberii se indeparteaza spuma, . Toba de Moldova
Se folosesc aceleasi ingrediente ca si in reteta de toba traditionala, fara ficat si plamani, dar cu mai multa carne de la gat si muschi. Se parlesc urechile, se rad foarte bine si se parlesc. Se fierbe limba si se curata de pielita groasa.Apoi se . Pastrama
Pastrama este mai gustoasa si mai frageda daca se prepara din carne de porc mai tanar de 1 an. Se poate prepara si din sunci invascute. Carnea se taie in bucati groase de 2-3 cm si late de 5-6 cm, iar in lungime asa cum ies din taietura. Se freaca . Carnati de casa
Matele se curata de mizerie cu dosul unui cutit iar apoi se spala in mai multe ape. Se lasa din cand in cand matele in apa cu otet si in apa cu bicarbonat. procesul de spalare dureaza cateva ore. E bine sa faceti matele cu o zi inainte de a le . Carnati de casa
Carnea se toaca, apoi se amesteca cu usturoiul pisat si condimentele dupa gust, apoi se framanta bine cu o cana de apa sau supa de oase. Se umplu matele, se leaga la capete, apoi se lasa carnatii la uscat la loc cald, 48 de ore. Apoi se lasa la uscat . Toba de casa
Rinichii se taie pe jumatate si se curata de toate fibrele, apoi se tin in apa rece cu otet. Limba se opareste cu apa fierbinte si se curata bine. Inimile se taie pe jumatate si se curata de grasime si vasele de sange. Capatana se parleste, se spala. . Lebar de casa
Organele se curata, se spala si se pun la fiert cu sare, boabe de piper si foi de dafin. Se fierb la foc potrivit aproximativ 20 de minute. Se toaca prin masina de tocat impreuna cu slanina cruda. Se framanta bine, se mai adauga sare dupa gust si . Caltabos
Carnea tocata se amesteca cu ceapa taiata cubulete fine, cu orezul spalat, sare si piper. Se umple matul cu aceasta compozitie (cu mana!). Matul se umple mai lejer pentru ca orezul se va umfla la fiert, altfel se va sparge matul! Se leaga la . Pelimeni cu carne.
Aluatul il pregatim amestecand toate ingredientele mentionate mai sus. Aluatul trebuie sa iasa foarte virtos, si se framanta nu mai putin de 15 minute pentru a fi suficient de elastic. Se lasa apoi 30 minute sa se odihneasca. Umplutura o realizam la .

Alimentatia in convalescenta de hepatita epidemica

Continuam sa oferim cititorilor nostri unele retete pentru alimentatia in diferite afectiuni. Desigur ca nu noi sintem autorii acestor retete, ci e vorba de conspectarea unor diete silite in ani de catre specialisti in nutritie. In speranta ca aceste retete le vor fi de folos celor ce sufera de o afectiune ori alta, le dorim pofta buna si insanatosire grabnica!

Dintre urmarile hepatitei epidemice (icter epidemic), cea mai importanta este hepatita cronica. De la inceput trebuie aratat ca granita dintre hepatita acuta si cea cronica este trecuta numai de bolnai care nu se ingrijesc, nu respecta repausul la pat si nici regimul alimentar, necesare pentru ndecarea hepatitei epidemice. Evolutia acesteia catre modificarile inflamatorii cronice, caracteristice hepatitei cronice, este favorizata de unele cauze suplimentare preexistente, ca malaria si sifilisul netratate, salvarsanoterapia, denutritia si mai ales abuzul de bauturi alcoolice. Momentul decisiv, rascrucea dintre ndecare sau cronicizarea hepatitei este insa convalescenta hepatitei epidemice. De disciplina si perseverenta bolnavului in urmarea tratamentului in aceasta perioada depinde itorul sanatatii lui. Simpla dezgalbenire a pielii nu inseamna ndecarea de hepatita epidemica. Bolnavul ramine un an sau chiar mai mult cu o susceptibilitate sau cu leziuni hepatice pe care le ignora si care, netratate, pot sa duca la modificari patologice durabile ale structurii normale a ficatului. In acest caz bolnavul resimte o stare de oboseala, slabeste, are turburari dispeptice, somnolenta dupa mese, subfebra, o senzatie de tensiune in dreptul ficatului si uneori o coloratie galbena a ochilor. Aceste suferinte sint dovada directa sau indirecta a suferintei ficatului si ele apar mai ales atunci cind regimul alimentar si repausul au fost prea curind parasite dupa dezgalbenire. Pentru a preintimpina urmarile hepatitei epidemice, regimul alimentar trebuie sa fie condus cel putin sase luni, sau mai bine un an de zile, de la iesirea din spital, dupa anumite reguli.

Regimul de odihna presupune repaus la pat inca cel putin doua saptamini de la parasirea spitalului, socotind acest timp perioada de adaptare la schimbarea de mediu. In urmatoarele trei luni bolnavul se va odihni peste noapte 12-l5 ore, iar in timpul zilei 2-3 ore, mai ales dupa dejun. Repausul usureaza digestia, circulatia si buna functiune hepatica. Trebuie etata orice actitate fizica care poate antrena senzatia de oboseala, convalescentul limitindu-se la plimbari scurte, ocupatii sedentare si o actitate intelectuala placuta si usoara ca: lectura, auditii muzicale etc.

Regimul alimentar trebuie sa indeplineasca urmatoarele conditii:

- Sa reprezinte un aport caloric bogat (2.500-3.000 calorii), in care sa fie cuprinse cel putin 1,5 pina la 2 g albumine pe 1 kg de greutate corporala. De exemplu, un indid de 65 kg, va primi zilnic 90-l00 g, din care majoritatea de origina animala (lapte, brinza, albus, carne).

- Cantitatea de glucide nu trebuie sa depaseasca 300-400 g pe zi, preferindu-le pe cele din legume, fructe si fainoase si numai in completarea acestora glucidele din zahar si alte dulciuri concentrate (marmelade, serbet, dulceata, rahat, bomboane etc.). Acestea din urma, consumate fara masura, pot produce un surmenaj al pancreasului, taie pofta de mincare a bolnavului si produc fermentatie intestinala.

- In afara de albumine cu rol important in regenerarea ficatului si resilirea functiilor acestuia si de glucide care intaresc rezervele de glicogen ale ficatului, regimul trebuie sa fie bogat in taminele mai ales din grupul B si C.

- In printa grasimilor adaugate la mincare, acestea nu vor depasi cantitatea de 30 g, preferindu-se cele usor asimilabile, ca untdelemn rafinat si unt proaspat, care in orice caz nu trebuie sa sufere influenta temperaturii ridicate.

In plus, ratia echilibrata a convalescentului de hepatita epidemica trebuie sa aduca alimente care contin factorii lipotropi cu rol important in protejarea ficatului. Acestia se gasesc in brinza de vaci (metionina), sucul de sfecla (betaina) si galbenusul de ou (colina).

Reguli generale pentru convalescentul dupa hepatita:

- se recomanda cinci mese pe zi, in portii concentrate ca valoare nutritiva, dar nu mari ca volum

- convalescentul dupa hepatita nu se va aseza la masa enervat sau obosit

-va minca incet si va mesteca bine

- nu va bea in timpul mesei, pentru a nu dilua sucurile digestive, ci va bea intre mese ceaiuri caldute de tei, sunatoare, musetel, menta

- va sta culcat 2-3 ore dupa mesele principale, in prima luna dupa iesirea din spital, si cel putin o ora dupa reluarea actitatii

- bolnavul va consuma zilnic cel putin 500 g lapte sub diferite forme si 250 g brinza de vaci in diverse preparate

- mincarea va fi sarata moderat.

Alimente indicate in convalescenta de hepatita epidemica

Produse lactate: lapte, lapte taiat cu ceai, iaurt, lapte batut, chefir, lapte acidofil, lapte cu sucuri de fructe, lapte cu cafea de orz.

Bauturi: sucuri de fructe, suc de sfecla, decoct de tarite, citronade, oranjade, ceaiuri, cafea naturala (foarte slaba), siropuri de fructe, sucuri de legume, chisel de lapte si de sucuri de fructe.

Brinzeturi: brinza de vaci, urda, cas, brinza telemea de vaci (desarata).

Carne: slaba de vaca, tel, gaina sau pui, de porc slaba, rasol (fiarta si apoi fripta), snitel fiert, tocatura dietetica, ca perisoare fierte sau fripte, mincaruri dietetice cu carne si sosuri dietetice.

Peste: slab de riu, stiuca, salau, lin, fiert sau fript.

Oua: numai de gaina, unul pe zi ca oua moi, ochi romanesc, in budinca, sufleuri, cu spuma de fructe sau alte preparate.

Piine: de preferinta neagra de buna calitate, alba prajita, sau rece: biscuiti din albus, piscoturi.

Paste fainoase: orez, gris, macaroane, fidea, taitei de preferinta ca budinci cu brinza sau cu carne fiarta mamaliguta pripita bine fiarta.

Grasimi: unt proaspat 10 g, ulei 20-25 g pe zi.

Supe si ciorbe: supe de legume ingrosate cu fainoase sau cu perisoare de carne, supe-creme de legume, supe de fainoase, supe de fructe, de rosii, borsuri de zarzavaturi, sfecla, cartofi, dovlecei, bors rusesc, fasole grasa, loboda, salata verde.

Sosuri: alb, de rosii, de legume, de verdeturi, de fructe (sine, agrise, macese, mere), sos caramel).

Fructe: crude numai bine pirguite, caise, piersici, struguri, pere, capsuni, citrice, banane, mere rase pe razatoare de sticla, suc, gutui coapte la cuptor, gelatine, spume, compot, sufleuri.

Deserturi: creme de lapte, creme din sucuri de fructe cu amidon, fainoase cu lapte, budinci din fainoase cu lapte, sufleuri din brinza de vaci, gelatine din lapte, brinza de vaci, iaurt, pireuri de fructe cu albus, coltunasi, papanasi, pateuri dietetice cu brinza de vaci, aluat uscat cu brinza sau cu fructe insiropate sau cu peltea, tarte cu fructe, bezele, compot, miere, dulceata, serbet, peltea de gutui si maces, magiun, siropuri, miere. Dulceata, serbetul, mierea, marmelada si zaharul din prajiturile permise, siropurile, compoturile si ceaiurile nu trebuie sa depaseasca 150 g glucide pe zi.

Condimente: sare in cantitate moderata, verdeturi tocate marunt ca frunze de patrunjel, marar, telina, leustean, hasmatuchi, putin tarhon, chimion, cimbru, putin dafin, putina ceapa fiarta, suc de rosii, putin suc de usturoi, otet de fructe, putin bors vanilie, scortisoara, zeama de lamiie, coji rase de lamiie sau portocale.

Alimente interzise

Bauturi: orice bauturi alcoolice (tuica, lichior, n, bere), bauturi prea reci.

Brinzeturi: fermentate, grase, rocfort, trapist, camambert, cascaval gras, sarat, brinza framintata, de burduf.

Carne: grasa de porc, oaie, miel, gisca, rata, nat, afumata, conserve de carne, preparate din carne de porc grasa, prajita, condimentata, maruntaie (cu exceptia ficatului de vaca), drob de miel orice preparate din carne prajita ca pane, snitel sau in mincaruri.

Mezeluri: grase, condimentate, afumate, cirnati, calosi, pateu, pastrama.

Peste: gras, de mare, afumat, conservat, zacusca, marinata, raci, orice peste prajit.

Oua: de rata, maioneze, jumari, omleta, ochiuri prajite.

Piine: alba calda, neagra calda sau neprajita, biscuiti cu creme de unt sau ciocolata.

Paste fainoase: de proasta calitate, incomplet fierte, preparate cu multa grasime, mamaliguta cruda (insuficient fiarta).

Grasimi: peste cantitatea prescrisa de medic, untura topita de porc sau gisca, unt topit, slanina, jumari, creme cu mult unt, maioneze, orice grasime prajita.

Legume: uscate, mazare, fasole, bob, linte, salate de castraveti, ridichi, salate cu ceapa, usturoi, gulii, varza, conopida sau orice legume prajite in mincaruri cu sos sau la cuptor sau cu ceapa prajita in rintas.

Fructe: crude, tari, nepirguite, alune, migdale, nuci, smochine, fructe imbracate in aluat si prajite.

Supe si ciorbe: din carne sau peste gras, din oase cu maduva, cu grasime adaugata in cantitate mare, cu multe galbenusuri, smintina sau cu rintas.

Sosuri: grase, cu rintas, cu condimente (piper, soia, ardei iute), cu ceapa sau usturoi, cu hrean sau mustar.

Deserturi: aluat cald, dospit, cu mult unt, cu crema de unt, ciocolata, cu alune, nuci pateuri, foietaj, cozonac, baclava, tort cu crema.

Condimente: iuti, sarate, iritante, piper, boia iute, hrean, mustar.

Pregatirea alimentelor:

Ceaiurile si bauturile. In regimul de convalescenta dupa hepatita epidemica, se va prefera ceaiul de maces care contine o cantitate importanta de tamina C si care se recomanda dimineata pe stomacul gol. Ceaiurile de musetel si de sunatoare se prepara numai inainte de serre, aruncind florile in apa clocotita. Sucurile de fructe si de zarzavaturi se prepara din fructe si legume cit mai proaspete si de calitate cit mai buna. In mod special, dupa hepatita epidermica este foarte indicat sa se bea suc de sfecla pentru aportul de betaina.

Tot ca bautura poate fi considerata si fiertura de tarite care se recomanda hepaticilor datorita continutului bogat in taminele complexului B. Convalescentii carora nu le place gustul de fiertura de tarite este bine sa o foloseasca totusi adaugata in supe sau in ciorbe.

Chiselul de lapte si chiselurile preparate din sucuri din fructe proaspete sau uscate constituie o bautura nutritiva recomandata in acest regim. Hepaticul nu trebuie sa uite ca laptele este un aliment pe care el trebuie sa-l consume sub toate formele. Pentru cei care au intoleranta pentru acest aliment, se recomanda ca bauturi laptele taiat cu ceai, cu sucuri de fructe, cu cafea de orz sau uneori lapte la care se adauga putin carbonat de calciu (o lingurita la o ceasca de lapte).

Bolnavul hepatic va prefera brinza slaba de vaca. Aceasta se poate pregati si in gospodarie. Dintr-un litru de lapte ies 100-l50 g brinza de vaca. Laptele nefiert se pune la loc cald intr-un vas smaltuit pastrat numai pentru acest scop. Cind laptele s-a prins, se aduna smintina de deasupra si se asaza vasul pe marginea masinii pina se formeaza cheaguri si se separa zerul. Se rastoarna laptele prins intr-un tifon care se innoada si se lasa la scurs, deasupra unui vas in care se scurge zerul.

O brinza foarte buna cu gust de urda se poate prepara din lapte praf. Pentru a produce coagularea laptelui se foloseste otetul. Aceasta urda (sau brinza desodata) are avantajul ca este total lipsita de sare, deoarece otetul (acidul acetic) se combina cu sodiul din lapte si formeaza impreuna o sare (acetat de sodiu) care-i perfect solubila in apa cu care se spala brinza. Pentru a avea o varietate cit mai mare in dieta in printa produselor lactate, se mai poate prepara si o brinza de vaci din lapte fiert, in care se adauga lete de calciu lactic. Aceasta, cum si brinza desodata, preparata prin coagulare cu otet, se preteaza la prepararea deserturilor si a sufleurilor dietetice din regimul hepaticilor, aducind multa varietate in regim.

Supele se prepara de preferinta din legume. Rareori pentru satisfacerea gustului sint ingaduite supele din carne slaba sau din pasare slaba, degresate si indoite cu zeama (supa) de zarzavat.

Supele de legume, strecurate, pentru a deveni mai gustoase si mai hranitoare, se ingroasa cu tot felul de fainoase, cu fulgi (zdrente) de ou, perisoare de carne, galuste de gris sau de brinza.

Supele-creme de legume sint supe ingrosate, obtinute prin trecerea prin sita a legumelor fierte. Piureul obtinut se subtiaza cu lapte. Uneori supele-creme, pentru a fi de consistenta unei smintine groase si pentru a le face mai hranitoare, se leaga cu sos alb dietetic, preparat din lapte si faina alba. Supele pentru convalescentul de hepatita se taminizeaza cu suc de lamiie, cu suc de rosii, de salata verde, de sfecla si cu verdeturi proaspete (frunze de patrunjel, marar, tarhon, leustean) tocate marunt, bogate in tamina C. Este important de stiut ca fundul de lemn pe care se toaca verdeata trebuie in prealabil cufundat in apa fiarta, deoarece un fund oparit nu mai absoarbe sucul bogat in tamine care se scurge din verdeata.

Bolnavul convalescent dupa hepatita epidemica este foarte dornic sa manince borsuri si ciorbe acre. Ca si supele, acestea vor fi facute de preferinta din legume. Borsul de sfecla se face pastrind o parte din sfecla cruda, nefiarta, care se adauga sub forma de suc inainte de serre. Borsul de sfecla este gustos dres cu iaurt sau lapte acru. Foarte indicate sint si borsul rusesc, cel de dovlecei sau de cartofi, drese de asemenea cu iaurt. Supele si ciorbele se pot pregati in prima perioada a convalescentei fara adaos de ulei sau unt, apoi li se poate adauga cite o lingurita de unt proaspat la serre, sau de untdelemn. Acesta din urma se fierbe in citeva clocote, impreuna cu supa sau ciorba. Este mai sanatos insa sa se pastreze grasimea pentru pregatirea felurilor cu carne sau pentru salate, iar supele si ciorbele sa se dreaga cu lapte, zer de lapte, lapte praf sau iaurt.

Pentru regimul hepaticilor sint foarte indicate si supele de fructe preparate din trei parti de fructe fierte si o parte pastrate crude si stoarsa in farfurie, la serre, pentru aportul de tamina C.

Preparatele de carne se pregatesc din carne slaba de vaca, tel, pasare, de preferinta fierte si asezonate apoi cu diverse sosuri dietetice (fara grasime prajita). Rasolul este indicat sa se puna la fiert cu apa rece in care trec substantele extractive.

Carnea se mai poate pregati uneori fiarta si apoi fripta ca snitel dietetic (bucati de carne batute si fierte) sau ca tocatura dietetica. Tocatura dietetica este permisa, pentru ca nu este prajita si nu contine ceapa sau condimente iritante, ca boia, piper etc. Tocatura dietetica in prima perioada a convalescentei este mai bine sa se fiarba la aburi.

Dupa 2-3 luni de la iesirea din spital sint permise si friptura de tel sau cea de vaca, fripta la gratar. In mod exceptional, este ingaduita si friptura de porc la gratar. E mai bine daca aceasta se pune mai intii la fiert jumatate din timpul necesar unei fierberi complete si apoi se frige. Carnea tocata cu care se umplu rosiile, ardeii grasi, cartofii, dovleceii, este bine sa fie mai intii fiarta si apoi tocata. La fel trebuie sa se procedeze si cu carnea pentru musaca sau pentru budinci cu carne. Mincarurilor cu carne li se da gust cu putina sare, cimbru, foarte putin usturoi, ceapa fiarta separat, foi de dafin, verdeturi tocate etc.

Grasimea (de preferinta untdelemn) se fierbe in sosul mincarii, iar untul se adauga in farfurie, la serre.

Garniturile de legume. Legumele se prepara ca piureuri si soteuri sau inabusite (a la grec). Legumele fierte la aburi sint mai gustoase si pastreaza o cantitate mai mare de tamine. Modul in care se fierb legumele este foarte important. Ele se pun la fiert in apa clocotita in vas smaltuit cu capac, de o capacitate corespunzatoare cantitatii de legume. Piureurile se servesc cu putin unt sau se bat cu lapte. Soteurile de legume se prepara fie fierte si serte cu unt, fie dupa metoda numita a la grec, adica inabusite in vas acoperit cu capac in putin untdelemn si apa.

Soteurile se servesc cu verdeturi tocate. Este interzis sa se consume cartofi prajiti ca garnitura sau ceapa prajita sub forma de rintas in sosurile mincarurilor de legume. Pentru regimul de hepatita cronica sint ingaduite si unele salate. Astfel, se pot consuma salata de sfecla coapta sau fiarta, serta cu chimen si lamiie, salata de rosii, de morco cruzi rasi, de varza alba foarte marunt rasa, de ardei copti taiati ca taiteii, cum si de fasole verde fiarta ca rasol. Uneori, cind conopida este frageda, este permisa ca sote sau ca salata in cantitate moderata. De asemenea, uneori se poate consuma salata de nete tocate care se inmulteste cu dovlecel fiert a carui celuloza este mai putin indigesta. Salata de nete se freaca in loc de untdelemn cu lapte, renuntindu-se la ceapa tocata. Pentru gust se poate adauga suc de rosii, de lamiie sau se poate rade deasupra brinza telemea.

Garnituri din fainoase. Fainoasele de cea mai buna calitate se fierb in apa multa, clocotita cu sare, si se limpezesc cu apa calda. De preferinta, se prepara cu budinci cu carne sau brinza si ou (albus batut spuma). In felul acesta den feluri pufoase mai usor de digerat si mai hranitoare. Budincile din fainoase se pot prepara in prima perioada a convalescentei (daca prescriptia de dieta este servera in printa cantitatii de grasime) date la cuptor numai cu adaos de sosuri dietetice (fara grasime), de exemplu cu sos de rosii, de legume date prin sita, de fructe etc. In perioada a doua, cind dieta dene mai larga, forma in care budinca se da la cuptor se unge cu unt sau untdelemn.

Ca grasimea sa nu se descompuna prin contact direct cu caldura cuptorului, budinca pentru hepatici se da la cuptor in baie de apa.

Orezul pentru pilaf dietetic se fierbe de preferinta in supa limpede de legume, bogata in saruri minerale. La fel se procedeaza cu grisul pentru casa, serta ca garnitura linga carne.

Pastele fainoase fierte se amesteca cu unt inainte de a fi serte.

Sosuri dietetice. Sosurile dietetice pentru bolile de ficat se prepara fara a praji grasimea pe care o contin si fara adaos de ceapa prajita si condimente iritante. Ele se prepara pe baza de supa de legume, de lapte, de suc de rosii, de zahar ars, de sucuri sau piureuri de fructe. In lichidul respectiv se adauga, pentru a-l ingrosa, cite o lingurita de faina (de portie) desfacuta mai intii in apa rece, pentru a nu se aduna in cocoloase. Lichidul de baza si faina dizolvata se fierb impreuna cu untdelemnul circa 15-20 minute. Untul se adauga in sos in momentul serrii. Aceste sosuri aduc multa varietate in alimentatia convalescentului de hepatita, ii stimuleaza pofta de mincare si favorizeaza respectarea regimului lunga vreme.

Sosurile dietetice au avantajul ca nu produc arsuri si greutate in epigastru dupa ingerare. Ele nu sint iritante si, consumate repetat, nu sint daunatoare pentru mucoasele digestive si indirect pentru ficat si anexe, ca cele obisnuite care contin acroleina si rintas cu ceapa si faina prajita.

Prepararea oualor. In convalescenta de hepatita epidemica este permis sa se foloseasca oul si mai ales albusul de ou, nedepasindu-se cantitatea de un galbenus pe zi. Cind hepatita s-a complicat si cu o suferinta a culei biliare (basica fierei) galbenusul de ou poate produce, ca si smintina, crize dureroase si atunci el este interzis. In mod obisnuit insa, sint ingaduite ca preprate: omleta de albus pe aburi, oul moale si ochiurile romanesti. Se tolereaza foarte bine cite un sfert de ou intreg in diversele preparate (budinci, sufleuri). Este esential ca preparatele de oua sa nu fie prajite in grasime incinsa.

Aluaturile pentru convalescentul de hepatita epidermica trebuie sa nu contina o cantitate mare de grasime, sa nu fie prajite si prea proaspete (calde). De aceea, se recomanda prajiturile din aluat sfarimicios, de biscuiti de casa sau de tarte. Acest aluat contine numai o parte de unt sau untdelemn si trei parti faina. I se mai adauga, de obicei, lapte, zahar si ou in cantitate mica.

Tartele din aluat fraged se umplu cu brinza de vaci vanilata, crema de amidon vanilata, peltea de fructe, spuma de albus sau diverse gelatine de fructe.

Bezelele preparate din albus si zahar sint un fel foarte indicat ca si merengul si crema de lapte cu albusuri. Din piureul fructelor coapte se pot obtine prin batere, impreuna cu albusul de ou si zahar, spumele de fructe. Albusul de ou batut spuma este frisca falsa a hepaticului.

Fainoasele fierte bine in lapte si mai ales spuma de gris sint deserturi pe care hepaticul trebuie sa le consume aproape zilnic. Spuma de gris se fierbe numai 4 minute in lapte, in zeama de fructe sau in compot de fructe batindu-se pe foc cu telul.

Chiselurile din sucuri de fructe preparate cu o proportie mai mare de amidon (20 la suta) sint deserturi usor de digerat si bogate in tamine.

Gelatinele preparate din sucuri sau piureuri de fructe sint deserturi cu aport important in tamine. Cele preparate din lapte parfumat cu diverse arome, brinza de vaci, brinza desarata, iaurt sau cafea cu lapte sint hranitoare si usor de mistuit.

Ele au si avantajul ca sint un desert foarte ieftin.

Budincile din fainoase, preparate cu piureuri sau felii de fructe, cu siropuri etc. date la cuptor in baie de apa sint un desert foarte hranitor. Pentru hepatici, ele se prepara mai ales cu albus, batut spuma.

Compoturile si fructele coapte pot si ele alcatui un desert dorit de convalescentul de hepatita.

Pentru ca fructele sa-si pastreze cit mai mult din continutul in tamine, ele se pun la fiert in apa clocotita, in vas smaltuit cu capac. Pentru taminizare se adauga, la serre, doua linguri de suc de fructe crude.


Simona's World

Desi caldurile ne dau de furca, totusi din cand in cand ne mai facem poftele :) Si de data asta am avut pofta de ciorba de miel.. ca doar am miel la congelator :)

11 comentarii:

Ai dreptate, vara, caldura . dar trebuie totusi sa fie din cand si cand si ceva mai special. Mi-ai facut pofta!

O mancare pe placul sotului meu.
Pupici!

Ei dar ce bine arata ciorba.

De la Pasti nu mananc miel,mi-ai facut pofta de o ciorbita!Pupici

Simo, ce bunatate acrisoara ai facut!
Sunt innebunita dupa aceasta ciorba !
Acum ca mi-ai facut pofta. trebuie sa imi dai o portie :))
Te-am pupacit!

@Sara&Miki, asa este, la carne de miel insa, n-as rezista nici la 50 grade :) Va pup
@Mihaela, am constatat ca in general carnea de miel/oaie este preferata mai mult de barbati :) Pupici
@Haplea, multumesc! O duminica frumoasa in continuare
@Buburuza, multumesc! Pup
@Flory, ptr noi este mai simplu cu carnea de oaie.. ptr ca avem oite :) Deci ne putem face poftele si in cursul anului. Pupici
@Laura, o portie este a ta, clar! Desi este foarte cald.. promit ca dau drumu si la AC :)) Pup cu drag

ciorba de miel, recunosc nu am incercat pana acum, dar niciodata nu spune niciodata!!cred ca are un gust foarte bun!!Pupici!!

Tu esti o norocoasa ca mai ai miel . ) Dau un borcan de dulceata pe-o coasta de miel , ce zici ?:))

@Mihaela, noua ne place foarte tare ciorba de mile, si mielul in general! Pup cu drag
@Adina, la o asa oferta nu pot rezista!! :)) Pupici


Video: Aula 122 - PASTRAMI SUÍNO Como fazer Pastrami Suíno (Dezembro 2021).